Falar Televisão

O Natal em televisão é enjoativo…

Falar_Televisao 2012

Falar_Televisao 2012

Todos os anos é igual. Com a chegada da época mais popular do Mundo as estação de televisão começam a trabalhar para apresentar, na sua opinião, a melhor grelha de Natal para que o telespectador passe a quadra na sua companhia. Assim sendo, este ano não foi exceção.

Quando entramos em dezembro, podemos ver a RTP1, SIC e TVI cheias de espírito natalício. Entra o grafismo, as promoções, os cenários dos programas decorados a preceito e muitas mensagens de Natal. Os talk shows enchem-se de convidados a promover os seus livros, CD’s, DVD’s, artesanato, tudo! O telespectador «leva» com uma dose de Natal que depois fica sem estômago para o resto. Entram as campanhas de solidariedade, tanto na estação pública como nas duas privadas, os «760», como já seria de esperar, são o prato do dia, os especiais de Natal das 10h00 às 20h00 com muita música (pimba? vá, popular…), muitas conversas e convidados. Desta forma, infelizmente (ou felizmente), se enche a grelha de dezembro poupando em novos formatos. Na verdade, é como se fosse uma reciclagem, meia disfarçada, dos habituais programas que as estações de televisão apresentam.

Já na informação, depende de canal para canal. Assim que se aproxima a data festiva começam a dedicar 20 a 30 minutos finais de cada bloco informativo às novidades da época. Feiras artesanais, festas, tradições, costumes, entre outros assuntos regionais. Não é nada que o telespetador não esteja habituado.

Com a chegada da data festiva, chegam os filmes para a celebrar. Neste caso, a estação (ainda) pública toma outras opções e foge um pouco à regra dita «normal». A RTP1 aposta, na maioria, nos programas que eu chamo «reciclados» ao estilo natalício. Este ano apostou, apenas, em dois filmes para o horário nobre da estação. Por outro lado, as privadas apostaram, uma vez mais, em produções cinematográficas. A SIC é perita em criar espaços para os seus programas, é uma forma de chamar mais público (e funciona!). Este ano criou o «Natal Encantado» que foi emitido durante todo o dia 24 com filmes de animação dedicados à pequenada, que nesta época estão de férias da escola e reinam nas suas casas. O dia 25 foi, igualmente, dedicado aos filmes de animação. Já a estação de Queluz de Baixo teve um Natal «furado» pois as suas apostas foram completamente ao lado. Filmes de animação misturados com filmes de ação, de comédia, uma confusão. As produções cinematográficas das SIC acertaram em cheio. Assim, posso afirmar que o Natal foi em Carnaxide!

Resta ao telespetador esperar para mais uma «fornada» de produções cinematográficas para o último e primeiro dia do ano juntamente com os programas especiais dedicados à passagem de um ano para o outro. Para o ano, voltamos a falar para fazermos novamente um balanço das grelhas, mas desta vez do Ano Novo.

O «Falar Televisão» encerra a última semana de 2012 e regressa para o ano. Bom 2013 a todos os leitores d’ A Televisão!

  • Pedro

    Bom Ano! Excelente crítica! Só a RTP1 é que escapou a «fornada» de filmes, a SIC foi líder e a TVI não acertou, mesmo fazendo um especial Casa dos Segredos (Natal).

  • e a passagem de ano/dia 1 vai ser igual na sic…

  • Pingback: | A Televisão()

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close