Frente de Destaques

Novos rumos

frente de destaques2

Mais uma semana, mais um sem número de destaques na nossa imprensa. Desde o provável regresso do Big Show SIC à televisão de Carnaxide à polémica com a saída de João Cotrim Figueiredo da TVI, passando pela atriz que Gabriela Sobral pretende ir buscar a Queluz de Baixo, não esquecendo ainda as críticas de Ana Bola a Rogério Samora.

Senhoras e senhores, sejam bem-vindos a mais uma Frente de Destaques!

Foi na passada terça-feira que Daniel Oliveira apresentou aos seus fãs e amigos a versão literária do Alta Definição. Apresentado por Clara de Sousa, que fez um discurso bastante verdadeiro e real, o livro é já um sucesso, estando a terceira edição nas bancas. Ainda não tive oportunidade de o adquirir, nem tão pouco de marcar presença na apresentação à imprensa, mas foi com muita alegria que vi os testemunhos e imagens do evento. Na minha opinião, este é o programa mais interessante da televisão portuguesa neste momento. É o único que me faz desmarcar compromissos e pelo qual já fiz mil e uma coisas para o poder ver. E, esta semana, foi precisamente a sua apresentação à imprensa que marcou os últimos dias, até porque não houve outro acontecimento a ter tanto impacto nos nossos jornais e revistas, na minha opinião, claro está. E este é o Protagonista da semana.

Mas houve muito mais para ler nos últimos dias e o provável regresso do Big Show SIC foi uma das notícias que deu do que falar. Segundo a mais recente edição da revista Notícias TV Júlia Pinheiro e companhia pretendem trazer o formato de sucesso dos anos noventa novamente para antena, com algumas adaptações à atualidade, mas com a essência de sempre. Sinceramente, não sei se será a melhor opção, até porque, normalmente, clássicos que regressam anos depois acabam por não ter o sucesso e qualidade do passado. E há ainda o “problema” do apresentador. O Big Show SIC será sempre “o João Baião”, por muitas inovações que se façam. É claro que a televisão de Carnaxide tem outros profissionais, como José Figueiras, Nuno Graciano, Marco Horácio ou até mesmo João Manzarra que eram capazes de dar conta do recado. Mas João Baião é João Baião e isso ninguém pode mudar. Mas talvez a opção recaia mesmo em fazer algo com a essência do Big Show, mas com novidades que o tornem menos igual ao passado. E é de elogiar a ideia de criar um projeto para as tardes de sábado, até porque, hoje em dia, cada vez mais, há mais gente em casa por essa altura e filmes e séries repetidas pela quadragésima vez não são, de todo, o mais aconselhável.

Ainda sobre a televisão de Carnaxide, a edição desta semana da revista TV Guia noticiou que Gabriela Sobral, entusiasmada com a nomeação de Laços de Sangue para o Emmy Internacional, aliciou uma atriz do canal de Queluz de Baixo para se mudar para a SIC e parece que a elevada proposta é demasiado tentadora, o que, segundo as sempre misteriosas fontes, faz com que a diretora de produção esteja bastante confiante de que vai conseguir trazer mais um famoso nome da TVI para a SIC. Não sei se este rumor se tornará realidade, mas fiquei curioso sobre quem seria a tal profissional. Sinceramente, tenho para mim que será alguém de que ninguém está à espera. Um nome sonante da TVI? Não sei, mas estou curioso para saber novidades dos próximos tempos.

A propósito de mudanças da TVI para a SIC, Rogério Samora continua a dar do que falar. Desta vez indiretamente. Confuso? Passo a explicar: depois de na semana passada o ator ter revelado que a participação em Rosa Fogo lhe estava a causar vários problemas, pelo impacto da personagem, pelas exigências emocionais, entre outros, Ana Bola lançou várias criticas ao amigo e colega de profissão em declarações à edição desta semana da revista Notícias TV, acusando-o de estar envolvido numa campanha de marketing, para promover a trama do canal de Carnaxide. Sim, é verdade, tudo pode não passar de uma estratégia de marketing, mas será que Ana Bola precisava mesmo de vir a público comentar o comportamento de Rogério Samora? Não acaba por lhe ficar um pouco mal criticar assim uma atitude de um colega de profissão? E atenção que eu próprio também já pensei como a atriz de Estado de Graça

Das críticas de Ana Bola passamos diretamente para novos desenvolvimentos sobre a saída de João Cotrim Figueiredo da TVI. Segundo a edição desta semana da revista TV Guia, o gestor deixou o canal de Queluz de Baixo por estar “cansado” das divergências com a equipa liderada por José Fragoso e parece que a gota de água se prendeu com a recusa do coordenador de conteúdos da TVI em realizar a habitual Festa de Natal no canal este ano. Fiquei um pouco surpreendido ao saber que o responsável do canal de Queluz de Baixo não pretende realizar a habitual festa, até porque tinha ideia de que era alguém que gostasse de aproximar os telespetadores do canal que dirige. Quanto aos motivos que levaram Cotrim Figueiredo a deixar a TVI, acredito que a falta de apoio e de entrosamento com a equipa de Fragoso possa estar diretamente relacionada, até porque, tal como referi na semana passada, há muito que esperava este desfecho.

Para último destaque, falo-lhe de Último a Sair, da RTP, que se prepara para ser vendido para o estrangeiro. Pois é, eu sei que fui um dos grandes críticos do programa, mas também sei dar a mão à palmatória e elogiar a ideia. Para além disso, é sempre bom ver ideias originais portugueses serem vendidas internacionalmente. Estou certo de que acabará mesmo por chegar a bom porto e quem criou o formato merece todos os elogios da minha parte. Bruno Nogueira está de parabéns e prova, deste modo, que mesmo com poucas audiências televisivas, o seu Último a Sair vai chegar longe, algo que ao longo dos últimos tempos já ficou bem patente, a avaliar pelo sucesso além fronteiras.

Terminados os destaques, as declarações que deram do que falar nos últimos dias:

“Eu, ou alguém da minha idade, seria uma má escolha da TVI (para o lugar de Teresa Guilherme em Secret Story 2)”, Iva Domingues (in TV Guia)

“Já não me sinto nervosa com as estreias mas com os diretos sim, porque é preciso um grande sentido de responsabilidade”, Catarina Furtado (in Vidas)

“A Televisão está em dívida comigo”, José Hermano Saraiva (in Notícias TV)

O Elo Mais Fraco era o que queria? Não, se tivesse entrado antes tinha trazido um formato novo”, Hugo Andrade (Correio TV)

Antes das despedidas, a Rosa e o Espinho desta semana:

Rosa

O destaque maior dos últimos dias vai para a entrevista da revista Notícias TV a José Hermano Saraiva. Um homem polémico, mas que tem sempre declarações de quem conhece o meio há muito tempo. Um mimo!

Espinho

Já o menos da semana é mesmo para Ana Bola e para as suas críticas a Rogério Samora.

E assim termina mais uma Frente de Destaques!

Até para a semana!

  • Joao mendes

    São José Correia vai participar na novela Rosa Fogo. Fonte:Correio da Manhã

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close