Falar Televisão

Quem somos afinal, Portugal?

Recentemente, num modesto convívio com pessoal amigo numa das esplanadas da zona onde habito, veio à tona falar de televisão. O plasma que maioritariamente tinha a função de entretém aos clientes do bar, transmitia, naquele exato momento, o programa «Somos Portugal» na TVI. As opiniões e críticas fizeram-se sentir e achei oportuno trazer o debate até aqui, expressando a minha opinião, por mais que chovam críticas sobre a presente crítica que aqui exponho.

O slogan da estação de Queluz de Baixo já é reconhecido pela quase totalidade dos portugueses: “Juntos criamos o futuro”. Um slogan forte que o canal procura atingir com a sua programação. Chegar perto dos espectadores é um lema que pretende alcançar, afirmando assim a sua marca no mercado televisivo. Surge então, desta forma, o programa «Somos Portugal» com o intuito de percorrer o país de norte a sul com os rostos que dão vida à estação. “Até aqui, tudo bem”, como se diz na gíria dos nossos tempos. Mas o funcionamento e a essência de programas deste tipo já cansa.

São grandes os pretextos para as emissões em direto, as temáticas divergem e os rostos intercalam-se. Seja o Carnaval, seja o Verão, o chocolate, o futebol, o açúcar… tudo é motivo para festejar e animar o público que acompanha o programa. A base de programação é a mesma, só muda o cenário, os rostos e claro, o tema. De resto, em todos os programas, as tardes inteiras são recheadas de músicas populares que já “enjoam” grande parte do público, essencialmente a faixa etária jovem.

Apesar de ser um programa de sucesso comparativamente aos resultados audiométricos da concorrência, as quatro horas apresentam-se como conteúdo indigente, protagonizados por um trio de apresentadores variável. Porém, quando em “conversas de café” chega aos ouvidos o nome do programa que ocupa as tardes de Domingo, não são só as “pimbalhadas” que se fazem ouvir de forma negativa. Nuno Eiró também é alvo de crítica: as suas brincadeiras são para muitos “algo sem graça” e por vezes as suas intervenções são consideradas “indecentes”. O que é certo é que entretém, mas se analisarmos em concreto as opiniões a que o apresentador é alvo podemos considerar algumas nitidamente excessivas em que “mais valia estar calado”.

A cultura e o entretenimento são aspetos que a televisão deve ter em conta. Defendo a sua existência e a sua importância na programação generalista, mas não seria rentável ir ao encontro dos portugueses de outra forma? Questiono-me acerca do título do programa que me faz interrogar em que país estou. Será que Portugal é isto mesmo? Um espelho da música pimba e dos programas inerentes à divulgação do que é realmente a nossa cultura ? Quem somos afinal, Portugal?

  • Ana

    Acho que foi uma boa ideia, quando começaram, já lá vai um ano! Agora já se torna cansativo. Eu pelo menos deixei de ver a TVI nos domingos/feriados à tarde.
    Agora ou vejo os filmes que passam na SIC, ou entretenho-me com a séries da FOX!

    • Miguel Graça

      Ao menos a FOX, embora muito repetitiva na programação semanal, tem história e interesse! Embora seja só puro entretenimento!

      Ah… algo que gosto devido á critica que se faz á sociedade…
      Family Guy! Congratilations! You’re the BEST!

  • Miguel Graça

    Infelizmente a sociedade está presa ao sensacionalismo! E a TVI mostra bem essa radiografia! Desde á 10 anos para cá o número de traições, mortes, esquemas, ciumes e outros “podres” da sociedade que são dramatizados nas novelas têm relevado o que os portugueses querem ver…algo chocante!
    Hoje mandam todo o tipo de trampa para a televisão e, tal como os porcos, comemos de tudo sem distinguir o que é útil, de valor e benéfico com aquilo que “normaliza” o que não presta!

    Obrigado Sandro por mostrares a queda abismal de valores na nossa comunicação social!

  • White Angel

    LOOOOOOOOOOOOOOOOL Se Portugal não fosse este Portugal, o programa não tinha o sucesso que tinha e a aderência que tem em todos os locais onde vai (diga-se de passagem que o sitio onde eles estão enche sempre) para não falar das audiências e ressalvo ainda na GfK… talvez possamos admitir que não somos assim… mas parece que as pessoas então concordam que sejamos assim.. fica a reflexão… Para mim a única critica que faço ao programa é mesmo a escolha da música porque de resto as reportagens e ainda (quando a festa o justifica) a transmissão das procissões são algo muito positivo no programa! Portanto….

  • Alguém

    Em relação ao Nuno Eiró, concordo…
    De resto, se não gostam do programa, mudem de canal… Crl, n venham para aqui fazer escandalos!

    • Joana A

      ele apenas fez uma crítica ao programa. Não se trata de gostar ou não!

    • Tiago

      Oi? Escandalo? Onde? Agora uma opinião é um escanda-lo? Comentario infeliz!

  • Joana

    Excelente Falar TV! Finalmente aguém diz o que já penso a bastante tempo….

  • Alguém

    Esqueçam, o que disse (sou retardado)

  • Alguém

    Esqueçam, o que disse (sou retarnmdado)

  • Diana

    As pimbalhadas (termo adequado) são realmente motivo de enfartamento da TVI….
    Concordo com a tua interrogação final… É triste ter um programa chamado “somos portugal” que só apresenta conversas sem conteúdo e palhaçadas -.-
    Deveria haver outro tipo de divulgação da nossa música. Dos nossos valores, dos nossos costumes…
    Quanto ao eiró.. não há comentários mesmo..

    Amei este falar tv! vou divulgar 🙂

  • mary

    Pessoalmente raramente vejo televisão à tarde. Em todo o caso parece que Portugal é isto que se descreve e muito mais também. De lembrar que as televisões vivem e trabalham de acordo com os gostos dos espetadores, ou seja, as musicas e os artistas escolhidos são acarinhados pelo publico, os mais novos não gostam, não assistem, têm outras coisas melhores para fazer…. O que parece importante de realçar é que esta é uma boa forma para mostrar aos Portugueses o que há em Portugal, pois nem todos têm possibilidades de passear pelo país a conhecer sitios e gastronomia Portuguesa…como é o meu caso, que nem me considero velha. Que já é demais para a programação?! Não sei… os públicos existem…

  • sergio

    Vale mais este tipo de produto mesmo com música que muitos consideram pimba do que os filmes estrangeiros da SIC. Quem está em casa ao domingo à tarde é a população de uma faixa etária mais elevada e que prefere este tipo de programas do que os filmes. A malta jovem decerto anda pelas esplanadas, praias e centros comerciais…portanto a aposta é mais que acertada. Devem continuar. Também não sei quem tem paciência para ver uma seca de filmes durante uma tarde inteira. Para além disso é preferível ver programas em direto, e em português, do que ficção estrangeira ao domingo. Façam um favor…deixem de ser preconceituosos e valorizem as nossas coisas! Parece-me que há por aqui muita inveja do sucesso dos outros!!! E tudo o que for para rebaixar a TVI, este site dá uma achega!!! Que tristeza!!!

    • João

      mas vocês estão parvos ou que? … Aserio não entendo… eu sou fã da TVI mas não é por que chego ao ponto de elogiar apenas o trabalho da estação.
      Caramba… vocês não são fanáticos. vocês são doentes pela TVI. E que tal olharem para as coisas como elas são e aceitarem críticas diferentes aos programas que veêm? Agora toda a gente tem que gostar da mesma coisa? A TVI é perfeita? A SIC é perfeita? A RTP é perfeita? -.-‘

  • Paulo

    Mas o povo gosta…e isso é que interessa. Quem não goste que veja os filmezinhos da treta. Afinal não passam de ficção. Lembram-se??? Não são só as novelas que são fição!!! E é bem melhor ver programas portugueses do que filmes estrangeiros. Afinal sempre aprendem alguma coisa sobre Portugal pois há muitas pessoas que nem sequer sabem onde ficam a maior parte das localidades. A que distrito pertencem, que são sede de concelho, de freguesia, etc…pelo menos é mais instrutivo do que fição. Não sejam ignorantes pois quem vai às festas populares das aldeias no verão, é esse o tipo de música que lá toca. A malta mais nova é que pode não gostar mas esses também não estão a maior parte das vezes em casa ao fim de semana. Portanto, se não gostam do que é português…não têm outro remédio. Emigrem….

  • marli santos

    responsaveis pela programaçao da TVI chega de tanta publicidade pelo amor de Deus!!!!
    vamos fazer uma programaçao pro publico e nao so visando lucro e esquecendo o alvo.15 minutos de publicidade e um absurdo e uma falta de respeito com os telespectadores.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close