Like E Dislike

Like & Dislike (27 abril)

LIKE – “Não escondo que gostar de voltar ao Telejornal

João Tomé de Carvalho é um dos melhores pivôs na televisão nacional. Não foram precisos chegarem os prémios TV 7 Dias para se perceber realmente isto. Em declarações à NTV desta semana, o jornalista da RTP não esconde te teria todo o prazer em voltar a conduzir o Telejornal. Pois, José Tomé de Carvalho tem todo o seu direito de crescer profissionalmente. Mas uma coisa é certa, não havia melhor posto para este jornalista do que o lugar no Bom Dia Portugal. Encaixa-lhe na perfeição. E depois de mais de 10 anos no horário 7/10, seria difícil ver o registo tão perspicaz de João Tomé, transformado numa vertente mais sóbria, que o horário nobre exige.

 

 

 

DISLIKE – A morte conta assim tanto?

A morte é dos mais importantes valores-noticia de qualquer jornalista, senão mesmo aquele mais importante. Na terça-feira, na TVI, isso parece não ter sido muito preponderante. Enquanto RTP e SIC abriram os noticiários que a morte de Miguel Portas, provavelmente caída nas redações pouco antes das 7 da tarde, a TVI decidiu ser diferente a abrir o Jornal das 8 com as falhas nas comemorações do 25 de abril. A morte do ex-eurodeputado chegou, 7 minutos depois, quando todas as outras já tinham dado a notícia. Uma escolha editorial bastante discutível…