O Melhor & Pior da Semana

O Melhor & Pior da semana (3 a 10 de dezembro)

O Melhor & Pior da Semana NOVO

Bom dia! Neste domingo, e depois de um mês, esta rubrica é novamente assinada por mim, Diogo Santos. Assim, e se no dia de ontem destaquei alguns programas na Audimetria Semanal, hoje existem mais pontos de atenção para me debruçar. Neste sentido, sintonize-se com a nova edição de O Melhor & Pior da Semana, e diga de sua justiça!

Afinal, e dos três canais generalistas em causa, o que de facto se salientou pela positiva e negativa na grelha de programação dos mesmos?

O melhor da RTP1

Pode passar despercebido, mas a verdade é que Portugal no Coração tem conseguido, em alguns dias, impor-se frente à concorrência. Assim, e apesar de não se saber ao certo o verdadeiro vencedor das tardes das generalistas, o talk-show da RTP1 saiu-se bem nos primeiros dois dias da semana. Se, na segunda-feira, Portugal no Coração atingiu os 2,9% de audiência e os 24,5% de share, na terça-feira registou 3% de rating e os 24,2% de share.

À mesma hora, Boa Tarde, por exemplo, alcançava uma quota de mercado inferior, para além de que A Tarde É Sua acabou por não constar no top dos dez programas mais vistos do dia da estação de Queluz de Baixo.

Apesar de, em vários dias, nos parecer que a audiência de Portugal no Coração é insignificante, noutras vezes, João Baião e Tânia Ribas de Oliveira conseguem captar a atenção de milhares de portugueses com a sua alegria e boa disposição.

Como irão correr os próximos dias?

O pior da RTP1

Na semana passada a Informação da RTP1  tinha um sinal vermelho nesta rubrica, contudo neste domingo o destaque vai para o talk-show de Nicolau Breyner. Nico à Noite continua a ficar longe das expetativas de qualquer diretor de programas e, como tal, as audiências ressentem-se. Por outras palavras, os portugueses ainda não se identificaram com o programa em causa, o que leva a que este por vezes alcance, por pouco, os dois dígitos de quota de mercado.

Assim sendo, na última sexta-feira, Nico à Noite não fez mais do que 3,2 % de audiência média e 10% de share. Escusado será dizer que as novelas da hora de almoço se saíram melhor do que o talk-show. Aliás, muito melhor!

Nico à Noite é, desta forma, mais um ponto negativo que carateriza o horário nobre da estação pública durante a semana.

O melhor da SIC

Teve uma semana atribulada, mas a verdade é que o noticiário conduzido por Clara de Sousa acabou em alta. Depois de ter alcançado o terceiro e segundo lugares, nesta sexta-feira o Jornal da Noite ocupou a primeira posição, ao registar 11,8% de audiência média e 28,9% de share.

Apesar de a concorrência ter ficado a uma curta distância, o resultado atingido foi uma vitória para a informação da estação de Carnaxide, ainda por mais sabendo que Natal Portugal ficou em terceiro lugar ao concorrer com O Preço Certo e Morangos com Açúcar.

Será que na, próxima semana, o noticiário da SIC conseguirá acabar novamente a semana em terreno positivo?

O pior da SIC

Apesar de ser uma das principais atrações da grelha de Carnaxide durante o fim-de-semana, Alta Definição no último sábado não surpreendeu nos quadros das audiências. Mesmo com um convidado de peso, como quem diz, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, Daniel Oliveira não conseguiu captar a atenção da maioria dos telespetadores.

Com 5,2% de audiência média e 25,4% de share, a última emissão do conhecido programa de entrevistas acabou por ser preterida à emissão especial relacionada com a segunda temporada da Casa dos Segredos.

Terá este resultado sido uma consequência da fraca ligação dos portugueses com a política nacional, com a falta de curiosidade do público em relação à vida de António Costa ou, por fim, com a possibilidade de rever os ex-concorrentes do reality-show da TVI?

O melhor da TVI

A série do canal da Media Capital transmitida no início das tardes de domingo tem alcançado bons resultados. Hawai: Força Especial registou 6,8% de audiência média e 24,3% de share, tendo apenas ficado atrás do líder, Fama Show.

Mesmo assim, é de salientar o facto de, desde há algum tempo, nenhuma produção deste género conseguir alcançar valores a este nível. Nem Pan Am, série que é transmitida no terceiro canal após o magazine social conduzido por Andreia Rodrigues, Cláudia Borges, Laura Figueiredo, Rita Andrade e Vanessa Oliveira, tem obtido resultados semelhantes. Por exemplo, no último domingo, ficou-se pelos 5,5% de rating e 23% de share.

Hawai: Força Especial acaba assim por beneficiar do lead-in acumulado pela emissão do Jornal da Uma que, mesmo tendo ficado em terceiro lugar, pode já incluir os interessados pela série em causa.

O pior da TVI

É, para mim, a principal mancha na grelha de programação do canal da Media Capital. Apesar de ser conduzido por um das grandes surpresas de 2011, Dá Cá Mais 5 não consegue alcançar um conjunto de resultados estável. Por exemplo, nesta semana, é de salientar o valor registado na quarta-feira: 4% de audiência média e 23,5% de share.

Mesmo tendo conhecimento de tal marca, na segunda-feira ficou-se por uma quota de mercado de 16,3% e, na sexta-feira, por 20%. Leonor Poeiras bem tenta chamar à atenção dos portugueses, através das mais variadas formas, mas o formato em causa já está tão gasto, que poucos são os que ainda resistem em não mudar de canal.

Para quando uma verdadeira mudança no horário das 17h30 da TVI?

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close