O Protagonista

O Protagonista

O Protagonista

Boa noite! Depois de doze análises aos doze meses do ano, chega a vez de eleger o grande Protagonista. O especial lançado pela Televisão voltou a fazer sucesso junto dos leitores, e a prender a sua atenção durante vários dias. Apesar de algum trabalho extra neste projeto, chega a vez de fazer a derradeira eleição: afinal quem se destacou mais no ano de 2011?

Depois da vitória de João M. na noite de ontem e do segundo lugar de Cátia na segunda temporada da Casa dos Segredos, ou de Marco ter sido o grande vencedor de Peso Pesado 2, conclui-se que os reality shows marcaram o último dia do ano.

Nem a Informação, nem a ficção, nem o cinema foram tão comentados como ontem em relação à final dos concursos das estações privadas. À frente deles, estiveram duas das nossas apostas de 2o11, ou seja, Bárbara Guimarães e Teresa Guilherme.

A seu lado, outros tantos profissionais foram destacados, não fosse o ano passado um sinónimo de consagração para alguns deles. Foi o caso de Joana Santos, a grande vilã de Laços de Sangue, ao provar o seu talento numa novela de horário nobre do terceiro canal. Esta produção foi igualmente uma surpresa, na medida que alcançou resultados muito próximos, e até algumas vezes superiores, aos das histórias da TVI. Em diferentes horários esteve Leonor Poeiras, uma das caras de Queluz de Baixo de 2011. Nos diários da segunda temporada da Casa dos Segredos, à frente de Perdidos na Tribo – Famosos, ou a fazer companhia aos portugueses nos concursos da tarde, a apresentadora provou, mais uma vez, ser espontânea e versátil. Pedro Granger deixou a TVI e rumou à RTP1 para se dedicar ao concurso O Elo Mais Fraco. O caminho inverso foi conduzido por duas caras bem conhecidas do jornalismo, José Alberto Carvalho e Judite Sousa, ao se tornarem parte da equipa da direção de programas do canal da Media Capital. Por outro lado, é também importante salientar a ida de Júlio Magalhães para o Porto Canal, assim como o início do ciclo de Júlia Pinheiro no canal de Francisco Pinto Balsemão.

Assim, e entre tantas apostas e novidades, é necessário destacar quem realmente marcou o ano de 2011, ao nível televisivo e mediático. Depois de estar vários anos sem estar ligada à TVI, e de alguns projetos na SIC, regressou aos ecrãs nacionais dando a cara por um formato que a tornou célebre em Portugal e, quem sabe, no mundo. Big Brother fez parte do seu currículo, mas a Casa dos Segredos permitiu aos portugueses relembrarem os tempos longínquos de 2000. É também de salientar que, no início do ano, foi apontada como um dos reforços do TVI 24 para conduzir um programa, apesar de este nunca ter arrancado. Por outras palavras, este seu regresso, há já muito aguardado, foi comentado não só a partir de setembro, mas desde o término de 2010.

Depois das lágrimas corridas na gala de ontem, e das saudades que ficaram para trás, Teresa Guilherme tornou-se o centro das atenções de domingo à noite por parte de milhares de portugueses. As suas temíveis perguntas, as suas conversas com rasteiras e, até, a forma como se relaciona com os concorrentes… É de facto, a “rainha” dos reality shows em Portugal, não haja dúvidas disso!

Assim, é ela a nossa escolha para Protagonita do Ano. Apesar de as outras apostas realizadas na análise aos doze meses serem também muito fortes, a verdadeira decisão recaiu sobre Teresa Guilherme. Pelo brilhante ano que teve em 2011, a apresentadora que tornou célebre a frase “mas isso agora não interessa nada”, merece uma salva de palmas! Parabéns, Teresa!

Por fim, resta ainda salientar o programa que marcou o 2011. Num ano em que Laços de Sangue recebeu o Emmy de Melhor Novela Internacional, a SIC provou que ainda há espaço na televisão portuguesa para se investir nesta área. O talento de Joana Santos foi reconhecido internacionalmente, e nem mesmo a estreia da terceira temporada de O Elo Mais Fraco, do formato musical de Rita Pereira, Canta Comigo, ou de Perdidos na Tribo – Famosos, retirou brilho à produção de Carnaxide.

Assim sendo, resta eleger o formato que marcou os portugueses no ano de 2011. Ei-lo: Peso Pesado. Apesar de a segunda temporada não ter tido o mesmo sucesso que a primeira, não há dúvidas de que a SIC acertou em cheio nesta aposta. Conduzido inicialmente por Júlia Pinheiro, ninguém ficou indiferente à história de vida dos concorrentes que tentaram perder o máximo de peso possível em cerca de três meses. Por esse motivo, é esta a nossa escolha. O terceiro canal pode ter registado muitos insucessos contudo, e sem dúvida, esta foi uma aposta totalmente ganha.

Para o ano, cá estaremos para destacar o melhor de 2012. Afinal, quem será o próximo Protagonista do Ano?

  • Sergiosousa11

    Não concordo nada, a Teresa que só apareceu em Setembro… enquanto a Bárbara Guimarães apresentou os dois programas que marcaram o auge da sua carreira (Portugal tem talento e Peso Pesado 2), enquanto Joana Santos se revelou e foi impressionando Portugal entre Janeiro e Setembro na novela que até ganhou o emmy…

  • Jessica

    Não, o “Perdidos na Tribo-Famosos” foi quase sempre lider de audiências e a Leonor Poeiras fez um excelente trabalho na condução do programa. Para mim, o PROGRAMA DO ANO! Ela sim merece ser a protagonista do ano. Essa Joana Santos nem sei o que aí faz, as mesmas expressões para uma psicopata e uma adolescente, má dicção, fala a correr parece que tem de ir para o comboio, o trabalho dela praticamente era pegar no telefone e dizer “é p’ra matar” se isso e ser boa atriz são capazes de me dizer o que são a Joana Alvarenga e a Joana Anes?

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close