Fora de Série Rubricas

«Dallas»

Fora de Série2012

Fora de Série2012

 

 

Esta semana regressamos novamente aos anos 80 desta vez com a inesquecível série Dallas, quem não se lembra de J.R. Ewing? Dallas era sinónimo de dinheiro, vingança, sexo, paixão, sede de poder e intrigas familiares. Conquistou telespectadores em todo o mundo e passou a ser um clássico da TV, Dallas encerrou o “disco” nos anos 70, passou por uma geração inteira nos anos 80 ao retratar o glamour, o poder e a riqueza da alta sociedade americana até chegar as novas tecnologias e os telemóveis no início dos anos 90.

Dallas conta a história de duas famílias rivais, os Ewing e os Barnes, cuja disputa entre elas passou por três gerações. O patriarca dos Ewing é Jock (Jim Davis), um magnata do petróleo texano, que fez fortuna desde jovem. Do outro lado está Digger Barnes, alcoólico, que culpa Jock Ewing pelos fracassos da sua vida, “fez” a cabeça do filho Cliff (Ken Kercheval), para vingar-se dos Ewing, já que no passado Jock teria supostamente enganado Barnes e roubado o seu investimento em petróleo.

A série começa quando o filho mais novo de Jock, Bobby (Patrick Duffy) chega a casa com a surpresa de se ter casado com a filha de Barnes, Pamela (Victoria Principal que se torna alvo das intrigas e das suspeitas dos Ewing. A família vive na extensa propriedade Southfork cuja dona é a esposa de Jock, Ellie Ewing (Barbara Bel Geddes), mãe de Bobby, Gary, e J.R. (Larry Hagman).

Bobby sempre foi honesto e carinhoso com todos, e tenta apaziguar os ânimos quando as confusões começam. Apesar de ser indiferente ao ramo do petróleo, agora que está casado, assume um papel importante na companhia do pai, a Ewing.

Gary deixou o lar há muitos anos, deixou também a filha Lucy (Charlene Tilton) aos cuidados dos avós, Lucy de 17 anos é uma miúda impertinente e rebelde mas que na realidade sente falta dos pais e passa o tempo com “distrações” masculinas. Uma delas é Ray Krebbs (Steve Kanaly), o encarregado de Southfork, que no passado já namorou com Pamela.

E J.R. é o grande vilão da família, está sempre a arranjar um esquema para levar a melhor sobre tudo e sobre todos, é contra o casamento do irmão e tenta a todo custo separá-lo de Pamela. J.R. é casado com a bela e infeliz Sue Ellen (Linda Gray) sendo que o casamento nunca foi muito bom, Sue Ellen aguenta todas as humilhações e traições do marido e entrega-se frequentemente à bebida.

Na terceira temporada ocorre o fenómeno que deixou Dallas conhecido no mundo inteiro: o episódio “Quem atirou em J.R.” fez história na televisão.

Curiosidades

Foi exibida em 130 países, na maioria deles com o mesmo sucesso que nos EUA dobrada ou legendada em 70 idiomas.

O episódio no qual é revelado quem atirou em J.R. registou um dos maiores índices de audiência da história da televisão norte-americana e mundial, J.R. afinal levou dois tiros de Kristin, a cunhada com quem ele mantinha um caso.

Na época, foi criada uma série “Dinastia” com uma estrutura semelhante, intrigas e dramas de uma família milionária, os Carringtons.

Em 1981, o actor Jim Davis, que interpretava o chefe da família, Jock Ewing, morreu, a personagem teve que morrer de acidente na ficção.

Os únicos atores que participaram em todas as temporadas foram Larry Hagman e Ken Kercheval, respetivamente J.R. e Cliff.

A série foi exibida em Portugal pela RTP 1 entre 1979 e 1983.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=Ffo2Oqt8bIM]

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close