Falar Televisão

Roda-viva

Falar Televisão

Falar Televisão

A televisão portuguesa anda numa roda-viva desde há umas semanas para cá. É Dança Com as Estrelas, é Não Há Crise!, é Canta Se Conseguires, é Só Tu Para Me Fazeres Rir, é Pega Das Celebridades, é tudo. As estações de televisão andam numa azáfama para conseguir proporcionar a melhor programação de verão.

Por um lado é bom pois começaram a surgir «novos» – entre aspas porque nem sempre são novos mas sim um remake de outro programa ou com/sem famosos – produtos para deixar a programação respirar um pouco das novelas. Cada vez menos portugueses vão de férias devido à crise e é com esse público que a SIC e a TVI contam para obter bons resultados nas escolhas que fizeram. Por outro lado, receio que estejam a apostar em demasia numa altura do ano em que, como é possível observar pelas últimas semanas, o consumo é baixíssimo.

Supostamente, nos meses de julho e agosto os canais deviam de apostar pouco continuando com os programas que têm no ar poupando, assim, algum orçamento para o grande formato de entretenimento de domingo à noite que se estreia sempre na rentrée. No entanto, parece que esse «modelo» está a mudar. Agora, com a luta de audiências cada vez mais acesa em que ambas querem ganhar, até nos meses de baixo consumo apostam em grandes formatos para não perderem público – talvez algum que só vê televisão assiduamente nesta altura de férias – e conquistarem mais.

A luta de audiências vai continuar. As apostas em grande formatos também. Vão colocar as melhores caras, as mais famosas e mais versáteis à frente dos programas para conseguir vencer o adversário. Eles andam mesmo numa roda-viva. E isto não é nada!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close