O Melhor & Pior da Semana

O Melhor & Pior da Semana (18 a 25 junho)

Esta semana, que ficou marcada pelo Dia D da SIC, tem vários aspetos que merecem ser destacados nesta rubrica d’O Melhor & Pior da Semana. Excecionalmente não ficará a cargo do Pedro Esteves, mas ele regressa já na próxima semana. Entretanto, avancemos com a identificação do que de Melhor e Pior se fez em cada um dos canais generalistas esta semana.

MELHOR DA SEMANA RTP 1

Último a Sair. Muito se tem falado acerca deste programa de humor da estação pública, particularmente associado com uma falta de conhecimento do conceito do programa. Sim, ainda há muitos portugueses que teimam que naquela casa estão de facto concorrentes e não atores. Quanto a mim, isso revela bem a qualidade dos diversos intervenientes deste produto de comédia. É para mim o produto mais menosprezado por parte dos portugueses, mas sem dúvida que no futuro terá o reconhecimento que merece. É um conceito inovador e nunca visto sequer na televisão internacional. Só por isso, quanto  a mim, a RTP 1 merece os parabéns, pois está a fazer serviço público de incentivo à cultura e inovação.

Importa, ainda, referir que está a aproximar-se a passos largos do seu final, mas continua cada vez mais interessante. Se havia um ou outro ator que pouco acrescentou ao programa, creio que os que ainda estão na luta para ver quem é o Último a Sair, têm muito potencial para criar ainda mais momentos hilariantes, como tem ocorrido até aqui.

Apesar dos resultados audimétricos não serem os melhores, também associados à pouca consistência da RTP a emitir os episódios, este é, para mim, um dos melhores programas da televisão portuguesa.

PIOR DA SEMANA RTP 1

O pior da semana da RTP 1 é, quanto a mim, o facto de não ter um programa que consiga cativar os portugueses em horário nobre, a seguir aos programas informativos. Geralmente, Quem Quer Ser Milionário – Alta Pressão não passa dos 20% de share, o que pode revelar o esgotamento deste formato. Se pode ser uma aspeto positivo a estação pública apostar em entretenimento, quando a concorrência investe em produtos de ficção, também pode ser um erro.

MELHOR DA SEMANA SIC

Foi indiscutivelmente o melhor dia da SIC esta semana, o Dia D, em que a estação de Carnaxide dedica o feriado às crianças, exibindo vários filmes da Disney. Foi esta aposta que lhe permitiu ganhar o dia de quinta-feira em termos audimétricos (28.4% de share), o que revela que aos feriados e fins-de-semana quem “controla” a televisão são as crianças/jovens, pelo que a aposta em filmes e séries que os atraiam é fundamental. A SIC sabe, sem dúvida, fazer esta escolha, deixando para trás a concorrência no que toca a este aspeto.

PIOR DA SEMANA SIC

Eu diria que Querida Júlia é o Pior da SIC desde o seu início. Não desmerecendo o seu conteúdo nem as qualidades que tem, a verdade é que o programa não cativou os portugueses e não atrai o seu público matinal. Raramente, Querida Júlia aparece nas tabelas audimétricas dos 10 programas mais vistos da SIC, o que acaba por ser um mau pronuncio para a estação de Carnaxide, que começa logo mal o dia. É certo que é necessário dar tempo para que os hábitos dos portugueses se alterem, mas Querida Júlia já faz, atualmente, menos do que o seu antecessor – Companhia das Manhãs, o que merece alguma reflexão. As capacidades de Júlia Pinheiro não estão, certamente, em questão, mas o conceito do programa, esse sim, deve ser repensado.

MELHOR DA SEMANA TVI

Se o Pior da SIC é o Querida Júlia, na TVI, Você na TV é, talvez, o programa mais sólido da estação de Queluz de Baixo. A nível de audiências está geralmente acima dos 30% de share, sem qualquer tipo de concorrência por parte da oferta das outras generalistas. Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira parecem não descansar no que toca a cativar o seu público. Sem dúvida que Você na TV não conseguiu esta liderança de um dia para o outro, mas creio que esteve sobretudo associada à grande dinâmica e química entre a dupla de apresentadores. Quanto a mim, será muito difícil destroná-los da posição de reis das manhãs da televisão portuguesa.

PIOR DA SEMANA TVI

O especial Perdidos na Tribo exibido na quinta-feira veio confirmar algo que há muito já se sabia. As repetições não funcionam, especialmente de um programa que é visto, aos domingos, por grande parte da população. Se já “toda” a gente viu no domingo, dificilmente quer rever. Sem falar que, tal como referi anteriormente, as tardes de feriado e fim-de-semana são, tradicionalmente, mais vocacionadas para o cinema, quer seja direcionado para as crianças ou não. A TVI já devia saber deste facto, uma vez que sempre que coloca repetições nas tardes de sábado ou domingo, tem péssimos resultados. Não faz sentido repetir um programa com tão bons resultados no seu horário normal, pelo menos para mim, não faz.

O Pedro Esteves regressa para a semana, em mais uma crónica d’ O Melhor & Pior da Semana. Não perca!

  • João

    Perdidos na Tribo, grande programa!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close