Falar Televisão

Pelas Ruas da Madrugada

Parecem longínquos os tempos em que TVI e SIC ocupavam as suas madrugadas com os concursos telefónicos de onde saíram algumas caras bonitas que mantinham os telespetadores acordados e vidrados nos decotes tão generosos quantos os prémios oferecidos. Dos programas de call-tv saíram Iva Lamarão – tão mal aproveitada pela SIC (talvez um assunto para um Falar TV mais adiante) – e Liliana Aguiar que ainda que não tenha carreira televisiva enche as revistas do coração.

Mas nem é do talento ou da falta dele, que preenchia a televisão (não só de madrugada), que pretendo chamar a atenção. Independentemente do maior ou menor talento para a apresentação, sinto falta, e não serei o único de um programa que me faça companhia nas noites em que a almofada não é a nossa melhor amiga. Qualquer produto que não passe pelas televendas é a meu ver mais aliciante e prende mais a atenção que as imagem dobradas e repetidas vezes e vezes sem conta que podem ser vistas pelos mais distraídos nos três canais quase que hipnotizando aqueles que por falta de alternativa mais nada podem ver. É que em altura de crise mostrar tanta coisa inútil para comprar é pior que bater no ceguinho.

Que as madrugadas serão por ventura o pior período televisivo e onde os anunciantes nem chegam perto, por outro lado, uma televisão também se faz da forma como trata os seus seguidores e que ação de charme seria premiar o notívagos com um programa leve que não puxe pelo inteleto mas faça companhia aos que a altas horas escolheram a televisão para lhes fazer companhia. Quantas vezes dei por mim, recém-chegado a casa das mais diversas atividades lúdicas a precisar de ser embalado pelo televisor e não pude desfrutar de um espaço que não se assemelhe a um mega centro comercial americano. Aos que partilham da minha angustia melhores dias, ou noites virão. Aos que fazem televisão, e decidem tais coisas, lembrem-se que um dia tem 24 horas e à noite  também há quem viva.

  • xfactorUK

    Concordo Plenamente, qual coisa e muito melhor que publicidades sempre seguidas, sempre a mesma coisa… queremos algo mais de interessante

  • Filipe Dias

    Totalmente verdade este Post. Acho ridículo terem terminado com os Call-TV’s das madrugadas, sempre eram programas bastante úteis para os portugueses porque atribuiam prémios muito simpáticos a muitos portugueses, todas as noites. As madrugadas agora são o degredo total! Tenho muitas saudades do Sempre a Somar ;(

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close