Falar Televisão

Um Emmy que é de todos nós

Infelizmente o sono traiu-me e não me deixou acompanhar em tempo real mais um feito inédito da ficção portuguesa. Acordei sobressaltado e ansioso por saber se Laços de Sangue tinha ganho ou não. O tempo estava contado taco-a-taco para vestir, comer e ir para a faculdade. Mas era indispensável saber esta notícia.

Eis se não quando ligo a televisão e aquilo que eu queria, mas que não esperava, aconteceu: a “novela da nossa gente” venceu o Emmy! Eram sete da manhã e toda a família acordou com o meu grito. Senti que este prémio, de certo modo, também foi meu. Foi de todos aqueles que vibraram e sentiram as vitórias, derrotas, as perdas, as conquistas de Laços de Sangue. Mas ainda teve mais significado para mim porque há alguns dias tive uma conversa muito agradável com Pedro através da qual percebi realmente o espírito que reinava no seio desta produção. É realmente uma grande vitória para a ficção portuguesa, para todos os atores nacionais, para aqueles que acreditaram neste projeto. Para Joana Santos, que foi durante algum tempo “a novela”, para o génio de todos aqueles que estiveram envolvidos em Laços de Sangue, para a SIC que deu um passo muito importante, para a TVI que, com a sua ficção, proporcionou uma concorrência ainda mais forte e uma capacidade ainda maior de a SIC fazer outras abordagens.

As expetativas eram fracas, poucas ou nenhumas pessoas acreditavam que isto fosse possível. Mas foi até mais do que isso: tornou-se real. E quando um sonho se torna real, é muito mais fácil não parar de sonhar. E a partir de agora, muito por culpa de todo este processo, há alguém que passará a ser olhado com outros olhos. Perdoem-me todos os outros, mas tenho que dar o meu parabéns especial ao argumentista de Laços de Sangue, um “contador de histórias” como ninguém e que promete não desiludir quem tantas esperanças nele deposita.

Os dados estão lançados. Agora resta que a SIC prossiga com o caminho e não dê um passo atrás. E agora é que “vão ser elas”. Ontem mesmo Rosa Fogo deixou muita gente de queixo caído e deu o primeiro sinal. Mas a TVI não se fica atrás. E tudo isto, poderá ser um indício de um fim ideal: para o ano, mais uma telenovela portuguesa vencer esta categoria!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close