Holofotes

O Natal

Peço imensa desculpa por não ter havido crónica ontem, mas a escola e os trabalhos intrometeram-se e o tempo foi escasseando. Contudo, e como não vos podia deixar sem Holofotes, esta semana, aqui vos apresento a tão esperada.

Estamos a entrar na época natalícia. De facto, faltam apenas seis a sete dias para aquela festividade em que todas as crianças são acarinhadas com presentes e as famílias se reúnem para festejar.

Não obstante, a RTP1 e a TVI fazem, as já tradicionais festas de Natal nos Hospitais. Muita gente pode não concordar com estas festas por se encontrarem já demasiado gastas, considerando-as, apenas, um momento que serve para ganhar audiências. Pessoalmente, eu não as vejo mas apoio bastante a iniciativa. De facto, estas festas têm um objectivo: divertir quem por lá está dentro daquelas quatro paredes durante imenso tempo, sem qualquer olhar sobre o mundo exterior devido a complicações múltiplas. O que se passa é que sabe sempre bem dar um rebuçado a uma criança e vê-la sorrir, especialemnte as que, durante um ano inteiro, só recebem visitas da sua família e um ou outro amigo.

Podem condenar a TVI pelas suas novelas. Podem condená-la por ter o Quem Quer Ganha e mais nenhum programa. Podem condená-la mas não critiquem esta atitude de levar às crianças, um mimo de Natal porque elas precisam disso, para que não vejam uma vida cinzenta.

Também a SIC se preparou para esta época. Não só colocou programação para crianças aos dias da semana como vai lançar, amanhã, o canal SIC K que vai ocupar a posição 41 da grelha MEO. Digamos que, os generalistas, quando toca a estas festividades esmeram-se, mas só nestas festividades.

Quanto ao Cabo (em si), o AXN e AXN HD, o SET e o Animax decoraram a sua programação com separadores natalícios bem interessantes.

O Natal inunda as televisões e nos dias 24 e 25 de Dezembro teremos filmes para toda a família nos generalistas. Quem ganhará?

Há algum tempo, li um artigo que comparava os horários das séries exibidas nos generalistas com a qualidade que estas apresentavam. De facto, para quem compra séries como NCIS (SIC), Castle (TVI) ou até The Office (TVI) transmite-as em horários completamente estapafúrdios! Programas de renome devem ser mostradas em horário nobre, digamos que, diversificar e, como sabem, eu sou apologista da diversidade como têm vindo a notar nas minhas crónicas anteriores.

Vem aí 2010, um novo ano. Que tal mudar os hábitos dos portugueses quanto ao consumo televisivo?

Até ao dia 30 para a última crónica de 2009 que promete passar em revista, o ano que termina.

Mas, até lá, Festas Felizes!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close