Frente de Destaques

Alterações Esperadas

Mais uma semana, mais um sem número de destaques na nossa imprensa. Desde a “falta de trabalho” da SIC para Débora Ghira à segunda temporada de Maternidade que a RTP já encomendou, passando pelos nomes para a nona temporada de Morangos com Açúcar e não esquecendo ainda a partida de Catarina Furtado para o Haiti.

Senhoras e senhores, sejam bem-vindos a mais uma Frente de Destaques!

Depois de duas semanas com grande destaque para Angélico Vieira, as nossas revistas e jornais ainda não “acalmaram” e continuam a dedicar páginas e páginas ao trágico desaparecimento do ator e cantor. Desde o alegado reatamento com Rita Pereira à missa de sétimo dia, tudo serve para “vender”. Creio que já será demasiado destaque dado a um acontecimento tão trágico e talvez já fosse tempo de o deixarem “descansar em paz” e deixarem a família fazer o luto do ente querido. Ainda relacionado com este tema, está também o número de páginas dedicado a Rita Pereira, devido ao seu regresso ao trabalho. Está certo que a jovem está bastante debilitada e tudo mais, mas será que não estaria na altura de também lhe darem o “descanso” necessário? Aquele que foi um dos casais mais queridos dos portugueses é, assim, o Protagonista da semana!

Mas houve muito mais para ler na nossa imprensa. E de Angélico e Rita Pereira passamos, imediatamente, para Débora Ghira. Numa altura em que está prestes a terminar as gravações, a atriz desabafou com a TV Guia e afirmou que a SIC não tem trabalho para si e que, desse modo, o contrato de prestação de serviços não será renovado. Algo que já se esperava e que, de certo modo se compreende. Ao contrário do que acontece com Dânia Neto, a televisão de Carnaxide optou por não chamar Débora Ghira para a nova aposta e por isso é normal que a deixe “voar” para outros locais. A prestação em Laços de Sangue é de louvar e elogiar, mas ainda faltam mais provas de ter talento por parte da atriz. Talvez com uma nova personagem com capacidade para captar a atenção, Débora Ghira alcance outro patamar na sua carreira. Ainda assim, tenho algumas dúvidas de que, por exemplo, a TVI a chame para alguma produção do canal.

Quem está de regresso à TVI é Rui Santos. Diretamente de Laços de Sangue, o ator não perdeu tempo e aceitou o convite do canal de Queluz de Baixo para ser um dos professores dos novos Morangos com Açúcar, adianta a Telenovelas desta semana. Uma boa opção e que já esperava. Rui Santos está bastante bem como o Manuel de Laços de Sangue e numa altura em que a série juvenil da TVI se prepara para dar lugar à moda não podia haver melhor opção. Para além de ator, Rui Santos já foi manequim e poderá mostrar na ficção aquilo que já fez na realidade. É aquilo a que na gíria se chama de “juntar o útil ao agradável”.

Quem também vai estar ao lado de Rui Santos em Morangos com Açúcar IX é Marta Andrino. Mais uma atriz com créditos firmados e que é um claro acréscimo de qualidade para a série juvenil. Com um ar bastante jovem e fresco, tenho para mim que a filha de Carla Andrino poderá, inclusivamente, ter um papel de grande destaque na série juvenil da TVI. Talento não lhe falta e, sinceramente, eu até lhe daria o lugar de protagonista ou de grande vilã da história. Sou um grande fã e acho-a bastante talentosa. Basta que lhe dêem desafios ainda mais ambiciosos que ela, certamente, arrasará.

De Morangos com Açúcar saltamos, imediatamente, para Maternidade. Uma das séries mais bem conseguidas da RTP nos últimos tempos, na minha opinião, claro está. De acordo com o jornal Destack a RTP vai mesmo avançar com uma segunda temporada de Maternidade e as gravações deverão arrancar brevemente. Sinceramente, não percebo como é que a estação pública faz duas temporadas de algumas séries seguidas e não o fez com esta. É que, agora na segunda temporada, certamente que não haverá o mesmo elenco da primeira. Porquê? Porque muitos dos atores estão dedicados a outros projetos e alguns deles são já exclusivos de outros canais, casos de Custódia Gallego e José Fidalgo. É uma pena que isso aconteça, até porque as suas personagens tinham bastante relevância na história. Resta aguardar para ver a solução encontrada.

Ainda na RTP, passemos a outros projetos para Setembro. Adaptado de um original holandês, vem aí A Voz de Portugal. Já aqui tinha falado sobre este projeto e esta semana tive oportunidade de ver o vídeo de apresentação e fiquei bastante surpreendido. A mecânica parece-me muito interessante e com capacidades para dar do que falar na nossa televisão. Tem talvez a melhor apresentadora para o género na RTP, Catarina Furtado. Quanto ao grupo de jurados/mentores, penso que poderia ser melhor. Gosto de quase todos enquanto músicos, mas creio que o nome de Mia Rose não foi muito bem escolhido. Creio que não tem assim tanta experiência no mundo da música para mostrar “estaleca” para encontrar A Voz de Portugal, embora simpatize com ela. Mas parece-me muito nova. E, a avaliar pelas palavras da jovem à Notícias TV desta semana, talvez precise de “amadurecer” um pouco mais. É que, revelar à imprensa que não participaria num programa em que será mentora, não causa boa impressão em quem lê.

A terminar, o destaque vai também para Catarina Furtado. Ela que partiu ontem para o Haiti, onde gravará mais alguns episódios para uma nova temporada de Principes do Nada. Sou um grande fã deste programa e um grande admirador da apresentadora. Ninguém com o “estatuto” de Catarina teria coragem de partir para cenários de miséria com aqueles que a comunicadora já visitou e só por isso tiro-lhe o meu chapéu. E é com bastante alegria que vejo que a esposa de João Reis se prepara para cumprir mais uma promessa que fizera recentemente. Sim, lembro-me perfeitamente de ter dito à imprensa que queria visitar o Haiti e ajudar as vítimas do terrível sismo que assolou a região. Estou ansioso por ver essas imagens nos ecrãs.

Terminados os destaques, as declarações que deram do que falar na última semana:

“Este ano, não tenciono sair de antena”, Júlia Pinheiro (in TV Guia)

“Quando há paixão pelo processo de construção de uma personagem, que é o que mais me estimula enquanto ator, tudo se faz. Descolar-me do Orlando é que vai ser o principal desafio. Mas acho que estou à altura!”, Ângelo Rodrigues (in Mariana)

“(Príncipes do Nada) é, de facto, aquilo que mais me move”, Catarina Furtado (in Notícias TV)

“Estou no mercado e quero voltar a trabalhar. Tenho muitas saudades do jornalismo”, Manuela Moura Guedes (in Notícias TV)

Antes das despedidas, a Rosa e o Espinho da semana:

Rosa

Os prémios Meios & Publicidade merecem o destaque maior desta semana. Apesar de todas as críticas que possam receber, não deixa de ser de enaltecer as distinções ao que de melhor se faz em termos de marketing, publicidade e media.

Espinho

O menos da semana vai para as revistas que continuam a quebrar todo o “secretismo” de Peso Pesado e nem na hora de definir os quatro finalistas do programa deixaram os telespetadores aguardar pelo episódio final.

E assim termina mais uma Frente de Destaques!

Até para a semana!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close