Falar Televisão

Uma questão de “timming”

José Fragoso não esperou muito tempo para alterar a grelha diária da TVI. Esta semana, as novidades ocorreram durante a tarde com a reposição da novela Ilha dos Amores às 14:00 e, desta forma, a exibição de A Tarde É Sua empurrada para mais tarde, sensivelmente para o faixa horária entre as 15:30 e as 18:00. Assim, a TVI fica pela primeira vez com uma grelha copiada a papel químico da concorrência: novela ao início da tarde e talk-show às 15:30.

Mas a questão que se impõem é se esta foi mesmo uma decisão acertada? À primeira vista, não foi má de todo. Desde há muito tempo que os talk-shows da tarde sofriam com as reposições da Globo e da Record na antena da SIC e RTP1, respectivamente. Já desde o tempo de As Tardes da Júlia que a TVI costumava perder sistematicamente para as novelas da concorrência e, apesar de logo depois Júlia Pinheiro, e até mesmo Fátima Lopes, acabarem por agarrar a liderança, o shares médios dos seus programas ficavam sempre manchados pela hora e meia de supremacia da ficção brasileira.

Neste contexto, a reposição de um produto de ficção nacional sempre foi um possível plano B equacionado para a estação de Queluz. Dessa forma, deixaria de penar os seus talk-shows a acabava por rentabilizar um produto antigo, a custo zero. Mas esta medida em particular, tomada esta semana, parece que não vai surtir grandes efeitos. E o problema, esse, tem mesmo que ver com o timming em que ela foi tomada: a meio de uma semana quente de Verão e na recta final da novela da concorrência.

Segundo os primeiros resultados, Ilha dos Amores parece não estar a dar-se muito bem nas tardes da TVI e no segundo dia de exibição o “efeito dominó” apregoado por algumas vozes mais catastróficas parece estar a acontecer: a novela não lidera; o A Tarde É Sua não consegue agarrar a liderança devido ao mau lead-in; e finalmente o Agora É Que Conta acaba por se afundar e prejudicar a própria performance de Morangos Com Açúcar. Resultado: ao resolver-se um problema destruiu-se a tarde toda…

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close