Falar Televisão

Teresa Guilherme ao poder!

O nome daquela que poderia ser apelidada de “Senhora Reality Show” veio novamente à baila nos últimos dias. Curiosamente, o seu nome surgiu devido à segunda edição de um reality show! Teresa Guilherme, o nome da tal senhora, é apontada como a favorita para, na rentrée, estar à frente de “Secret Story”.

Esta conversa já não é de agora e parece estar mais velha que a Rainha de Inglaterra! Com todo o respeito pela monarquia… Mas, depois de se apostar que Cristina Ferreira seria, quiçá, a provável substituta de Júlia Pinheiro, surge o nome de Teresa Guilherme. Propositadamente? Vontade da imprensa em querer fazer renascer, para o audiovisual, uma comunicadora nata que há muito que deixou o pequeno ecrã? Talvez… Mas a verdade é que esta suposição surgiu há um ano, mas quem veio a conduzir o reality show da TVI foi nada mais, nada menos, que Júlia Pinheiro!

Diz-se nos corredores e nas conversas de bastidores que Teresa Guilherme não apresentou o primeiro “Secret Story” por imposição de Júlia Pinheiro. A até então Directora de Conteúdos da estação de Queluz de Baixo não abriu espaço para que não fosse ela a escolhida… talvez quisesse levar no currículo um formato que se assemelha-se ao “Big Brother” (que, apesar das diferenças, o “Secret Story” é muito parecido), a juntar às “encenações” com famosos que apresentou noutros tempos! É provável que esta “teoria” seja (ou esteja próxima da) verdade, mas será que, no ano passado, as exigências de Teresa Guilherme não a teriam prejudicado?

Sinceramente, o nome de Teresa Guilherme é, quanto a mim, o mais indicado para estar à frente de “Secret Story”. Ela provou o quanto este tipo de formato lhe assenta como uma luva. Parte do sucesso do “Big Brother” se deveu a ela e à sua postura, mas “isso agora não interessa nada”! O que interessa é que a TVI tem aqui a oportunidade de ter à frente do reality show a pessoa certa, até para o bem do próprio formato, de modo a lhe dar uma alma nova, já que o mesmo tem pouco de novo para dar… Mas a questão agora é outra: estará Teresa Guilherme disposta a ser uma espécie de “substituta” de Júlia Pinheiro? É que a primeira edição já ninguém tira à aquisição de peso da SIC… Esta e outras questões só o tempo as esclarecerá e até à estreia de “Secret Story” já não falta muito. Talvez o tempo seja bom conselheiro e Teresa Guilherme agarre esta oportunidade para regressar ao espaço que não deveria ter deixado: o ecrã!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close