Falar Televisão

Será a TDT um problema?

Com o entrar do novo ano, novas dificuldades e muitas preocupações chegaram à casa dos portugueses. No Falar Televisão de hoje, falo-vos sobre a propagação da Televisão Digital Terrestre em detrimento do sinal analógico.

Foram muitas as dúvidas que surgiram aquando do anúncio do final do sinal analógico em Portugal. Este processo serve, acima de tudo, para trazer melhor qualidade ao utilizador. Isto causou uma corrida à instalação da Televisão paga (TV por cabo), por muitas pessoas pensarem que esta seria a única saída para não perderem o sinal da sua televisão. Todavia, essa não é a única saída. Muitas pessoas não têm capacidade económica para suportar a despesa mensal da televisão paga.

Sabendo que esta é, para milhares de pessoas, uma companhia constante, foi criado um aparelho que trará até às nossas casas o sinal digital, o chamado TDT. Assim, terá de pagar uma só vez fugindo à obrigatoriedade de pagamento mensal.

No último mês do ano de 2011, vi alguns programas televisivos  lançaram a informação de que no primeiro dia do novo ano (2012) todo o país ficaria sem sinal analógico e, assim, sem acesso aos canais abertos. Sabe-se, contudo, que esta informação não corresponde totalmente à realidade. Ora vejamos… No dia 12 de Janeiro de 2012 será todo o litoral continental (Lisboa, Setúbal, parte do distrito de Santarém, Leiria, parte do distrito de Coimbra, Aveiro, Porto, metade do distrito de Viseu e parte do distrito de Faro, Beja e Évora) a ficar sem sinal analógico. No dia 22 de Março de 2012 será a vez dos arquipélagos da Madeira e dos Açores terem acionado o sinal digital. Por fim, no dia 26 de Abril, serão os restantes distritos, ou parte deles, a ficarem sem acesso ao analógico.

De relembrar que, no passado ano, já foi ativada a TDT nos concelhos da Nazaré e Alenquer.

Surge, contudo, a problemática da falta de recursos, isto é, muitas pessoas não tem possibilidades de adquirir o dispositivo , sendo que muitas delas, têm até mais do que um aparelho televisivo em casa. Assim, e para evitar que muitas pessoas fiquem sem acesso a um bem que hoje em dia é visto como essencial, é dada ajuda monetária para que os mais carenciados possam continuar a usufruir dos canais abertos da televisão portuguesa.

Não será esta uma nova forma de negócio por parte das grandes empresas? Muitas são as pessoas a pensarem que esta é mais uma forma de certas empresas fazerem lucro, a verdade é que esta foi uma medida implementada pela União Europeia. Esta pretende que todos os seus países membros utilizem a TDT como forma de divulgação do sinal televisivo até ao final do ano corrente.

Se ainda não tem, informe-se sobre a data de fecho do sinal analógico na sua área de residência e apresse-se em adquirir o dispositivo TDT para que não perca o acesso à oferta da televisão em Portugal.

  • Anónimo

    Concelhos de Santarém e Coimbra? É distritos que queres dizer…

  • Paulo

    Também me parece que deverá ser dito “distritos” em vez de “concelhos”. Por favor, é melhor a notícia ser corrigida.

    • Anónimo

      Corrigido, obrigado a ambos 🙂

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close