Falar Televisão

O que “elas e ele diziam”, nós já não ouvíamos…

Há coisa de um mês falava-vos de um género de rubrica dos talk-shows em Portugal, dando como exemplo o Dizem Elas e Ele do programa conduzido por Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira. E eis que, um mês depois, cá estou de novo a falar das três personagens (refiram-se Lili Caneças, Cinha Jardim e Flávio Furtado).

A rubrica das manhãs da TVI foi alvo de críticas por parte do público e dos “famosos” comentados, ainda assim, isso pouco importou aos produtores e apresentadores do programa, até porque se há crítica é porque há audiência. Agora, quando falamos em cortes de despesa e de gastos desnecessários, há que “abrir os olhos” e perceber que a inutilidade daquelas três pessoas é tão maior quanto o Diário da Tarde do reality-show do mesmo canal. A única diferença reside em 30 minutos de duração, sendo que a rubrica do social leva a melhor parte.

Sejamos francos, no ínicio a coisa até tinha a sua piada. Uns bitaites para aqui, uns bitaites para ali, uma comentariozito menos agradável e tal… Mas e hoje? A rubrica consiste em: “no fim de semana fui à festa X com o vestido da marca Y, penteada pelo cabeleiro Z” ; “A pessoa Y anda a vestir-se mal, aquilo não se usa.”; Reis, princesas, ladrões são todos alvo da mesma apreciação: “Vestiu-se mal, vestiu-se bem. Está magra, está gorda. Ficam bem juntos, ficam mal juntos. Tiveram um bebé, separaram-se, casaram-se, fugiram juntos…”

Um programa bem disposto e descontraído como o Você na TV! não precisa deste espetáculo degradante para atrair audiências, não precisa de gentes cagonas para ter piada e para que a gargalhada se solte. A dupla mais divertida das manhãs consegue, por si, levar alegria e diversão a mais de 300 mil espetadores  e, portanto, o pagamento de valores assombrosos (por certo) a três “abéculas” para um trabalho miserável que é feito em cerca de 35 minutos semanais, não compensa.

Estou certo de que o fim desta rubrica, do programa da TVI, não será motivo de preocupação no que a audiências diz respeito, até pelo contrário… Uma equipa como aquela que trabalha neste talk-show terá criatividade e imaginação suficiente para “magicar” novas rubricas, mais divertidas, descontraídas, interessantes (é inevitável…) e com menos dinheiro!

O que elas e ele diziam, nós já não ouvíamos…

  • vitor ramos

    Os reality-shows da Sic e da Tvi são um nojo e só perde mesmo tempo com aquilo quem não tem alternativa ou mesmo só para “avacalhar”…Quanto ao “dizem Elas e ele” até achava divertido e porque não? Quanto ás abéculas que escreveram o texto acima..enfim até podem ter alguma razão mas basicamente mostraram ser uns perfeitos idiotas…Descobri este site ao acaso e sinceramente parece-me uma perfeita nulidade! Só espero que os tenham no sitio para aguentar esta critica sem apagar,se a eliminarem o problema é vosso! Vitor Ramos – Lisboa!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close