Falar Televisão

Repetições

Estreia brevemente a segunda temporada do formato musical da estação de Carnaxide. Numa altura em que os portugueses preferem seguir programas mais “light”, este Chamar a Música poderá ser uma boa oferta para as noites de domingo. A substituir Peso Pesado, João Manzarra terá o pequeno obstáculo de estar a conduzir algo estreado há dois anos por outrem. Foi Herman José que iniciou a jornada de Chamar a Música, procurando demonstrar aos portugueses que também se podia brilhar nos palcos ao saber-se as letras das mais variadas canções. Assim, e com um coro composto por caras bem conhecidas dos portugueses, o atual profissional da RTP1 misturou famosos com anónimos, em emissões totalmente especiais.

Agora, a tarefa cabe a João Manzarra, numa altura em que a estação de Carnaxide enfrenta alguma estabilidade em horário nobre, derivada dos resultados dos diários de Peso Pesado, e das boas audiências dos episódios de Laços de Sangue. No entanto, é de destacar que, com a concorrência da estação de Queluz de Baixo, o futuro poderá ser traiçoeiro. Será que os portugueses irão cantar com Rita Pereira, em vez de darem a bola ao apresentador do terceiro canal? A verdade é que prevejo que ambos os programas da SIC e TVI possam iniciar-se com valores satisfatórios, contudo não alcançarão grandes feitos.

É ainda de salientar que tanto Chamar a Música como Canta Comigo baseiam-se em conteúdos televisivos mais que explorados. Depois de Ídolos e Uma Canção Para Ti no ano passado, as estações de televisão voltam a apostar nas cantorias do costume, e a procurar lançar um novo e grande nome no panorama musical português. Infelizmente, não é isso que se irá verificar, pelos mais diversos motivos. Se Chamar a Música terá uma componente mais direcionada para levar aos portugueses alguns momentos divertidos, Canta Comigo vai jogar com a componente de emoção e talento.

Assim, o que esperar de programas que, à partida, não irão surpreender? O melhor é mesmo não esperar…

  • Carlos Teixeira

    Porque que insistem em dizer que o A VOZ DE PORTUGAL estreia no verão???? O programa da RTP1 é para a reentré!!!!!!!!!

  • João Rodrigo

    “as estações de televisão voltam a apostar nas cantorias do costume, e a procurar lançar um novo e grande nome no panorama musical português.”
    O Chamar a Música vai ser com famosos, o programa da TVI é que é com anónimos.

  • Luís Borges

    É o que eu digo, 30 dias passados e este site começa a ficar pior.. A outra (Diana) só publica notícias da treta sobre séries internacionais que ninguém conhece. Este quando, raramente, faz alguma coisa manda gralhas destas. Deviam ver melhor a vossa equipa, afinal só vejo trabalho de Tiago Henriques e mais um ou outro…

  • Diogosantos_91

    Em relação ao lapso da “Voz de Portugal”, foi rectificado momentos depois do “Falar Televisão” ter sido publicado. 
    No que toca ao segundo comentário, essa frase trata-se de uma hipérbole. Por outras palavras, o objectivo de ambos os programas passará por tentar engraçar os portugueses com uma figura que tenha talento ou para decorar letras de músicas, ou para atingir agudos e graves que demonstrem o maior talento possível.
    Quanto ao terceiro comentário, a equipa d’A Televisão está dividida em diferentes secções. Assim, o indivíduo que você domina como “este”, tem estado mais dedicado às crónicas pelos mais diversos motivos.

    Com os melhores cumprimentos,

    Diogo Santos

  • Diogosantos_91

    Em relação ao lapso da “Voz de Portugal”, foi rectificado momentos depois do “Falar Televisão” ter sido publicado. 
    No que toca ao segundo comentário, essa frase trata-se de uma hipérbole. Por outras palavras, o objectivo de ambos os programas passará por tentar engraçar os portugueses com uma figura que tenha talento ou para decorar letras de músicas, ou para atingir agudos e graves que demonstrem o maior talento possível.
    Quanto ao terceiro comentário, a equipa d’A Televisão está dividida em diferentes secções. Assim, o indivíduo que você domina como “este”, tem estado mais dedicado às crónicas pelos mais diversos motivos.

    Com os melhores cumprimentos,

    Diogo Santos

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close