O Melhor & Pior da Semana

O Melhor & Pior do Ano (por Andrew Costa)

 

Depois de vários meses a colaborar com o Televisão-Opinião na rubrica O Melhor & Pior da Semana, e de ter cessado as suas funções para seguir um novo rumo na Europa, o Andrew Costa voltou a juntar-se à equipa d’A Televisão.

Preparado para ingressar no passaporte para as suas escolhas do ano de 2011? O avião vai descolar… agora!

Masterchef – Melhor RTP1

Mais um formato de grande sucesso a nível internacional que estreou em terras lusas, neste caso, pelas mãos da RTP1, que foi buscar Sílvia Alberto para conduzir tão bem este programa. Masterchef, num ano de escolhas das maravilhas gastronómicas portuguesas, foi para mim a par de A Voz de Portugal (ainda numa fase embrionária), os melhores formatos estreados pelo canal do estado. “Masterchef” foi um formato bem produzido e que acima de tudo teve uma escolha de júri bastante bem feita e que contribuiu sem dúvida para o sucesso do programa. Um sucesso relativo, poderão pensar muito dos leitores, mas ter uma média de cerca de 700 mil espectadores, durante o Verão em pleno sábado numa RTP1 é bastante bom, programa que também conquistou novos públicos para a RTP1. Prova do sucesso deste programa é a estreia para 2012 de uma segunda série. Por fim destaco, algo que Portugal sempre pecou na adaptação de formatos de sucesso, que é fugir da linha do original, coisa que aqui não aconteceu e que tão bem correu.

Cinco Sentidos – Pior RTP1

A RTP1 decidiu acabar com o desgastado Só Visto nas tardes de domingo e estrear o novo magazine social Cinco Sentidos. Mas o que é que Cinco Sentidos trouxe de novo? Nada. Para além de não trazer nada de novo, o novo magazine social é um retrocesso a todos os níveis do que era o Só Visto. Se não retiro coisas positivas do novo formato? Apenas uma: o “frente-a-frente” entre os convidados semanais. O magazine perde claramente para a concorrência e esta nova aposta foi um fracasso. Um fracasso que se mantém no ar porque é na RTP1, porque a TVI estreou um bom magazine social (Perfil) e foi cancelado por causa dos maus resultados, mas que a meu ver, era um projecto inovador que tinha pernas para andar ao contrário dos Cinco Sentidos da RTP1

Peso Pesado – Melhor SIC

Um formato de enorme sucesso por terras americanas e que iria ser adaptado em Portugal pelas mãos da SIC, gerou desde logo grande discussão e troca de opiniões em tudo que era site e todas as revistas nacionais. Peso Pesado conseguiu (com excepção dos jogos de futebol) ser no dia de estreia um dos programas mais vistos do ano com uma audiência de perto de 1 milhão e 800 mil espectadores que quiseram conhecer os gordos de Portugal e também a estreia de Júlia Pinheiro no horário nobre da SIC. Ao longo da primeira temporada de Peso Pesado a SIC conseguiu aumentar o seu número de espectadores diários e conseguiu também bater a hegemonia da TVI no horário nobre (com a ajuda claro de Laços de Sangue). Os diários conseguiram bater Remédio Santo por alguns dias e empurrar também Laços de Sangue para a vitória. Uma primeira edição que foi um sucesso num programa que proclamava em formato reality show as melhores escolhas para um bom estilo de vida, saudável e com exercício físico.

Querida Júlia – Pior SIC

Depois de anos na TVI, sempre a liderar e a dar cara por formatos de sucesso, Júlia Pinheiro abandona a estação de Queluz e volta para os braços da estação que a fez nascer: SIC. E voltou para resgatar um horário que desde a saída de Fátima Lopes está perdido pelos lados de Carnaxide, ou seja, as manhãs. Era muita a expectativa pela luta pelas manhãs neste ano de 2011 mas tudo se esmoreceu, quando se viram os resultados de Querida Júlia. É verdade que desde Setembro que o programa tem melhorado (mas ainda longe da concorrência), mas quase 8 meses de shares de média de 15% e valores de espectadores que na maior parte das vezes não chegava aos 200 mil é preocupante e faz deste programa o pior da SIC neste ano que termina. Foram muitas as mudanças ao longo deste ano, desde a co-apresentação com Ana Marques (resgatada por Júlia) até à entrada de novas rubricas e entrada de novas caras por detrás de Júlia que poderão surtir efeito em 2012 mas que não foram suficientes em 2011.                                                                                               

Você na TV – Melhor TVI

                É certo e sabido que o Cabo poderá vir a liderar este ano, mas há um horário que o Cabo não consegue vencer e esse horário é as manhãs onde Goucha e Cristina são rei e rainha. Os dois apresentadores para além de ter uma nova arma de peso como concorrente (falo de Júlia Pinheiro com Querida Júlia na SIC) e uma Praça da Alegria que muitas vezes surpreende venceram com larga vantagem estes dois talk shows como toda a programação Cabo ao longo do ano de 2011. Foram mais de 200 vitórias sobre os concorrentes que fazem de Você na TV o melhor da TVI neste ano que agora termina. Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira são, para mim, a melhor dupla da televisão portuguesa e isso foi colocado à prova quando foram os escolhidos para darem a cara por mais uma temporada de Uma Canção Para Ti que venceu ao longo da exibição Portugal Tem Talento da SIC. Você na TV termina este ano com uma média superior a 30% de share, o que com toda a certeza, sendo um programa diário é o melhor deste ano.

A Tarde é Sua – Pior TVI

                Com a saída de Júlia Pinheiro no início de 2011 da TVI para a SIC, Fátima Lopes que em 2010 tinha trocado a SIC pela TVI, voltou ao horário e ao formato que tão bem conhecia, as tardes e os talk-shows. As tardes da TVI deixaram de ser de Júlia e passaram a ser dos espectadores com a mudança de nome para a A Tarde é Sua e um refresh de cores do cenário, que se manteve inalterado. Até aqui todas estas mudanças foram óbvias e o nome muito bem escolhido, tendo em conta o pouco tempo para uma mudança de fundo. Mas passado um ano porque é que Fátima Lopes continua a ter um programa que é uma cópia do que Júlia Pinheiro tinha e porque é que José Fragoso não “oferece” o tão ansiado novo cenário? A dúvida parece-me que se irá manter nos primeiros meses de 2012. Culpa ou não desta mudança que tarda a acontecer são os resultados dos últimos meses de A Tarde é Sua que deitaram por terra as tardes de sucesso que a TVI tinha quando Júlia Pinheiro comandava este horário.

André Costa

  • Paulo

    Mas a Tarde é Sua tem ultimamamente vencido a concorrência e, antes, mesmo com menores audiências, venceu quase sempre. Portanto, parece-me um bocadinho de má vontade essa implicância com o programa.

  • João

    Não concordo, Peso Pesado melhor da SIC? Pelas audiências, que quase sempre ficaram atrás da concorrência não me parece. O Você na TV é um programa muito bom mas não comparem ás audiências, a qualidade, a cultura e o impacto que o Perdidos na Tribo-Famosos teve e ás vezes ainda ouço falar, só teve más audiências na final, venceu sempre a concorrência mas enfim…

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close