Ídolos

Diário de um Ídolo – Neemias é expulso!

alt
Os temas do século XXI marcaram a gala deste domingo, do talent-show da SIC. Jamiroquai, Christina Aguilera, Coldplay, Alicea Keys, Rihanna e Craig David, foram os artistas que os candidatos a “Ídolo” de Portugal deram vida. O espectáculo foi iniciado com um tema de Lady Gaga, interpretado pelos seis finalistas do concurso da SIC e, mais tarde, abrilhantado pela actuação dos Deolinda, banda portuguesa que recebeu um Globo de Ouro este ano.

Passemos então à análise individual à performance de cada concorrente:

Martim Vincente

alt
Surpreendeu os telespectadores com um tema de uma das suas bandas preferidas. Com “The Scientist”, dos Coldplay, Martim Vicente colocou a plateia de pé, após a sua actuação. Com uma grande interactividade com o público, tal como nos tem vindo a habituar desde o início da quarta temporada do “Ídolos”, o estudante de Sociologia conjugou o canto com o piano.
Roberta Medina ficou surpreendida com a performance de Martim Vicente. Quanto a Laurent Filipe, confessou que, apesar das desafinações ocorridas durante o chamamento com o público, admirou a prestação do concorrente.

Neemias

alt

 

Num estilo mais pop, Neemias deu vida a Craig David, em “Walking Away”. Uma actuação composta por alguns agudos, acabou por torná-la menos monótona que as suas performances anteriores. Contrariamente ao que tem vindo a fazer no “Ídolos”, dou nota positiva à prestação do concorrente de 16 anos deste domingo.
Laurent Filipe considerou que faltou fôlego a Neemias para suster a sua respiração durante a actuação. Manuel Moura dos Santos teve em atenção a desafinação do jovem, colocando mesmo em causa o juízo dos telespectadores por, semanalmente, continuarem a votar nele para permanecer no talent-show da SIC.

Sandra Pereira

alt

Quem diria que Sandra Pereira, uma concorrente que antes de passar para os quinze finalistas do “Ídolos” despoletou tantas controvérsias entre o júri, conseguiria ter uma performance como a deste domingo? Pediu à plateia para dançar com ela e consegui que até Roberta Medina, Laurent Filipe e Manuel Moura dos Santos se levantassem para a aplaudir.

Com um grande ritmo, alegria e simpatia, Sandra Pereira voltou a provar que merece chegar à final do talent-show da SIC. Segundo Laurent Filipe, a prestação da concorrente de 24 anos “foi canja!”. Já Pedro Boucherie Mendes salientou a noção de palco e espectáculo que está presente na mente de Sandra Pereira.

Maria Bradshaw


alt

Maria Bradshaw deu vida a mais uma balada, desta vez, de Christina Aguilera. Poderosa, é esta a característica que atribuo à sua prestação deste domingo. Com muito sentimento, a concorrente pretendeu chegar ao coração de todos os telespectadores da estação de Carnaxide. Para Pedro Boucherie, esta foi a “prestação mais convincente” de Maria desde o início do programa. No geral, os quatro jurados estiveram de acordo. De salientar o facto de Laurent Filipe e Manuel Moura dos Santos terem considerado que os erros que Maria Bradshaw cometera em galas anteriores, terem sido ultrapassados nesta actuação.

Carolina Deslandes

alt

Deu “Karma” à sua performance deste domingo e, novamente, voltou a agradar aos quatro jurados do “Ídolos”. Apesar de não ser fã do tema que interpretou, sem dúvida alguma que Deslandes agarrou a música, tendo dado um toque pessoal à mesma.
Concordei com Manuel Moura dos Santos, quando este afirmou que a actuação de Carolina tinha sido a menos conseguida desde o início do “Ídolos”. Apesar disso, Laurent Filipe teve em conta o ritmo da canção de Alicea Keys que acabou por revelar que a concorrente de Lisboa é ainda mais completa do que aquilo que pensava. Ainda de salientar a posição de Pedro Boucherie Mendes, que pediu para Carolina continuar a surpreende-lo com as suas actuações.

Adriano Diouf

alt

Sem dúvida que o mundo pop está inserido na sua mente. Foi o único a cantar um tema de uma artista de sexo oposto a seu. Apesar disso, não foi por esse motivo que a sua actuação deixou de ser tão bem conseguida como a dos restantes concorrentes. Cumpriu.
Considero este tema a cara de Adriano Diouf. De referir contudo que, a meio da sua performance, notei alguma desafinação.
Roberta Medina não entende como o concorrente possa afirmar ser tímido, quando arrasa no palco todos os domingo. Pedro Boucherie Mendes afirmou igualmente que quando Adriano canta, existe uma clara transmissão de calma, de “relax”, de simpatia.

Os melhores da noite

Sandra Pereira
Martim Vicente
Maria Bradshaw
Depois de contados os votos, os portugueses foram soberanos: Carolina Deslandes e Neemias foram os dois concorrentes que menos surpreenderam esta noite. Apesar deste juízo foi o concorrente da Moita a abandonar o talent-show da SIC.
Até para a semana!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close