Frente de Destaques

Privações

Com uma nova imagem, mas o mesmo sentido crítico de sempre, num novo espaço, a Frente de Destaques continua a trazer-lhe os melhores destaques da nossa imprensa.

Pedro Passos Coelho confirmou a privatização da televisão pública, o que poderá ter motivado a saída de José Fragoso para a TVI. O nome da nova telenovela da SIC foi, finalmente, avançado pela imprensa e Luciana Abreu abriu o coração à TV Guia.

Senhoras e senhores, sejam bem-vindos a mais uma Frente de Destaques!

Sónia Brazão continua  ater muito impato na nossa imprensa, no entanto, esta semana, não é ela a Protagonista. O alvo de grande destaque esta semana é mesmo a intenção de Pedro Passos Coelho em privatizar um dos canais da RTP. Apesar de ainda serem poucos os pormenores sobre esta situação, é já certo que vai mesmo acontecer, apesar de Paulo Portas e o CDS não estarem de acordo. O novo primeiro-ministro português confirmou a privatização de um dos canais da televisão pública em entrevista a um jornal inglês e resta aguardar para saber qual será o escolhido. Sinceramente, já aqui tinha falado deste tema e, a avaliar pela situação económica do nosso país, bem como tendo em consta os custos diários do canal. É claro que é sempre de lamentar a perda de um dos canais públicos, mas tendo em conta que, atualmente, o serviço público quase não existe na RTP, será mesmo a melhor atitude a tomar.

E um dos primeiros nomes a “cair” com a privatização da televisão pública e a chegada do PSD ao governo foi, nem mais, nem menos do que José Fragoso. Talvez sabendo o que o futuro o esperava, aquilo que toda a gente previa acabou por acontecer: o antigo diretor de programas da RTP aceitou o convite da TVI e está de partida para junto do seu antigo “número dois” Bruno Santos. Pouco ou nada me surpreendeu esta novidade, apenas achei curioso o timming em que foi conhecida, bem como o início de funções. Se Judite Sousa e José Alberto Carvalho estiveram mais de um mês de férias, José Fragoso começará a trabalhar na TVI dentro de duas semanas, o que mostra a importância que a estação lhe está a dar. Tanto é que, segundo o Correio da Manhã deste domingo, ainda nem na redação se percebeu bem quais as funções que o novo “homem forte” terá. Sendo coordenador da informação e programação, estará ele no patamar abaixo de João Cotrim Figueiredo? Ou estará acima dele? Ou ainda será o seu substituto? Perguntas que teremos que aguardar para ver respondidas. Certo mesmo é que a expetativa é alta e que deverá haver mudanças parciais sobretudo na programação da TVI. E alguns nomes da RTP poderão acompanhar José Fragoso. Eu aposto em Sílvia Alberto!

E da chegada de José Fragoso à TVI passamos diretamente para a entrevista de Luciana Abreu à edição desta semana da revista TV Guia. Uma conversa sincera, mas que não deixou de pautar pela polémica. A atriz não poupou nas críticas a Ana Marques e Cláudio Ramos, outrora amigos, mas que agora parecem “Já não servir”, bem como explicou os motivos que a levaram a deixar a SIC. Diz Luciana Abreu que lhe criaram ilusões que não cumpriram. Sinceramente, é uma situação que me faz pensar. Já Paulo Rocha disse algo semelhante recentemente, o que poderá ser indicio de que, houve responsáveis que faziam determinadas promessas que acabavam por não cumprir. E quem seriam estes profissionais? Uma questão para a qual gostaria de ter resposta, mas que não consigo encontrar. Curiosa é também a exigência de Luciana Abreu para voltar a fazer telenovelas. Diz a atriz que “só lhe derem o papel de vilã” regressa a este formato. Parece que a “estrela” volta a poder “mandar” e fazer exigências, algo que não deixa de ser passível de comentários, tendo em conta que Luciana Abreu continua a ter a atitude de “estrela” que, desde há já alguns tempos, não é…

Falando em ficção, surgiu esta semana, na TV Guia e TV 7 Dias o nome provisório da nova telenovela da SIC. Segundo estas publicações, a história de Patrícia Müller chamar-se-á Beijo à Chuva. Espero, sinceramente, que não passe do nome provisório. Parece-me demasiado “abrasileirado” e que não resultará muito bem cá, mas posso estar enganado, claro está. Se fosse Amor à Chuva, talvez soasse e resultasse melhor, não sei. Certo mesmo é que as gravações estão prestes a arrancar e que os testes de imagem já começaram, avança a TV Guia. Estou curioso para ver como será esta nova produção, até porque, de acordo com esta publicação, Cláudia Vieira vai surpreender e apaixonar os portugueses. Será que consegue? Vamos aguardar para ver.

Continuamos na SIC e é agora tempo de dar algum destaque a Peso Pesado. Uma nova reviravolta no jogo está prestes a chegar, adianta a TV Mais desta semana, mas o motivo pelo qual o programa da televisão de Carnaxide merece destaque prende-se com a notícia da TV Guia que dá conta de que, na grande final, poderá haver casamento. Entre o “casalinho” da herdade, claro está. Ao que parece, a SIC e a Fremantle vão realizar o sonho de Vanessa e Fábio e os dois deverão casar-se em pleno Campo Pequeno. Gostava imenso que isto acontecesse e que estes dois jovens concretizassem o seu grande sonho. Seria o início de uma nova vida cá fora e algo que poderia fazer subir as audiências da televisão de Carnaxide…

Para último destaque, a despedida de Filomena Cautela do 5 Para a Meia-Noite. Depois de Fernando Alvim, a apresentadora das segundas-feiras anunciou que também ela não integraria o lote de caras da quinta temporada. Fiquei bastante surpreendido e ao mesmo tempo insatisfeito com esta opção. Para mim, a “Mena” era a “alma do programa”, o rosto que pautava pela diferença, que conseguia sempre surpreender. É uma pena que isto aconteça e fica provado que, de facto, esta nova temporada do 5 não será a mesma coisa…

Terminados os destaques, as declarações que deram que falar na última semana:

“A Júlia, como sabemos, é uma lutadora e vai imprimir mudanças e alterações que precisarem de ser feitas e (Querida Júlia) vai ser mais competitivo”, Luís Marques (in Correio TV)

“Hoje na TV não se tem uma carreira, tem-se uma aparição”, Tozé Martinho (in Correio TV)

“Não vivo dependente de prémios, nunca vivi”, Simone de Oliveira (in Notícias TV)

“Acordo sempre superfeliz por gravar O Último a Sair. Digo-o do fundo do coração porque não tenho necessidade de engraxar ninguém”, Luciana Abreu (in TV Guia)

Antes das despedidas, a Rosa e o Espinho da semana:

Rosa

O destaque maior dos últimos dias vai, sem dúvida, para a excelente e irrepreensível entrevista de Simone de Oliveira à edição desta semana da Notícias TV. Um “mimo” nos dias que correm.

Espinho

Já o pior da semana pertence à saída de antena e consequente cancelamento do Perfil da TVI. Uma pena e um desrespeito para quem acompanha o programa.

Termina assim mais uma Frente de Destaques!

Até para a semana!

  • Bernas_27

    Parabéns Tiago por esta incrível rúbrica!
    Concordo contigo em relação á saída da Filomena Cautela do programa 5 para a meia noite. Era sem dúvida o dia da semana que era incapaz de perder. Adorava a forma como a Filomena conduzia o programa sempre divertida mas nunca perdendo o lado de apresentadora.Percebia se que era sincero quando ela dizia que admirava os seus convidados…e claro está não nos podemos esquecer dos famosos beijos que dava aos convidados, como foram casos Solange F,Diana Piedade e João Manzarra.
    Quanto a nova telenovela da SIC concordo contigo em relação ao nome da novela ser muito abrasileirado. Eu sou incapaz de dizer aquele nome sem pôr o sotaque abrasileirado xD.Estou desejoso de voltar a ver a Cláudia Vieira em acção. Ela é uma actriz e modelo excepcional e sobretudo uma grande mulher e uma excelente mãe. Não há dúvidas que o casal Cláudia Viera e Pedro Teixeira é um casal magnífico.
    Pra terminar gostaria de dizer que pra mim o “espinho” desta semana foi mesmo o cancelamento do programa Perfil da TVI. Um programa divertido e muito bom que dava a conhecer um pouco mais das pessoas que nos acompanham diariamente pela televisão.
    Abraço fico a aguardar pelo próximo Frente de Destaques  🙂

  • Ruben Gomes

    Mais uma Frente de Destaques óptima e esclarecedora!
    Em relação à privatização da RTP, não concordo contigo. Acho um horror que o façam. Isso significa o fim da aposta em ficção diferente da dos outros canais porque, como se sabe, infelizmente a ficção da RTP não tem muita audiência mas a qualidade é soberba.Quanto à nova novela da SIC, pouco me importa o nome. Aliás essa deve ser a menor das preocupações, neste momento. Não sei se a ida da Patrícia Muller para a SIC foi a mais acertada… Como tenho vindo a dizer, o estilo das novelas da autora vão mais pelo “sonho” e o irreal e não tanto pelo urbano, mordeno e contemporâneo, que é o que se quer actualmente, especialmente na SIC, que transmite actualmente uma novela que ilustra precisamente o que estou a dizer. Tenho muito medo que a ficção da SIC se vá confundir com a da TVI…
    A notícia do Peso Pesado, enfim, acho que só serve mesmo para encher páginas de revista e se conquistar audiências. Uma perfeita perda de tempo.
    Também fiquei, tal como tu, chocadíssimo com a notícia da saída da Filomena do 5. Ela era, como tu dizes, a “alma do programa”. Esta deve ser a última série do programa, com muita pena minha.
    Por último, também me indignou o cancelamento random do Perfil, na TVI.

    Só um conselho: andas a dar muitos espinho à TVI… Cuidado com a subjectividade…

    • Vítor Carvalho

      Caro Rúben, não vejo porque razão haverá a RTP de acabar com a aposta na sua ficção de qualidade, afinal, a ser privatizada, será a RTP2, que dará lugar a um novo generalista, privado. Considero até que esta é a grande oportunidade da RTP se impor e mostrar a importância de uma televisão pública em Portugal 🙂

  • Ana Cláudia Oliveira

    Pois eu não gosto da Filomena Cautela como apresentadora e gosto do Fernando Alvim. sto não quer dizer que tenha gostado da maneira, de como os dois foram “dispensados” do programa. Cada um tinha os seus seguidores. A direção do canal 2 é que esteve mal, ou ficavam todos ou saiam todos. Pensei que só havia guerra de audiências nos outros canais, afinal enganei-me.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close