Falar Televisão

Presunção e água benta

Falar_Televisao 2012

Teresa Guilherme, o nome que está longe de ser consensual. A «Rainha dos reality shows» para uns, uma apresentadora prepotente para outros.

Nas redes sociais ou nas revistas, os fãs ou os invejosos criticam a apresentadora. Longe dos ecos que parecem desapreciar as atitudes de Teresa, a mesma parece não passar cartão nenhum ao que os outros acham dela.

Admiro-lhe  a destreza e mestria com que constrói os seus trocadilhos e a forma como se prepara para as suas intervenções. A verdade é que trocar as peripécias dos aspirantes a cinco minutos de fama por miúdos terá certamente o que se lhe diga.

Mas não são dos meus elogios ou criticas que o ego já de si bem grande que Teresa Guilherme se alimenta. No último domingo a apresentadora voltou a protagonizar mais um episódio onde mostrou a sua tirania. O estatuto que Teresa dispõe e o pedestal que ocupa foram os portugueses e a sua predisposição para o egocentrismo da apresentadora que despoletaram os variados cenários em que se pode assistir ao rei na barriga da «Teresinha».

Sem querer ser advogado do diabo, a Teresa sabe o que faz e como faz, e sabe muito bem que estratégias se usam para vitimizar ou endeusar um ou outro concorrente.

A verdade é que falem bem ou falem mal. Apenas falem… ela gosta.

  • Anon

    Eu adoroooo a Teresa Guilherme….

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close