O Protagonista

O Protagonista

Casa dos Segredos

No último domingo, O Protagonista ficou-se por Queluz de Baixo, tendo em conta a estreia da segunda temporada da Casa dos Segredos. Passados cerca de sete dias, questiono-me sobre o que realmente marcou a semana. Não querendo ser repetitivo, a verdade é que a resposta é bastante clara: Secret Story. Goste-se ou não, não tenho dúvidas de que o reality-show da estação de Queluz de Baixo registou uma primeira semana razoável.

Basta ter em atenção os quadros das audiências, nos quais tanto a gala como os diários, conseguiram ocupar sem qualquer interrupção o primeiro lugar dos mais vistos do dia. Por outro lado, para quem não perdeu a estreia  destes novos concorrentes, então duvido que tenha mudado de canal nos dias seguintes. Os seus segredos, apesar de serem repetidos ou parecidos em alguns casos com os da primeira edição, não permitiam tal coisa.

Por outro lado, e neste Protagonista, destaque igualmente para as outras duas estreias que ocorreram na concorrência, ou melhor, na RTP1 e SIC. O Elo Mais Fraco e Rosa Fogo marcaram igualmente a semana e, desta forma, juntam-se aos segredos da TVI, em mais uma edição da rubrica dos domingos d’A Televisão!

Prognósticos? Só no final do jogo! É esta a resposta que se costuma dar quando alguém nos pergunta sobre o resultado futuro de um presente incerto. A verdade é que esta Casa dos Segredos entretém. Tal como na primeira temporada, os concorrentes continuam a proporcionar alguns momentos divertidos, que fazem colar os telespetadores aos ecrãs de Queluz de Baixo. Mesmo que o caráter destes não agradem a gregos e a troianos, a verdade é que, no final de contas, isso não importa. Na televisão, o pior é o melhor, ou seja, o negativo é mais que positivo!

Se me questionarem se estou satisfeito com esta temporada de Secret Story, a minha resposta é clara: apesar de não acrescentar nada ao meu conhecimento, ao meu intecletual, o reality-show da TVI desperta-me alguma curiosidade. Depois de um dia passado na faculdade e entre as mais diversas tarefas de uma casa, acender a televisão no canal da Media Capital tem-me parecido uma boa opção.

Dependência? Não, muito pelo contrário. Da mesma forma que acompanhei a Casa dos Segredos em algumas das noites, também visualizei as mais diversas séries, O Elo Mais Fraco, e ainda consegui dar uma espreitadela pela novela Rosa Fogo. Ao fim e ao cabo, gosto de ter conhecimento em relação às apostas dos temáticos e das generalistas para os próximos meses e, como tal, a minha tarefa foi comprida.

Em termos de conteúdo, temos um pouco de “mais do mesmo”. Na RTP1, já não é novidade o concurso agora apresentado por Pedro Granger. Na SIC, a história de Rosa Fogo vai chocar com tantas outras que já foram exploradas na televisão nacional, com ingredientes que se enquadram no intervalo entre o amor, a traição e a amizade. Por fim, e na TVI, as diferenças entre a primeira e a segunda edião da Casa dos Segredos não são muito relevantes. Afinal, onde estão as reais novidades: aquelas que se prolongam no tempo, e não se esgotam após os primeiros capítulos de uma nova novela, de um novo formato televisivo?

A resposta continua a ser simples, como sempre: não existem. Mais um concurso, mais um reality-show, mais uma novela… Obviamente que só o facto de se diversificar a aposta nas generalistas, terminando assim o seu ciclo de repetições, já é positivo. No entanto, será essa atitude suficiente?

Ao fim e ao cabo este Protagonista resume as três edições do Falar Televisão da minha autoria, que se referem às três estreias que ocorreram.

Repetitivo ou não, a verdade é que a estação de Queluz de Baixo conseguiu distanciar-se mais um pouco da SIC, e o terceiro canal do primeiro. Por outro lado, e como as contas finais deste ano de 2011 já começam a ser projetadas, então é possível concluir que estas primeiras vitórias são importantes para as generalistas: com a competitividade ao mais alto nível, todas elas, inclusivé a RTP1, querem ficar o melhor colocadas no quadro das audiências.

Veremos o que se seguirá nos próximos dias, sabendo que para a semana O Protagonista se tratará de mais uma estreia. Com Bárbara Guimarães à mistura e novos concorrentes desejosos de perder peso, será que a segunda temporada de Peso Pesado irá baralhar as contas da TVI, conseguindo melhores resultados que a Casa dos Segredos, ou da SIC, prejudicando o horário nobre do canal de Pinto Balsemão?

Os portugueses decidem, você decide!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close