Frente de Destaques

Até parece mentira

Boa Noite! Sete dias se passaram desde o nosso último encontro e aqui estou eu para lhe trazer, mais uma vez, aquilo que de melhor se escreveu pela nossa imprensa. Desde a chegada de Gonçalo Waddington a Laços de Sangue, à saída de Pedro Granger do júri de Uma Canção Para Ti, bem como a “despromoção” de José Carlos Pereira em Anjo Meu, nada ficou indiferente aos nossos jornais e revistas.

Senhoras e senhores, sejam bem-vindos a mais uma Frente de Destaques!

Foi no passado dia 13 de Janeiro, há pouco mais de uma semana que Luciana Abreu foi mãe pela primeira vez. Até aqui tudo certo. Teria todos os motivos para fazer falar a imprensa cor-de-rosa, no entanto, face à trágica morte de Carlos Castro a eterna Floribella acabou por não receber muito destaque em jornais e revistas. Ainda assim, a o destaque acabou por surgir e o motivo, imagine-se, foi o nome da criança: Leyoncé Viiktória, um nome que tem motivado bastante falatório um pouco por tudo o que é redes sociais. Realmente, não é muito bonitinho, mas a avaliar por aquilo que Luciana Abreu tem feito ao longo da sua vida era já de esperar que fosse algo que desse que falar. E o falatório foi tanto que a esposa de Yannick Djaló é, claro está, a Protagonista da semana!

alt

E se Luciana Abreu chegou ao fim da gravidez, quem parece estar de esperanças é Núria Madruga. A notícia foi avançada pela edição desta semana da TV 7 Dias, todavia, a irmã da actriz já veio desmentir o estado de graça. Sinceramente, não sei até que ponto a gravidez existe ou não, mas o certo mesmo é que, caso se verifique, Núria não poderá entrar em Eclipse, o que é mesmo uma pena. Já aqui escrevi por diversas vezes o quanto admiro o seu trabalho e, se por um lado ficaria bastante feliz por se preparar para ser mãe, por outro teria imensa pena de que não participasse na nova história de António Barreira. Vamos aguardar por cenas “dos próximos capítulos”.

E nos próximos capítulos de Laços de Sangue os portugueses poderão ver uma nova personagem. Pois é, dentro em breve a Rita de Joana Seixas terá um novo amor. Vivido por Gonçalo Waddington, o caçador Daniel terá uma bonita paixão pela irmão de João. Fiquei bastante satisfeito por ver este actor regressar às telenovelas. Embora desde sempre se tenha querido manter afastado deste género de ficção, Gonçalo Waddington, como bom actor que é, merece que o seu talento seja visto por todos os portugueses. Ainda assim, é mesmo uma opção sua não fazer muitos destes trabalhos. Concordo, mas não deixa de ser uma pena, até porque ele é um dos melhores actores da sua geração.

Ainda sobre Laços de Sangue, foi em entrevista à Notícias TV desta semana que Ângelo Rodrigues manifestou vontade de se tornar actor exclusivo da SIC. Aproveitando as recentes contratações de Carnaxide, o namorado de Iva Domingues piscou um olho à direcção, mas duvido que receba aquilo que deseja. Até o gosto de ver em Laços de Sangue, todavia, ainda não tem sequer “estaleca” para se tornar numa estrela SIC. Há muitos outros colegas que merecem muito mais essa oportunidade e que ainda não a receberam. Por outro lado, também duvido que Luís Marques e companhia o fizessem.

E, aproveitando que falo em telenovelas, esta semana a imprensa mostrou algumas imagens das primeiras gravações de Anjo Meu, a história de Maria João Mira que nos remeterá até aos anos oitenta e que terá como tarefa substituir Mar de Paixão. Tal como eu próprio aqui já critiquei, até esta semana José Carlos Pereira era o seleccionado para dar vida a um dos protagonistas. Contudo, tal já não vai acontecer. Segundo a edição desta semana da Telenovelas o actor foi “despromovido” e terá apenas um papel secundário nesta trama. Ao que parece, José Carlos Pereira ainda não está totalmente recuperado do seu problema com o álcool e os atrasos e constantes problemas nas gravações fizeram a produção recuar. Acho muito bem e acredito mesmo que o Eduardo de Mar de Paixão nem se quer devia ter sido chamado para esta história. Ainda é muito recente o seu problema e o seu nome ainda é muito associado a situações menos boas. Para o seu lugar foi, então, escolhido Pedro Teixeira, que estava escalado para a nova telenovela de António Barreira. O marido de Cláudia Vieira está já em testes de imagem e logo que possível começará a gravar, agora que está de volta aos papéis centrais de uma telenovela e que fará par com a também estreante Sara Prata. Sinceramente, acho que foi a melhor opção que podia ser tomada, se bem que também Pedro Carvalho poderia ter sido escolhido.

Falando em Pedro, outro, desta vez o Granger, parece estar fora da quarta edição de Uma Canção Para Ti. Se, até aqui o jovem actor e apresentador era um dos membros do júri, agora já não será. Segundo a edição desta semana da TV Guia o Tiago de Sedução não quer mesmo fazer parte da nova edição do talent-show, por motivos pessoais e porque já viu o quão complicado é estar e muitos sítios ao mesmo tempo. Na minha opinião, faria todo o sentido que o actor continuasse a estar ao lado de Luís Jardim, Helena Vieira e Rita Pereira, até porque era bastante adorado pelos mais pequenos. O problema é que outros valores se levantam e, tenho para mim, que tudo isto estará relacionado com a tão falada saída para a SIC.

E, a terminar, volta a chegar a esta Frente uma notícia sobre o tão falado Secret Story. Desta vez os intervenientes são Joana Janeiro e Hugo Marques. Eles que entraram como casal falso e que de lá saíram quase que com um anel de compromisso. Não vou aqui deixar a minha opinião sobre este romance, mas fiquei bastante surpreendido e admirado com duas entrevistas destes jovens à Maria e à Nova Gente desta semana. Se à primeira o jovem de Massamá garantiu que a TVI devia apostar nele e na sua namorada para uma telenovela de horário nobre, recusando-se quase a participar em Morangos com Açúcar, à outra publicação não teve receio de lançar várias farpas à Endemol, acusando a produtora de apenas proteger Ana Isabel, Hugo F e Vítor. Sinceramente, não percebo como é que dois jovens vindos de um reality-show, onde ganharam muitos fãs, mas também vários ódios, acham que terão lugar numa telenovela de horário nobre. Com tantos actores profissionais no desemprego, faria bem a TVI em apostar nestes jovens? Sou totalmente contra.

Terminados os destaques, é tempo de lhe deixar algumas expressões que marcaram os últimos dias:

“Gostaria que, em Portugal, se fosse acreditando em nós próprios e que se acreditasse que só se consegue algo com trabalho.”, Lídia Franco (in VIP)

“Posso ficar contente porque num dia tenho óptima audiência, mas isso não interessa nada no dia seguinte”, Conceição Lino (in Correio TV)

Faz parte da vida mudar! Ainda que isso implique separarmo-nos de pessoas que adoramos“, Leonor Poeiras (in TV Mais)

“Vai ser desconfortável saber que a Júlia está do outro lado a combater… Mas a minha postura é a de que não faço televisão contra ninguém. A Cristina não gosta que eu diga isto, ela é mais aguerrida… Mas é, de facto, muito estranho e esquisito, porque a Júlia é uma pessoa de quem eu gosto muito”, Manuel Luís Goucha (in TV Guia)

Antes das despedidas, a Rosa e o Espinho da semana!

Rosa

O destaque maior destes últimos dias vai para José Fragoso que concedeu uma entrevista bastante interessante e muito esclarecedora à edição da Notícias TV da passada sexta-feira.

Espinho

Já o destaque menos positivo pertence ao novo adiamento do regresso de Teresa Guilherme aos ecrãs de Queluz de Baixo. Uma grande profissional merece estar no activo…

E assim chega ao fim a sexagésima quinta edição de Frente de Destaques!

Tenha uma grande semana!

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close