Falar Televisão

O nome diz tudo

Falar_Televisao 2012

Hoje, dia 21 de novembro, comemora-se o Dia Mundial da Televisão e, como tal, era inevitável dedicar uma crónica especial à “caixinha mágica”, que tanto mudou as nossas vidas.

Se repararmos bem, a televisão veio alterar tudo, abriu portas e janelas, quebrou pedras e fronteiras e ultrapassou obstáculos, transformando-se assim num grande e poderoso meio de comunicação de massas.

Apesar de ser cada vez mais substituída por outros meios (como o computador), ou então mesmo colocada de parte por decisão de algumas pessoas, a verdade é que a televisão não deixa de ser uma ferramenta incrivelmente poderosa. Mas lá está, tanto pode ser muitíssimo útil, como totalmente prejudicial. E como será de esperar, tudo isso depende do uso que dela fizermos.

E quanto aos conteúdos que assistimos? Hoje em dia, a qualidade dos programas que passam no ecrã parece estar dependente de um “bicho papão” designado “guerra das audiências”. E é por esta mesma razão que é importante pararmos um pouco para refletir sobre aquilo que realmente devemos assistir e o tempo que “queimamos” junto ao ecrã. É neste momento que nos tornamos espectadores com poder de crítica e com poder de decidir aquilo que queremos ver.

E que partido é que podemos tirar afinal da televisão? Sobretudo, há que ter em conta que esta, além de proporcionar rápido acesso a qualquer informação, também entretém, diverte as pessoas, faz companhia, educa, entre muitos outros aspectos. Mas a televisão já não é só isto, a televisão é agora um “mundo”, onde o público também já tem poder de decisão, já pode interagir e escolher conteúdos, sem ter que ser um mero espectador a “alimentar-se” daquilo que lhe é fornecido.

Agora, uma coisa é certa: é lógico que a televisão já não é o que era. Já não existe apenas o universo dos quatro canais. Isto significa assim que o “vírus” da televisão por cabo/internet muda os hábitos das pessoas. E é isso. A televisão, o nome diz tudo.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close