Frente de Destaques

Substituições

Mais uma semana, novos destaques na imprensa nacional. Como não há dias sem jornais ou revistas, um sem número de novidades surgiram. Mas as mais interessantes, polémicas e de maior relevância estão em análise na Frente de Destaques. Se Tozé Martinho viu a sua Terceira Vez chumbada, o caso de Rogério Samora conheceu novas movimentações e está perto da resolução. Já Peso Pesado começa a ser rodado nos próximos dias, enquanto que Júlia Pinheiro afirma que queria Manuel Luís Goucha ao seu lado na SIC. No meio disto tudo, Isabel Figueira causa polémica.

Confuso? Muita informação? Há muito para ler nesta Frente de Destaques! Seja bem-vindo!

Se há quase duas semanas surgiu a notícia de que estava internada na unidade de psiquiatria de um conhecido hospital lisboeta, esta semana o nome de Isabel Figueira foi falado um pouco por toda a imprensa nacional. E não é só o facto de ter tido alguns problemas de saúde que merece destaque. O alegado fim do namoro com Pedro Barroso e a disputa do poder paternal com o ex-marido César Peixoto são alguns dos temas que encheram páginas e páginas de revistas. Flash!, Nova Gente ou Lux foram apenas algumas das que lhe deram, inclusivamente, destaque de capa. Não costumo utilizar este espaço para comentar a vida privada das estrelas da nossa televisão, mas não podia “deixar passar” a enorme projecção que esta notícia teve na nossa imprensa. Sem sombra de dúvidas que, embora à primeira vista não pareça, a própria apresentadora retirará alguns lucros com tudo isto. Mas será que vem um novo projecto profissional? Não sou particular fã, sinceramente. Mas vir para as revistas dizer que não sabe onde está o filho não abona muito a seu favor. Claro está que Isabel Figueira é a Protagonista da semana.

Mas passemos aos destaques mais direccionados para as novidades televisivas. Semana de estreia nos ecrãs, projecção enorme para Júlia Pinheiro na imprensa, que não ficou indiferente e picou o “ponto” no dia da estreia de Querida Júlia. Não houve uma única revista ou jornal que não publicasse um artigo sobre a estreia da apresentadora nas manhãs da SIC. Todos ficámos a saber que estava “nervosa” e que “recebeu centenas de mensagens” dos colegas da TVI. Até aqui tudo bem, não há muito a dizer, mas achei bastante interessante a confissão que a directora de conteúdos fez à Mariana. Disse Júlia que “a rescisão desse contrato é muito complicada. Mas, se pudesse, trazia-o já!”. Sinceramente, não sei se a comunicadora conseguirá levar a sua avante, mas tenho a certeza de que tudo fará para conseguir atingir o seu objectivo. É claro que não será para já, nem num futuro muito próximo, mas quem sabe com uma ajudinha de José Eduardo Moniz a coisa não se fazia?

Quem está prestes a poder, finalmente, trabalhar para a SIC é Rogério Samora. Depois de toda a polémica com a saída da TVI, o actor parece que está a um passo de ver o processo que a estação de Queluz de Baixo lhe entrepôs resolvido. Já aqui escrevi sobre toda esta situação e acho que Rogério Samora podia ter feito as coisas de uma forma mais elegante, mas é com bons olhos que vejo que poderá voltar a trabalhar, até porque o seu talento tem, quase que obrigatoriamente, que ser mostrado ao país. E a telenovela de Patrícia Müller espera-o.

À espera vai ficar Tozé Martinho. É que a TVI “chumbou” a sua A Terceira Vez e pediu-lhe um novo argumento, confessou o próprio à edição desta semana da TV 7 Dias. Ao que parece a história tinha várias semelhanças com uma das próximas telenovelas da TVI (cheira-me que era Eclipse) e não fazia sentido duas tramas quase iguais no ar, se bem que, convenhamos, não há grandes diferenças entre as várias produções de Queluz de Baixo, mas, adiante. Quem pensa hoje em Tozé Martinho com certeza que, na grande maioria das vezes, não o recorda como autor de vários sucessos da nossa televisão, como Dei-te Quase Tudo ou Olhos de Água. Não sei porquê, mas, desde Sentimentos que fiquei com a ideia de que o talento e provas dadas do autor começaram a ser um pouco menosprezados/esquecidos pelos responsáveis da TVI, caso contrário a sua história já tinha avançado e parece que cada vez mais dá passos atrás. Arrisco-me mesmo a dizer que não será a substitua de Sedução. Mas há que aguardar…

A aguardar desde Novembro último pelo seu regresso aos ecrãs está Manuela Moura Guedes. E depois de vários adiamentos, tudo indica que Abril será o mês “D”. E nome, esse, parece que também já está escolhido. Segundo o Correio da Manhã de quinta-feira, A Rede Social é a escolha da estação e jornalista e promete dar que falar. Algo a que não estamos nada habituados vindo de Manuela Moura Guedes, claro está. Sinceramente, acredito que a esposa de José Eduardo Moniz regresse “mais calma” do que aquilo a que nos habituou, até porque sabe muito bem que para continuar nos ecrãs não poderá cometer erros do passado. E já tem um coordenador para o seu programa: Carlos Rodrigues, jornalista bastante reconhecido nos corredores de Carnaxide.

Aos ecrãs da SIC está também a chegar Peso Pesado, o programa que promete cativar miúdos e graúdos e em que todos os participantes saem vencedores. Não me vou adiantar muito sobre este tema, até porque já falei bastante dele nos últimos tempos, mas não podia deixar passar ao lado as notícias que dão conta de que o programa começará a ser rodado já esta semana, na fantástica e idílica Herdade da Boavista, em Alcácer do Sal. Agora é que Júlia Pinheiro não vai mesmo parar. Ah, valente! E que chegue rapidamente a estreia, até porque as expectativas são demasiado altas.

Falando em Peso Pesado, o Diário de Notícias desta sexta-feira anunciou o programa que a TVI prepara para concorrer directamente com a versão portuguesa de The Biggest Loser. Chama-se Ticket To The Tribes e promete levar algumas celebridades a viver uma experiência única, que eu, sinceramente, dispensaria. O programa não me parece mau, a ideia até é de louvar e acho-a interessante, mas não creio que seja algo para retirar telespectadores a Peso Pesado. Creio que não será algo que os habituais telespectadores das telenovelas do canal vejam, mas sim, gente mais jovem, com outro espírito, que, muito provavelmente, acabará por estar sintonizada na SIC. Valerá mesmo a pena todo o investimento? Se fosse para um horário menos “ambicioso”, eu votaria sim…

Findos os destaques, as declarações que deram que falar esta semana:

“Gosto muito de fazer comédia. Hoje em dia, é uma dádiva”, Maria João Abreu (in TV Guia)

“Estamos a criar monstros. A TV está a dar monstruosidades”, Vítor de Sousa (in Diário de Notícias)

“Descanso a trabalhar, porque gosto muito do que faço. Relaxo, não tenho tensões, nem cansaço, e transmito isso à equipa, por isso acho que deveria ser paga a dobrar. É fácil e prazeroso ser actriz”, Maria João Luís (in Correio TV)

“Creio que a experiência e o estilo, quer do José Alberto Carvalho, quer da Judite Sousa não vão deixar de se fazer sentir no panorama TVI, nos conteúdos informativos do canal”, João Cotrim Figueiredo (in Nova Gente)

Antes das despedidas, a Rosa e o Espinho desta semana:

Rosa

O destaque maior destes últimos dias vai novamente para uma crónica de Paulo Abreu, editor chefe da TV Guia. Nela o jornalista fala sobre algo com que concordo a 100%: a chegada de José Eduardo Moniz só está dependente da vontade de Luís Marques. Afinal de contas, mais do que mandar actualmente no canal, o director-geral manda também no futuro da SIC.

Espinho

Já o destaque negativo vai para António Melo, actor e director de actores em Espírito Indomável que alimentou, em entrevista à Notícias TV desta semana a polémica que se instalou nos bastidores da actual líder de audiências. Por muito que as coisas tenham corrido mal, o silêncio talvez fosse o seu melhor amigo…

E assim se despede a Frente de Destaques.

Até para a semana!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close