Falar Televisão

O Remédio Santo para a Crise


Os últimos tempos têm sido de muitas oscilações no “campeonato” das audiências. Se, há dias em que Remédio Santo vence os diários de Peso Pesado, também há dias em que é Anjo Meu a vencer Laços de Sangue. Como tenho dito entre amigos, neste momento, eu não queria ser planeador de meios! As audiências estão demasiado instáveis e prontas para destabilizar quem faz delas profissão.

Mas, adiante. Cheira-me que, a avaliar por aquilo que se tem escrito na imprensa, a partir de Agosto o panorama será bastante diferente. E porquê, pergunta você. Simples: Peso Pesado – Diários via terminar e quem o vai substituir? O substituto e cada vez mais “enlatado” Não Há Crise.

Palavras para quê? A crise está mesmo a chegar a Carnaxide e a melhor opção é mesmo que esta notícia não seja verdadeira. Caso contrário, O Remédio Santo da TVI, que vê a sua liderança cada vez mais ameaçada, será mesmo a Crise que passará a existir na SIC. E isso, será como que a “cereja em cima do bolo” para José Fragoso, que, de imediato, terá ótimos resultados.

De qualquer das formas, a tarefa de substituir os diários do reality-show não se avizinha nada fácil. A Família Mata seria, à partida, a melhor solução, até porque, quer Malucos do Riso, quer Maré Alta, quer outros formatos que estão mais do que gastos e prontos para se tornar no Remédio Santo da estação de Queluz de Baixo. Ainda assim, com a série de humor protagonizada por André Nunes e Maya Booth não seria tão fácil de “matar” como Não Há Crise.

  • Vítor Carvalho

    Concordo em absoluto!! 😀

  • Bernas_27

    Concordo. Na minha opinião as transmissoes diárias do Peso Pesado têm sido a melhor aposta pra preencher o espaço imediatamente a seguir ao Jornal da Noite. Pôr outra vez programas humorísticos como Malucos do Riso, Maré Alta ou mesmo Não há Crise nao me parece de todo uma boa opção. Ou se inventa um formato novo e arrojado, ou então que coloquem séries portuguesas que tenham tido sucesso 😉

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close