Frente de Destaques

Custou, mas será!

Em semana de estreia de Secret Story, a imprensa deu ainda mais destaque ao novo formato da estação de Queluz de Baixo, o que o torna no Protagonista desta semana!

Tudo começou terça-feira com uma sincera entrevista de Júlia Pinheiro à TV 7 Dias. Gostei do que foi dito, da forma como a apresentadora abordou assuntos mais “delicados” como a morte do pai, ou aquilo que disse sobre o seu novo projecto. Destaco a humildade com que falou sobre a sua relação com a SIC. Ficou-lhe muito bem dizer que Carnaxide é a sua casa, não esquecendo ainda o facto de ter revelado os motivos que a levaram a dizer adeus ao canal que a viu nascer. Vontade de crescer, assumiu. “Tapada” por Catarina Furtado, Bárbara Guimarães ou Carlos Cruz a directora de formatação de Conteúdos da TVI tomou a opção de tentar crescer noutro canal. E hoje, vários anos volvidos é uma das mais carismáticas profissionais da nossa televisão. Com tudo isto, apetece perguntar, e se Júlia tivesse continuado em Carnaxide, estaria actualmente no patamar em que está?

Por outro lado, também gostei de tomar conhecimento de um dado curiosos: Conceição Lino é uma das suas melhores amigas! Haverá algum profissional no nosso pequeno ecrã que fosse capaz de revelar, à imprensa, que a sua concorrente directa é a sua melhor amiga? Tenho muitas dúvidas. Só a grande Júlia Pinheiro o fez, até à data de hoje e, acima de tudo, louve-lhe a coragem, até porque, a própria garante que isso não será uma desculpa para se esquecer de que são concorrentes.

Amizades à parte, ainda com esta entrevista, ficámos a saber que Teresa Guilherme nunca fora opção para apresentar Secret Story. Fiquei muito surpreendido com este novo dado, até porque foram vários os órgãos de comunicação social que disseram que a eterna “senhora televisão” esteve na calha. Continuo a dizer que fazia todo o sentido ser ela a eleita, mas, atendendo à justificação dada por Júlia Pinheiro, compreende-se a opção da direcção de programas. Se Teresa fosse a escolhida, talvez muita gente confundisse o novo reality-show com Big Brother. Ainda assim há um novo “problema”, as comparações entre uma e outra apresentadora serão inevitáveis!

Já que se fala na eterna “senhora televisão”, com as suas declarações à imprensa desta semana, onde garante que nunca recebeu o convite para o papel e que gostava de o ter recebido e aceite fiquei confuso. Estive eu a ler algumas publicações mais antigas e deparei-me com uma declaração de Teresa Guilherme, que dizia que não gostava de apresentar este novo reality-show. Ora, em que ficamos então? Gostava ou não? A resposta a esta pergunta continua incógnita. A também produtora parece quase como a lua, que, dependendo das várias fases, tem uma simbologia diferente…

Ainda sobre a apresentação de Seret Story, e, tentando por de lado um pouco toda a polémica e tinta que fez correr na imprensa, não posso deixar de considerar as declarações de Marco Borges sobre Júlia Pinheiro um pouco deselegantes. “Não sou ninguém para pôr em causa o percurso profissional da Júlia, mas não a consigo identificar com este tipo de programa. Eu e mais 10 milhões de portugueses”, referiu o antigo participante de Big Brother. Não querendo ser “advogado de defesa”, não deixa de ser interessante o facto de a cara de As Tardes da Júlia já ter conduzido outros reality-shows, como Quinta das Celebridades ou Primeira Companhia e estes terem sido, igualmente um sucesso. Palavras para quê? Os números falam por si.

 

Secret Story à parte, houve mais notícias a invadirem a imprensa desta semana. Falemos então de Ídolos. Ao contrário do que aconteceu no ano passado, com esta quarta temporada as informações começam a surgir cada vez mais cedo. Várias são as publicações que revelam, desde já o nome de 10 dos 15 finalistas. Agora pergunto eu, com estas “descobertas” o programa não começa a perder um pouco o interesse? O factor surpresa que sempre caracterizou a terceira edição não começa a ficar para traz?

É quase certo que a direcção de programas nada deverá ter que ver com isto, mas as qualidades que até aqui foram enaltecidas começam a deixar de existir. E Secret Story está aí… Alerta para Carnaxide.

 

Também a trama que vai substituir Mar de Paixão teve destaque na imprensa desta semana. E um novo dado surgiu: Helena Costa será uma das protagonistas. Foi a própria quem o garantiu à revista TV Guia! Confesso que esta novidade me causa alguma estranheza.

Não sou particularmente fã desta actriz. De todos os trabalhos que já fez apenas gostei de a ver em Morangos com Açúcar. Os restantes deram-me a ideia de que é “apenas mais uma” entre tantas. Não tem nada que se possa dizer: é a sua característica. Além disso parece-me muito plástica e com pouca telegenia. Por estes motivos ainda não percebo porque a foram escolher para protagonista de uma telenovela. É claro que tem que se enaltecer o facto de apostarem em novas caras, mas havia tantas “melhores” do que Helena Costa. Jéssica Atahyde, Marta Melro ou Núria Madruga, citando apenas alguns nomes… Opções que não se compreendem…

O último destaque da semana vai para José Eduardo Moniz. Segundo a revista TV Guia, o antigo “capitão” da TVI poderá estar com um pé na RTP, caso a ideia do PSD de privatizar a estação pública seja aceite. Primeiro que tudo, creio que esta opção nunca será tomada. Segundo, tenho muitas duvidas de que José Fragoso abandone o cargo. O trabalho desenvolvido até ao momento pelo antigo homem-forte da TSF tem sido óptimo e isso deverá ser tido em conta.

Acima de tudo, cheira-me que isto poderá ser uma forma de “calar” aqueles que dizem que Moniz estará prestes a tornar-se no novo responsável pela programação da estação de Carnaxide. Todavia, é necessário dar tempo ao tempo e, só com confirmações oficiais falar disso.

Deixo-lhe agora algumas sugestões para a semana que se avizinha!

Amanhã, pelas 21 horas, não perca a estreia da minissérie República, na RTP. Três horas e meia depois, veja o primeiro episódio da oitava temporada de CSI Miami, na SIC. No dia seguinte, acompanhe o regresso de Cenas do Casamento à antena da SIC, quando o relógio marcar 22h45. Quarta-feira, não se esqueça de que o MOV estreia a série The Event, pelas 22h30.

Termina assim a quadragésima nona edição de Frente de Destaques!

Até para a semana!

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close