Falar Televisão

Teresa Guilherme ao poder!

Desvendou-se agora o que muito se especulava e o que tantos ansiavam saber: Teresa Guilherme é, oficialmente, a apresentadora da terceira de edição de «Secret Story – Casa dos Segredos». E o que eu digo? Previsível. Mas, mesmo previsível, ainda bem que assim será!

Depois de Júlia Pinheiro, que conduziu a primeira temporada do reality show, se ter mudado para a SIC, Teresa Guilherme assumiu o comando do formato aquando o seu regresso para a segunda temporada. Que Júlia Pinheiro, enquanto pertencente aos quadros da estação, fosse a apresentadora legítima para o «Secret Story», é perfeitamente aceitável, mas estando ela fora da TVI, só havia uma pessoa capaz de ser eficaz na condução deste reality show: Teresa Guilherme. A «mãe» deste tipo de formato («Big Brother») «renasceu das cinzas» para a apresentação quando surgiu o convite para apresentar a segunda edição da «Casa dos Segredos». Fizeram bem em trazê-la de volta? Não teriam sido competentes se não o fizessem. Haveria alguém na TVI capaz de segurar e conduzir este formato? Certamente que sim, mas daquela forma tão envolvente e polémica, não!

E por que é que Teresa Guilherme é a pessoa ideal para conduzir o «Secret Story – Casa dos Segredos»? Porque ela sabe tudo, acompanha passo a passo, estuda cada pormenor, dedica-se ao programa… Também, convenhamos, quando ela apresenta o programa, por mais que tenha outros assuntos pessoais por resolver, não tem mais nenhum programa no ar, não tem outro cargo na direção de uma estação de televisão. Em suma, ela tem espaço para se dedicar integralmente ao «Secret Story»; talvez, esse seja parte do segredo para Teresa Guilherme ser eficaz. E por mais que os concorrentes deste tipo de programa tenham uma cabeça «vazia», lhes falte personalidade, não passem de uns corpos bonitos que ficam bem na TV, Teresa Guilherme consegue esmiuçar cada pormenor para criar uma grande «história». Ela é capaz de criar um enredo, de seguir um guião, de gerar polémica com o mais simples pormenor.

Teresa Guilherme sabe fazer televisão, sabe o que «vende» em televisão. Mesmo antes do reality show estar no ar – e de já todos estarmos à espera que haja algum tipo de burburinho – ela já está a «agitar as massas» com as suas declarações polémicas, com os seus «jogos de bastidores». Consegue focar a imprensa em si, começa a chamar a atenção dos portugueses para o formato, vai gerando curiosidade. Se é excessiva? Sim, nós sabemos que sim. Se tem efeito? Muito! A imprensa sabe as cartas com que joga: dá voz a Teresa Guilherme porque lhes interessa vender e ela aproveita-se desse fator para fazer um «bom» trabalho. Ou seja, marketing gratuito!

Teresa gosta de vencer. O formato, por si só, já é um catalisador de público, garante audiências à estação (um português não resiste em observar e comentar a vida dos outros!), mas ela sabe o que faz para que o formato se torne imbatível. Por vezes é teatral, exagerada, com piadas forçadas e encenadas… mas resulta! Ela é excelente no que faz e ninguém o pode negar, goste-se ou não do género. Por isso é que a concorrência a teme, por isso é que investem pouco ou contornam um confronto. Se é impossível vencer a fórmula? Não, mas é preciso ter-se «cabeça».

Depois de se especular se Teresa seria ou não a apresentadora da terceira edição do reality show (e ela adora fazer-se de desentendida, dizer que não foi contactada, mas que é a pessoa certa para a sua condução), depois de serem avançados outros nomes (como foi o caso do apresentador Manuel Luís Goucha), desvendou-se finalmente o que já se desconfiava. A promoção com a apresentadora arrancou e já não há volta a dar: Teresa Guilherme volta a ser o rosto do «Secret Story». Alguém tem dúvidas que, a partir de setembro, a TVI vai «pegar fogo»? Eu não! Na rentrée Teresa vai assumir o poder… afinal, ela é a «rainha dos reality shows»!

  • Grande texto! Na minha opinião o melhor ”Falar Televisão” de sempre, sem desfazer os outros! É caso para dizer, Bem Vindo à Casa dos Segredos! Viva à Teresa!

  • PedroM

    Grande Rubrica.. A melhor do “Falar Televisão” a meu ver, e do Diogo Assunção… E claro a Teresa Guilherme vai vencer, tanto em qualidade como em audiências..

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close