Fora de Série

The Cleveland Show

Cleveland Show

As aventuras do amigo do patriarca de Family Guy, Peter, o desajeitado, anafado, acriançado e inconsequente afro-americano Cleveland Brown.

Este spin off de Family Guy,  de autoria uma vez mais do génio criativo Seth MacFarlane, relata-nos a história de Cleveland, um desastrado afro-americano típico, personagem secundária desta série, conseguiu alcançar sucesso cm os seus chavões e atitudes caricatas conferindo-lhe o lugar de proa numa série só sua, The Cleveland Show.

Tema de Abertura

http://youtu.be/DR5Uew3DOsE

Personagens:

Cleveland Orenthal Brown (Mike Henry)Um homem bondoso e simpático, embora um tanto ou quanto caricato e burlesco. Gordo, preguiçoso e abaixo da média em todos os campos, Cleveland é o exemplo da frustração.

Trabalha numa pequena empresa de tv por cabo, a Waterman Cable. Tem como amigos um urso, um bêbado e um desempregado quarentão que ainda vive com a mãe. Neste universo quixotesco, Cleveland leva sempre a sua avante, mesmo que nem sempre alcance o melhor.

Cresceu em Stoolbend, onde jogou basebol. Em 1984, mudou-se para Quahog, onde conheceu Peter Griffin e Quagmire, de quem ficou amigo. Era um leiloeiro dotado, mas depois de ser atingido por uma estaca na cabeça, ficou com o discurso permanentemente lentificado (o que é uma das suas imagens de marca).

Foi casado com Loretta, mas depois de esta o ter traido com Quagmire, regressa a Stoolbend, com o filho de ambos Cleveland Junior, onde reencontra Donna, sua ex colega de liceu, por quem sempre fora apaixonado.

Depois de numerosas tentativas, casa-se com ela, e juntamente com os filhos dela, formam uma nova família.

 

 

 

 

 

 

Donna Tubbs Brown (Sanaa Lathan)Mulher de Cleveland, trabalha como secretária do director da Escola de Stoolbend. Tem 2 filhos do seu primeiro casamento com o alcoólico e toxicodependente, Robert: Roberta e Rallo.

Apesar de se dizer muito apaixonada por Cleveland, o seu verdadeiro amor continua a ser Robert, o que ela não assume.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Roberta Tubbs (Reagan Gomez) – Filha de Donna e Robert, é uma adolescente segura, bem adaptada, independente e snob, que nada tem a ver com o ambiente humilde onde nasceu. É popular, tagarela e nariz empinado. Namora com um adolescente pouco respeitável, Federline, que Cleveland conseguiu submeter à sua vontade.

Inicialmente, nem ela nem o irmão Rallo gostaram da ida de Cleveland para a sua casa, contudo, parecem aceitar bem os desejos da mãe e todos convivem pacificamente, quase que como numa relação Pai-filha.

 

 

 

 

Rallo Tubbs – Irmão de Roberta, filho mais novo de Donna e Robert. Apesar da sua tenra idade, tem um discurso bastante elaborado e ideias muito além da sua idade biológica. Comporta-se exactamente como o pai, que tem como um ídolo.

Desenvolto e muito cioso e ciumento da mãe, é a mente criativa da família, o que recorrentemente lhe arranja problemas.

 

 

 

 

 

Cleveland Junior – Obeso, um pouco infantil e abaixo da média, Cleveland Jr, ou apenas Júnior, é um adolescente sensível e bondoso, apesar de não ser propriamente o mais inteligente. Influenciável e complexado, adora o pai e ainda está traumatizado com o divórcio deste com a mãe. É um tanto ou quanto infantil e não tem grandes amigos, sendo o único que se lhe aponta Ernie, o filho do saloio Lester.

 

Os amigos da família também têm um papel importante no desenrolar da acção, deles destaca-se Holt, o solteirão menino da mamã, inseguro e “de metro e meio”. O alcoólico e saloio Lester, casado com a hiper obesa Kendra, diabética e comedora compulsiva, e o casal de ursos Arianna e Tim.

 

 

Curiosidades

  • Dos três amigos de Peter Griffin, que poderiam ter o seu próprio spin-off, Cleveland foi o escolhido. Joe (o polícia paraplégico) foi considerado demasiado excêntrico e Q      uagimire demasiado ninfomaníaco para ter a sua própria história.
  • A série foi nomeada para Best New TV Comedy no 36º People’s Choice Awards, mas perdeu para a série Glee.
  • Já este ano foi nomeado para Melhor Programa de Animação, no 63º Emmy Awards
  • O tema do generic de abertura continha inicialmente a frase “my happy black guy face”, que foi substituída por “my happy mustache face”, por ter sido considerada demasiado racista.
  • Seth Macfarlane tinha pensado em criar uma família britânica para a série, mas os argumentistas acharam que o número de piadas britânicas não seria suficiente e substituíram-na pela personagem do Holt.

/* ]]> */