Frente de Destaques

Interrogações

Histórias de candidatos a Ídolos invadem imprensa. Pedro Boucherie Mendes substituto de Nuno Santos? Gabriela Sobral e a má relação com André Cerqueira. José Figueiras à espera de novo programa!

Senhoras e senhores, sejam bem-vindos a mais uma Frente de Destaques!


E pronto, após o inicio de Ídolos a imprensa não tardou em ir ao encontro dos protagonistas do primeiro episódio. Para além de nos terem revelado que Joni Angélico é primo de Angélico Vieira, várias publicações noticiaram ainda que Carolina Deslandes é conhecida de Manuel Moura dos Santos.

Ora, qual será então o grande objectivo dos órgãos de comunicação social ao publicarem estas notícias? Será apenas informar os seus leitores? Ou arranjar ainda alguma polémica, algo semelhante ao que conseguiram com Diana Piedade em Ídolos III? Sinceramente não sei, mas de uma coisa estou certo: esta jovem canta e não é pouco. É já uma das grandes favoritas à fase final e ainda só um episódio foi para o ar. Eu gostei, aliás, fiquei fã! E, pelo que li, Carolina Deslandes deverá ser uma das concorrentes a chegar às galas finais!

Já que falo no talent-show apresentado por Cláudia Vieira e João Manzarra, não posso deixar passar uma declaração de Pedro Boucherie Mendes à TV 7 Dias desta semana: Quem tem medo é a concorrência. A força do Ídolos vê-se no facto de a TVI usar um reality-show para tentar combater com o nosso programa. Reduzimos a cinzas Uma Canção Para Ti, programa que na altura tinha muito boas audiências”. Não deixa de ser interessante pensar que tudo isto até possa ser verdade, mas, tendo em conta que uma estação comercial vive de audiências, o director da SIC Radical terá pensado, de alguma forma, que a TVI se encostaria à “sombra da bananeira” e esperasse que Ídolos perdesse fôlego? A meu ver esta foi apenas uma forma de “atacar” André Cerqueira e companhia…

 

 

Quem também “atacou” o actual director de programas de Queluz de Baixo foi Gabriela Sobral, que foi entrevistada quer pela TV 7 Dias, quer pela TV Mais. Pondo um pouco de lado as suas declarações sobre a aposta que a SIC se prepara para fazer no que à ficção nacional diz respeito, destaco o facto de ter ficado bem claro que o ambiente entre a nova directora de produção de Carnaxide e André Cerqueira não era o melhor.

Gabi foi, como se costuma dizer na gíria, “curta e grossa”, ao afirmar: “O André Cerqueira foi uma escolha da Administração, nunca seria uma escolha minha”. Gostei da sinceridade e do “não ter medo de falar”, mas esta é uma situação que há muito parecia ser a realidade. Afinal de contas, chegou a correr na imprensa que Gabriela Sobral esperava ter sido a eleita para a direcção de programas.

Por outro lado, por aquilo que li, a nova responsável da SIC mostrou-se bastante empenhada e com vontade de dar o “litro” para conseguir fazer no seu novo canal aquilo que fez na TVI e acredito que o consiga. Basta que lhe dêem espaço e condições para tal.

 

 

E, por falar na direcção de programas, tenho que voltar a chamar à baila o nome de Pedro Boucherie Mendes. É que, segundo a TV Guia, caso a rentrée de Carnaxide corra mal, em Janeiro Nuno Santos poderá estar de saída e, nesse caso, o seu substituto deverá ser, precisamente, o actual director de canais temáticos e jurado do Ídolos.

Sinceramente, e não pondo em causa todo o trabalho desenvolvido por Pedro Boucherie Mendes até agora, creio que seria uma aposta bastante arriscada. Não querendo fazer uma comparação, mas acabando por fazê-la, ainda recentemente, Francisco Penim fez esse percurso. Ora, tendo em conta que o sucesso alcançado não foi dos melhores, talvez Boucherie acabasse por fazer o mesmo. Se está bem no cargo que ocupa actualmente, para quê mudar? Só se as suas capacidades forem, definitivamente, merecedoras de tal promoção o que, a meu ver, não é o caso.

Ainda assim, é deixar o tempo andar. Até porque poderá ser apenas mais um rumor…

 

 

Quem parece ter que esperar mais um tempo na “prateleira” é José Figueiras. Pois é, depois de ter substituído Fátima Lopes em  , o apresentador voltou a não ter programa regular em antena. Ainda assim, em entrevista a Cláudio Ramos, mostrou-se confiante no futuro, até porque “Estou com expectativas de continuar cada vez mais. Nada me faz desistir”, explicou o comunicador.

Sinceramente, quando olho para José Figueiras penso que já não é um apresentador dos novos tempos. Se Fátima Lopes, Júlia Pinheiro, Manuel Luís Goucha, entre outros, conseguiram adaptar-se aos actuais públicos, o eterno “bombeiro de Carnaxide” não o conseguiu ainda fazer, pelo menos é essa a ideia que me dá. Embora tenha cumprido a sua função no programa das tardes, foi estranho ver a sua forma de apresentar.

Em igual “situação” estão, a meu ver, Isabel Angelino e Serenella Andrade, por exemplo. Apresentadoras com provas mais do que dadas, mas que, na actual forma de fazer televisão, não conseguem “encaixar”. Custa dizer isto, no entanto, é a opinião que tenho sobre estes profissionais, mas estou aqui à espera que me façam pensar o contrário!

 

Já Teresa Guilherme é daquelas apresentadoras que é actual em qualquer época. Fantástica naquilo que faz, parece que o seu regresso à televisão está mesmo para breve. Embora seja uma das pessoas que acha que a eterna “senhora televisão” devesse ser a cara de Secret Story – Casa dos Segredos, acima de tudo, quero ter a honra de a ver apresentar um programa. Mesmo que seja no cabo.

E, parece, que será mesmo no universo cabo que a veremos. Segundo a edição desta semana da Correio TV, Teresa Guilherme vai ter um programa no TVI24. A meu ver, a apresentadora é boa demais para ir para não ter um programa no canal generalista, mas quem sou eu para dizer tal coisa. O certo é que, embora ainda haja poucos pormenores sobre este novo formato, tanto Teresa como André Cerqueira estão a trabalhar nele e, dentro em breve, novos pormenores surgirão.

Esta novidade mostra também que os responsáveis de Queluz de Baixo pretendem mesmo reforçar a oferta do TVI 24. Caso contrário não arriscariam tanto ao colocar por lá uma das melhores apresentadoras da nossa praça.

E, pronto, o que é bom acaba depressa e a Frente de Destaques está prestes a chegar ao fim. Não sem antes lhe revelar o Protagonista desta semana. Fátima Lopes é a escolhida. É já na próxima terça-feira que a apresentadora se estreia, a solo, com o logótipo TVI no canto superior directo das nossas televisões e, com não podia deixar de ser, a imprensa desta semana deu-lhe muito destaque. Até porque a promoção é essencial para que um programa alcance sucesso e, por isso mesmo, a nova “estrela TVI” conversou com diversas publicações no decorrer desta semana. Da minha parte apenas dizer que espero que Fátima Lopes consiga ser ela própria e voltar a reencontrar-se com o seu público. Ela merece!

 

É agora tempo de lhe deixar algumas sugestões para a próxima semana: terça-feira, pelas 17 horas, não perca a estreia de Agora é que Conta, na TVI. Quatro horas e meia depois, mas na FOX, não se esqueça de que vai para o ar o primeiro episódio da segunda temporada de Fringe!

Termina assim mais uma edição de Frente de Destaques!

Nós voltamos a ler-nos para a semana!

Até lá!

Normal 0 21 false false false PT X-NONE X-NONE

Histórias de candidatos a Ídolos invadem imprensa. Pedro Boucherie Mendes substituto de Nuno Santos? Gabriela Sobral e a má relação com André Cerqueira. José Figueiras à espera de novo programa!

Senhoras e senhores, sejam bem-vindos a mais uma Frente de Destaques!

E pronto, após o inicio de Ídolos a imprensa não tardou em ir ao encontro dos protagonistas do primeiro episódio. Para além de nos terem revelado que Joni Angélico é primo de Angélico Vieira, várias publicações noticiaram ainda que Carolina Deslandes é conhecida de Manuel Moura dos Santos.

Ora, qual será então o grande objectivo dos órgãos de comunicação social ao publicarem estas notícias? Será apenas informar os seus leitores? Ou arranjar ainda alguma polémica, algo semelhante ao que conseguiram com Diana Piedade em Ídolos III? Sinceramente não sei, mas de uma coisa estou certo: esta jovem canta e não é pouco. É já uma das grandes favoritas à fase final e ainda só um episódio foi para o ar. Eu gostei, aliás, fiquei fã! E, pelo que li, Carolina Deslandes deverá ser uma das concorrentes a chegar às galas finais!

Já que falo no talent-show apresentado por Cláudia Vieira e João Manzarra, não posso deixar passar uma declaração de Pedro Boucherie Mendes à TV 7 Dias desta semana: “Quem tem medo é a concorrência. A força do Ídolos vê-se no facto de a TVI usar um realityshow para tentar combater com o nosso programa. Reduzimos a cinzas Uma Canção Para Ti, programa que na altura tinha muito boas audiências”. Não deixa de ser interessante pensar que tudo isto até possa ser verdade, mas, tendo em conta que uma estação comercial vive de audiências, o director da SIC Radical terá pensado, de alguma forma, que a TVI se encostaria à “sombra da bananeira” e esperasse que Ídolos perdesse fôlego? A meu ver esta foi apenas uma forma de “atacar” André Cerqueira e companhia…

 

Quem também “atacou” o actual director de programas de Queluz de Baixo foi Gabriela Sobral, que foi entrevistada quer pela TV 7 Dias, quer pela TV Mais. Pondo um pouco de lado as suas declarações sobre a aposta que a SIC se prepara para fazer no que à ficção nacional diz respeito, destaco o facto de ter ficado bem claro que o ambiente entre a nova directora de produção de Carnaxide e André Cerqueira não era o melhor.

Gabi foi, como se costuma dizer na gíria, “curta e grossa”, ao afirmar: “O André Cerqueira foi uma escolha da Administração, nunca seria uma escolha minha”. Gostei da sinceridade e do “não ter medo de falar”, mas esta é uma situação que há muito parecia ser a realidade. Afinal de contas, chegou a correr na imprensa que Gabriela Sobral esperava ter sido a eleita para a direcção de programas.

Por outro lado, por aquilo que li, a nova responsável da SIC mostrou-se bastante empenhada e com vontade de dar o “litro” para conseguir fazer no seu novo canal aquilo que fez na TVI e acredito que o consiga. Basta que lhe dêem espaço e condições para tal.

 

E, por falar na direcção de programas, tenho que voltar a chamar à baila o nome de Pedro Boucherie Mendes. É que, segundo a TV Guia, caso a rentrée de Carnaxide corra mal, em Janeiro Nuno Santos poderá estar de saída e, nesse caso, o seu substituto deverá ser, precisamente, o actual director de canais temáticos e jurado do Ídolos.

Sinceramente, e não pondo em causa todo o trabalho desenvolvido por Pedro Boucherie Mendes até agora, creio que seria uma aposta bastante arriscada. Não querendo fazer uma comparação, mas acabando por fazê-la, ainda recentemente, Francisco Penim fez esse percurso. Ora, tendo em conta que o sucesso alcançado não foi dos melhores, talvez Boucherie acabasse por fazer o mesmo. Se está bem no cargo que ocupa actualmente, para quê mudar? Só se as suas capacidades forem, definitivamente, merecedoras de tal promoção o que, a meu ver, não é o caso.

Ainda assim, é deixar o tempo andar. Até porque poderá ser apenas mais um rumor…

 

Quem parece ter que esperar mais um tempo na “prateleira” é José Figueiras. Pois é, depois de ter substituído Fátima Lopes em Vida Nova, o apresentador voltou a não ter programa regular em antena. Ainda assim, em entrevista a Cláudio Ramos, mostrou-se confiante no futuro, até porque “Estou com expectativas de continuar cada vez mais. Nada me faz desistir”, explicou o comunicador.

Sinceramente, quando olho para José Figueiras penso que já não é um apresentador dos novos tempos. Se Fátima Lopes, Júlia Pinheiro, Manuel Luís Goucha, entre outros, conseguiram adaptar-se aos actuais públicos, o eterno “bombeiro de Carnaxide” não o conseguiu ainda fazer, pelo menos é essa a ideia que me dá. Embora tenha cumprido a sua função no programa das tardes, foi estranho ver a sua forma de apresentar.

Em igual “situação” estão, a meu ver, Isabel Angelino e Serenella Andrade, por exemplo. Apresentadoras com provas mais do que dadas, mas que, na actual forma de fazer televisão, não conseguem “encaixar”. Custa dizer isto, no entanto, é a opinião que tenho sobre estes profissionais, mas estou aqui à espera que me façam pensar o contrário!

 

Já Teresa Guilherme é daquelas apresentadoras que é actual em qualquer época. Fantástica naquilo que faz, parece que o seu regresso à televisão está mesmo para breve. Embora seja uma das pessoas que acha que a eterna “senhora televisão” devesse ser a cara de Secret Story – Casa dos Segredos, acima de tudo, quero ter a honra de a ver apresentar um programa. Mesmo que seja no cabo.

E, parece, que será mesmo no universo cabo que a veremos. Segundo a edição desta semana da Correio TV, Teresa Guilherme vai ter um programa no TVI24. A meu ver, a apresentadora é boa demais para ir para não ter um programa no canal generalista, mas quem sou eu para dizer tal coisa. O certo é que, embora ainda haja poucos pormenores sobre este novo formato, tanto Teresa como André Cerqueira estão a trabalhar nele e, dentro em breve, novos pormenores surgirão.

Esta novidade mostra também que os responsáveis de Queluz de Baixo pretendem mesmo reforçar a oferta do TVI 24. Caso contrário não arriscariam tanto ao colocar por lá uma das melhores apresentadoras da nossa praça.

E, pronto, o que é bom acaba depressa e a Frente de Destaques está prestes a chegar ao fim. Não sem antes lhe revelar o Protagonista desta semana. Fátima Lopes é a escolhida. É já na próxima terça-feira que a apresentadora se estreia, a solo, com o logótipo TVI no canto superior directo das nossas televisões e, com não podia deixar de ser, a imprensa desta semana deu-lhe muito destaque. Até porque a promoção é essencial para que um programa alcance sucesso e, por isso mesmo, a nova “estrela TVI” conversou com diversas publicações no decorrer desta semana. Da minha parte apenas dizer que espero que Fátima Lopes consiga ser ela própria e voltar a reencontrar-se com o seu público. Ela merece!

É agora tempo de lhe deixar algumas sugestões para a próxima semana: terça-feira, pelas 17 horas, não perca a estreia de Agora é que Conta, na TVI. Quatro horas e meia depois, mas na FOX, não se esqueça de que vai para o ar o primeiro episódio da segunda temporada de Fringe!

Termina assim mais uma edição de Frente de Destaques!

Nós voltamos a ler-nos para a semana!

Até lá!

 

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close