O Melhor & Pior da Semana

O Melhor & Pior da Semana (30 de outubro a 5 de novembro)

Bom dia! Na edição desta semana de O Melhor & Pior da Semana esperam-lhe os principais destaques audiométricos dos últimos sete dias. Concentre-se e fique a saber de tudo a partir de… agora!

O melhor da RTP1

O noticiário da estação pública esteve em alta nesta semana. Apesar de, no domingo, o Jornal da Noite ter sido o mais visto do dia, é de salientar o resultado de Telejornal na terça-feira. Mesmo em dia de nomeações na segunda temporada da Casa dos Segredos, o noticiário do primeiro canal alcançou uma audiência média de 13,2% e um share de 32,8%. Na concorrência, Jornal da Noite e Jornal das 8 ficaram longe da estação pública, ou seja, abaixo dos cinco programas mais vistos do dia.

Terão estes resultado já o efeito do aumento da audiência do concurso conduzido por Fernando Mendes que, nesta semana, ficou largamente à frente de Morangos com Açúcar e Morde & Assopra?

A meu ver, sim!

O pior da RTP1

Depois da reformulação realização em Só Visto!, esperava-se que estes Cinco Sentidos alcançassem um melhor resultado. Passadas algumas semanas, essa realidade ainda não se verificou e, suspeito, que não se venha a realizar. Tal como escrevi no Falar Televisão de quarta-feira, uma reformulação num programa pressupõe novas caras, novos conteúdos. Assim, as diferenças entre os dois formatos referenciados são, praticamente, nulas. Basicamente, esta decisão da direção de programas do primeiro canal resume-se a uma ideia: mudar de cenário com a mesma ideia.

No último domingo, o programa de início de tardes registou apenas 3,6% de audiência média e 18,8% de share. Na concorrência, Fama Show mais que dobrava estes valores, com um share a bater praticamente os 40%.

É caso para dizer: que saudades dos tempos de Daniel Oliveira à frente de Só Visto!

O melhor da SIC

Desde o seu lançamento em 1992 que o terceiro canal é conhecido pela sua Informação e Entretenimento. No entanto, é de salientar igualmente a área do cinema que, durante vários fins-de-semana e feriados, sai vitoriosa em relação à concorrência. Assim, na última terça-feira, 1 de novembro, a sessão das 18h30 da SIC ficou no sétimo lugar do top dos quinze programas mais vistos do dia.

Em números, Os Substitutos registou 9,6% de audiência média e 26,6% de share, tendo ficado à frente de O Preço Certo, na RTP1, e de Morangos com Açúcar, na TVI. De salientar que a série da TVI desceu aos 15,7% de share, um resultado muito inferior aquele que normalmente é alcançado num dia útil de semana.

E se fosse sempre assim de segunda a sexta-feira?

O pior da SIC

Estreou a 30 de janeiro de 2010, e prepara-se para completar dois anos de emissão já em 2012. De facto, a aposta da estação de Carnaxide em ficção tem muito que se lhe diga. É verdade que esta Lua Vermelha não teve o impacto desejado nas audiências, mas chegar-se ao cúmulo de que o último capítulo desta série ainda não tenha sido transmitido é demasiado negativo.

No último sábado, a produção do terceiro canal alcançou 3,3% de audiência média e 19,1% de share, tendo perdido, pelo menos, para a TVI. Depois de tanto investimento em Lua Vermelha, da contratação de tantos atores, da tentativa de competir com Destino Imortal, chega-se à conclusão de que quem perdeu foi a SIC e, na mesma proporção, os telespetadores, por terem assistido a tais decisões de programação.

Coisas de televisão…

O melhor da TVI

A edição da Notícias TV desta semana demonstra que um dos poucos horários que ainda não é liderado pelo conjunto dos canais temáticos é precisamente o que se situa entre as 10h00 e as 13h00. Ora, tal facto deve-se sobretudo a Você na TV!, que tem fomentado as suas audiências desde os últimos sete anos.

Mesmo com o aumento da audiência média de Querida Júlia, devido ao lead-in do programa de Maya (levou a que mais quarenta mil telespetadores seguissem o talk-show das manhãs de Carnaxide), o formato conduzido por Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha continuou em primeiro lugar.

Em termos de audiências, na última quarta-feira, registou 3,6% de rating e 29,3% de share. Apesar de A Praça da Alegria ter ficado a duas décimas na primeira escala referida, é de salientar que o talk-show conduzido por Júlia Pinheiro não apareceu sequer no top dos 10 programas mais vistos da estação de Carnaxide.

Mais um ponto para a TVI!

O pior da TVI

Dá Cá Mais 5 é, de facto, um autêntico tiro no escuro. Já sabemos que os programas que apelam a um determinado número de telefone levam a um aumento das receitas dos vários canais de televisão, mas porque não tentar levar para o ar um call tv mais disfarçado? Depois de Quem Quer Ganha e do vazio criado à volta de Agora É Que Conta, a estação de Queluz de Baixo volta a cair num abismo no horário entre as 17h30 e as 18h30.

Por exemplo, na última sexta-feira o programa conduzido por Leonor Poeiras não foi além dos 2,8% de audiência médio e 13,8% de share. Um resultado muito baixo para um apresentadora que tem sido alvo de uma grande aposta por parte da direção de programas da TVI. Já se percebeu que a cara da Casa dos Segredos tem amor à sua profissão, a comunicar, no entanto não terá sido este um retocesso na sua carreira?

As audiências, pelo menos, dizem que sim.

Diogo Santos

  • Paulo

    Não se compreende as audiências deste concurso!!! Parece-me mesmo que as audiências não podem estar corretas pois tenho verificado que em muitos estabelecimentos comerciais, os televisores estão sintonizados na TVI a essa hora, pelo menos na zona oeste…daí estranhar um pouco esses números. Já parece um pouco uma certa má vontade contra a TVI nesse horário por parte das empresas de audiometria….pensem nisso.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close