Frente de Destaques

Com sabor a morango

Frente de Destaques2012

Últimos dias de abril, notícias já a pensar em maio. Se o filme de Morangos com Açúcar está mais do que confirmado, parece que António Sala poderá estar a um passo de ter um novo programa de televisão. Gabriela Sobral garante que há muitos atores a quererem ir para a SIC, João Tomé de Carvalho quer voltar a apresentar o Telejornal e Rita Pereira posou nua para a Playboy.

Senhoras e senhores, sejam bem-vindos a mais uma Frente de Destaques!

Foi no passado domingo que o Jornal de Notícias online lançou a “bomba” e segunda-feira o mesmo jornal, bem como o Diário de Notícias, davam mais pormenores. Depois de recusar inúmeros convites, Rita Pereira acedeu ao convite da Playboy e é a primeira capa da renovada revista, que chega às bancas já no próximo dia 3. Uma notícia que me surpreendeu bastante e que, sinceramente, não esperava. Não que tenha algo contra este tipo de publicações, mas simplesmente por acreditar que nunca veria Rita Pereira em algo do género. Uma coisa é certa. Nenhuma revista ficou indiferente a esta novidade e a confirmação oficial chegou sexta-feira, com a atriz a anunciar em direto no 5 Para a Meia-Noite. Agora que venham as primeiras fotos, que já meio Portugal sabe que a Helena de Remédio Santo não vai posar em nu integral, mas que vem aí uma ousada produção. A Protagonista desta semana ainda vai dar muito do que falar, não tenho dúvidas.

Se há algo de que não tenho dúvidas é do talento de FF. Desde os tempos de Morangos com Açúcar que o sigo e cheguei, inclusivamente, a ver alguns dos seus concertos. Ainda não consegui presenciar o seu trabalho em O Melhor de La Féria, mas tenho a certeza de que se está a sair muito bem. E é por isso que não tenho dúvidas de que a vitória do passado domingo se vai repetir. Mas, como se sabe, dentro de algumas semanas o programa chega ao fim, e lá vamos ficar novamente sem notícias de FF. A menos que o desejo que o próprio manifestou ao jornal Correio da Manhã se concretize e o vejamos brevemente numa telenovela do canal de Queluz de Baixo. Sinceramente, não percebo porque está há tanto tempo fora do ar e creio que é mais do que merecido que receba uma nova proposta. Eu pelo menos já tenho saudades de o ver.

Falando num antigo Moranguito, destaque para outro dos temas da semana. O tão falado filme sobre a série juvenil da TVI. Foi depois da gala dos Troféus TV 7 Dias de televisão que o coordenador do projeto garantiu que a película vai mesmo chegar às salas de cinema. Como não podia deixar de ser, a revista Notícias TV esteve à conversa com alguns dos atores que fizeram parte do elenco da mais antiga série juvenil no nosso país e, se há alguns que, estranhamente, não receberam ainda o convite, como Benedita Pereira, a protagonista do primeiro ano, ou os que não fazem mesmo tenções de participar, como Diogo Amaral. Já aqui escrevi sobre o tema e creio que é uma ideia interessante, mas difícil de concretizar. Condensar nove temporadas completamente distintas num único filme será complicado e vai implicar que muitas caras sejam deixadas pra trás. E é uma pena, sem dúvida.

De Morangos com Açúcar passamos directamente para António Sala, esse grande senhor da rádio e da televisão e que dá nas vistas, semanalmente, em A Tua Cara Não me é Estranha. Desde o primeiro programa que tenho defendido o mesmo ponto de vista, em conversa com amigos e conhecidos. Porque não tem o comunicador um programa na televisão portuguesa? Voz serena, perguntas no momento certo, comentários sempre pertinentes. Quando esta semana tomei conhecimento, através da edição desta semana da revista TV 7 Dias de que António Sala podia estar a um passo de assumir a condução de um novo programa nos ecrãs da TVI. Veria com bons olhos tal aposta, mas, sinceramente, acredito que, a concretizar-se será para o TVI 24 e não para a generalista, até porque há cada vez menos dinheiro para se apostar em programas que dificilmente chegarão a grandes massas. Independentemente do canal, seria sempre uma alegria o regresso deste grande senhor.

Tempo agora para falar de Gabriela Sobral, essa grande profissional que, cada vez que dá uma entrevista a um meio de comunicação social é sempre criticada por muita gente. Esta semana disse, à Correio TV, que há muitos atores a quererem mudar-se para Carnaxide, não só vindos de Queluz de Baixo, como também aqueles que estão sem trabalho e que antigamente rejeitavam as produções do canal. Gosto da forma como Gabriela Sobral fala, sem medos e com certezas de que está certa. Daquilo que sei, há mesmo muita gente que, embora poucos acreditem, está disposta a mudar-se para a SIC. Veja-se os casos de Maria João Bastos ou Maria João Luís. O problema é que não há capital…

Para terminar, falo de João Tomé de Carvalho, o melhor pivô masculino de 2011 para os leitores da revista TV 7 Dias. Creio que nunca o escrevi aqui, mas gosto deste senhor. Vejo várias vezes o Bom Dia Portugal e sou grande apreciador da sua serenidade enquanto pivô. Creio, inclusivamente, que é um dos responsáveis pelo sucesso do programa das manhãs da RTP 1. E foi sem surpresas que o vi, em entrevista à Notícias TV desta semana, admitir que gostaria de voltar a apresentar o Telejornal. Claro que o merece. Mas, felizmente, ou infelizmente, na RTP há outras soluções para esse horário e, neste momento, acredito que João Tomé de Carvalho faz mais falta no horário matinal.

Findos os destaques, as declarações que deram nas vistas na última semana:

“Na minha idade não existem assim muitos atores, mas os que existem têm muita qualidade. E às vezes estamos subaproveitados”, Irene Cruz (in Notícias TV)

“Os (atores) mais novos ainda vão ganhando dinheiro a fazer presenças em discotecas, mas nós, cotas, não”, Vítor de Sousa (in TV Guia)

“O 5 Para a Meia-Noite é, neste momento, o meu projecto de vida.”, Pedro Fernandes (in Vidas)

“Ninguém se lembra dos atores, excepto quando fazem 50 anos de carreira, altura em que nos querem fazer muitas homenagens”, Lia Gama (in Correio TV)

Antes das despedidas, a Rosa e o Espinho da semana:

Rosa

O destaque maior dos últimos dias vai para a interessantíssima reportagem da Correio TV sobre as reformas dos atores da nossa televisão e que mostra que são comuns cidadãos que recebem pouco dinheiro de pensões.

Espinho

Já o menos da semana vai para a revista TV Guia que escreve que Tony Carreira vai falhar a primeira gala de Ídolos e não conseguiu fazer as contas para perceber que tal não corresponde à verdade.

E assim termina mais uma Frente de Destaques!

Até para a semana!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close