O Melhor & Pior da Semana

O Melhor & Pior da Semana (3 a 9 setembro)

A uma semana da reentré propriamente dita, as preferência do público continuam demasiado inconstantes e o consumo, esse, continua digno de um típico mês de julho ou agosto. Mas independentemente das flutuações de resultados da Marktest, aqui está mais uma edição do Melhor & Pior da Semana.

 

MELHOR DA SEMANA RTP1

Quando as semanas são más para o canal 1, o Telejornal acaba por ser uma das poucas âncoras da grelha do canal público. E nesta última semana, em que a estação pública obteve, consecutivamente, shares diários extremamente baixos, nunca chegando sequer aos 20 pontos de quota de mercado, o informativo conduzido por José Rodrigues dos Santos e João Adelino Faria acabou por salvar um pouco as contas e, tal como vem sido hábito, liderar de entre os três informativos generalistas.

Com mudanças gráficas e bastantes novidades aguardadas já a partir do próximo dia 19, a informação continua a ser a oferta mais popular e mais segura que Hugo Andrade tem para oferecer nesta reentré.

 

PIOR DA SEMANA RTP1

Excetuando os horários dos informativos de hora do almoço e da noite, a RTP 1 praticamente não existiu durante toda a semana. Os últimos dias foram negros para a estação pública que viu os seus shares diários caírem a pique e a tocarem em números que, até aqui, apenas eram compreensíveis aos fins de semana, dias que já costumam, por norma, dar enormes dores de cabeça aos responsáveis da direção de programas.

Com uma estratégia de verão a dar as últimas e a obter resultados medonhos, as repetições que completaram grande parte da grelha da estação pública continuaram a cair, cada vez mais, e a perder em toda a linha para a concorrência. Verão Total, Conta-me Como Foi, Preço Certo ou até mesmo Pai à Força foram alguns dos exemplos de repetições que o público já decidiu por de lado em definitivo. Que venha a nova grelha urgentemente!

 

 

MELHOR DA SEMANA SIC

A semana foi de Laços de Sangue. Oficialmente desde segunda-feira em modo “últimos episódios”, a trama de Carnaxide conseguiu inverter o cenário negro do mês de agosto e começou, instantaneamente, a vencer Anjo Meu em confronto direto e, ao longo da semana, a aumentar, cada vez mais, a distância dessa mesma liderança, acabando por atingir na passada sexta-feira a considerável marca de 36% de quota de mercado e a liderança de netre os programas mais vistos do dia.

Números animadores para a SIC e que, ao cumprirem-se também ao longo da próxima semana, abrem caminho para uma auspiciosa estreia de Rosa Fogo no horário nobre da estação.

 

PIOR DA SEMANA SIC

Nas manhãs, o confronto óbvio desta semana seria, supostamente, entre Querida Júlia e Você na TV, visto que a RTP 1 iria oferecer compactos do Verão Total que, como repetições que são, acabavam por perder para a concorrência e abrir caminho para Júlia Pinheiro poder crescer e respirar um pouco mais, no que aos resultados diz respeito.

Mas por incrível que pareça, Querida Júlia pareceu passar ao lado desta “inexistência” da RTP 1, acabando por ser o Você na TV quem lucrou com os compactos de Verão Total e o regresso de Cristina Ferreira à condução do programa reforçou, ainda mais, a sua liderança. Júlia Pinheiro lá continuou com os seus 15% de quota de mercado, sem mostrar qualquer tipo de sinal de vitalidade, agora que estamos às portas de mais uma reentre.

 

MELHOR DA SEMANA TVI

E neste rubrica a máxima “ou mal de uns é o sucesso de outros” acaba por se aplicar na perfeição. Com a RTP1 em modo repetição e com a SIC, de Júlia Pinheiro, a não descolar dos 15 pontos, Cristina Ferreira fez do seu regresso um acontecimento em grande e subiu os números menos positivos que o Você na TV alcançou nas passadas semanas, com Manuel Luís Goucha sozinho à frente do programa, para resultados bem animadores e à imagem do que a dupla costuma alcançar nos restantes meses do ano.

Esta semana, Você na TV tocou por várias vezes nos 30 pontos de share e no dia de aniversário de Cristina Ferreira, com grande parte da emissão totalmente dedicada à apresentadora, as manhãs da TVI foram as mais vistas com uma liderança confortável nos 3,6% de audiência média.

Com o regresso da dupla, já a partir de segunda-feira, os excelentes números serão certamente para manter.

 

PIOR DA SEMANA TVI

A realização pode melhorar; os concorrentes podem dar mais nas vistas; a adesão do público, em cada uma das cidades, pode ser cada vez maior… Mas a alternativa que a TVI arranjou para as noites de domingo continua a ser um péssimo produto televisivo e a não ter qualquer tipo de brilho, por uma simples razão: tem Rita Pereira como apresentadora.

Insegura, sem jeito, sem qualquer noção de timming e com uma tremenda má preparação, assim se apresenta Rita aos telespetadores nos serões de domingo, apesar do apoio imprescindível do mais experiente Nuno Eiró.

Desta forma, não é de admirar que o programa de apanhados da SIC, que há cerca de um ano e contra as novelas fazia resultados fracos, em torno dos 20% de share, dispare agora nos serões de domingo e seja o programa mais visto do dia, tal como aconteceu na semana passada.

Canta Comigo foi, sem dúvida, um dos maiores pesadelos da TVI no passado recente mas, felizmente, termina já no próximo sábado.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close