Falar Televisão

Triste Sedução

Ao longo dos últimos meses, por inúmeras vezes falei aqui sobre Sedução. Elogiei o génio de Rui Vilhena, as brilhantes prestações de Maria João Bastos ou Fernanda Serrano. Defendi que a TVI assassinou a história e continuo a manter a mesma opinião.

Hoje, é com alguma tristeza que decido falar sobre o derradeiro episódio desta história. Vibrei intensamente com os últimos capítulos de Sedução e embora pense que a qualidade dos primeiros episódios não tenha sido mantida, é com alguma pena que também confesso que senti que aquele desfecho não foi um desfecho digno de uma telenovela escrita por Rui Vilhena.

Tudo pareceu ter sido feito “às três pancadas”. Houve emoção? Houve. As cenas entre Júlia e Alice arrepiaram-me e não foi pouco. Mas também se sentiu que tudo aquilo não passava de mais um episódio. Parecia que ia ter continuidade. Eu próprio imaginei que se tinham enganado ao colocar logo a palavra fim. Foi um desfecho demasiado aberto.

E os números não mentem. Perto de 800 mil telespetadores viram o desfecho de Sedução e, arrisco-me a dizer, muito poucos ficaram seduzidos. É triste que uma história da qualidade desta tenha sido assim tratada. Sim, é verdade que a ir para o ar às 23h25 de um sábado até foi um bom resultado, mas a TVI, não poderia, neste momento ter feito algo de bom à novela? Pois, agora que já acompanhei o episódio, até percebo. Estava tão pobrezinho que não podia ser emitido mais cedo. Custa-me dizer isto, mas, no meu entender, é a mais pura das verdades.

Ainda assim, continuo com a minha ideia. Sedução foi apenas e só uma das melhores tramas que já passaram pela televisão portuguesa.

  • Cat

    Discordo com a sua opinião acerca do final. Para mim foi um dos mais surpreendentes na história das telenovelas portuguesas. Deixou um final que ninguém esperava. E até isso seduziu sim as pessoas, pelo menos, fizeram-as falar dele. do final. Mas que podia ter durado mais um ano e que foi a melhor novela dos últimos tempos na televisão portuguesa, lá isso foi. Só sei assistir às tramas do Rui Vilhena. E que continuemos a poder assisti-las… na tv. Cumprimentos e continuação de bom trabalho. Catarina

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close