Falar Televisão

O mundo ficou curto e ao contrário

Falar Televisão

Falar Televisão

A crise, e não só, é a desculpa mais ouvida para o alargamento dos episódios das novelas portuguesas. Compreende-se. É mais barato produzir duas novelas por ano do que três ou quatro. Pois bem, é mais barato mas, em muitos dos casos, afeta a qualidade e a criatividade da novela.

Ao que parece, a TVI percebeu isso e encurtou dois meses de gravações de Mundo ao Contrário. A estação revelou ainda que, no futuro, o seu interesse é criar «histórias mais curtas», sem o tradicional «enche chouriços». A meu ver, é uma ótima decisão. No total, a novela escrita por João Matos terá 125 episódios. É pouco, na verdade. No entanto, mais vale uma novela curta cheia de ritmo e ação do que uma produção com quase 300 episódios recheada de «enche chouriços». Resta saber se, consoante o sucesso, a TVI resiste à tentação de alargar a novela para fazer render o máximo de tempo possível. É  preferível uma novela curta e com sucesso do princípio ao fim do que uma novela longa em que o seu final é determinado pelos resultados obtidos.

O ideal seria estabelecer um modelo – talvez entre os 150 e 170 episódios, digo eu – de forma a preparar os autores para as suas produções. Na verdade, são eles que dedicam toda a sua criatividade e imaginação para criar todas as situações que chegam a casa do espectador.

Peguemos num exemplo significativo: a TV Globo ultimamente tem gravado novelas curtas, ultrapassando, apenas, em algumas situações, os 200 episódios. Avenida Brasil, a novela de grande sucesso da estação brasileira – considerada a melhor do século – não chegou sequer aos 200 episódios. É esta gestão e maturidade que nós temos que adoptar para conseguir fazer um produto com qualidade e trazer para Portugal mais prémios internacionais.

  • Paulo Santos

    Correcção do texto. As novelas da Globo, na faixa das nove, nunca passam o 180 episódios. Por exemplo, Avenida Brasil teve exatamente 179 epiódios. Salve Jorge igualmente. Nas outras faixas, não chegam aos 150.

  • Pedro R.

    Eu não vejo novelas mas a TVI deveria, primeiro, esperar que esta fornada de excelentes novelas da Globo terminasse, porque com o fim de AB não haverá substitutas à altura, parece-me. Depois, acho que o público ficou um bocadinho farto das histórias de amor, entre ricos e pobres, sem qualquer densidade óssea, pedagógica, emocional ou dramática.
    A SIC lá tem a sua SP Filmes que sabe fazer ficção muito bem e a parceria com a Globo. Agora, é rezar para a Ambição ter um fraco arranque e apontar uma faca ao ToZé Martinho para voltar a escrever histórias como deve ser. Assim, não é preciso encurtar novelas, até porque Portugal, como sendo um mercado pequeno, tem de garantir um bom número de episódios, por produto, para rentabilizar custos de produção.

    • candy

      A fornada da globo está a ser vencida pela novela ”Destinos Cruzados” da TVI.

    • candy

      E uma coisa que eu me esqueci de comentar foi que na minha opinião deve ir para o ar a adaptação da Casa da Criação e a seguir vir mais uma produção do António Barreira já que neste momento é o melhor autor que a TVI tem já que teve uma nomeação para emmy e uma novela vencedora de emmy! em relação ao Tozé Martinho peço desculpa às pessoas que gostam dele mas eu não sou grande fã já que as novelas não foram grande coisa a única que eu achei assim com qualidade foi ”A Outra”.

      • lolipop

        Candy, e a Sandra Santos(Espírito Indomável,Doce Tentação,Feitiço de Amor) Maria João Mira(Ilha dos Amores,Anjo Meu,Fala-me de amor) e o Tozé não é assim tão mau! A TVI tem de os usar eles estão exclusivos da casa como tal devem de ser usados se não mais vale a TVI terminar os contratos pk para lhe estar a pagar e não lhes encomendar produtos mais vale estar quieta com os contratos……

        • lolipop

          E são autores que tem produzido grandes sucessos e existem produtos que não funcionam tão bem….depende Rui Villhena também já escreveu novelões como Ninguém Como Tu ou Tempo De Viver ou a série Equador e novelas como Olhos nos Olhos e Sedução que foram dois fracassos apesar de terem elencos de luxo e de terem excelentes histórias,Doce Tentação não resultou pk a TVI colocou Louco Amor no seu horário com a Casa dos Segredos LA saltou para um horário tardio tal como Doce Tentação e depois flop…….

        • candy

          Desculpa só responder agora mas eu não tenho conta então não sei quando me respondem XD but… A Sandra santos teve boas novelas mas a Maria João Mira eu não gosto da escrita dela Anjo Meu acho que teve umas audiências medianas e Doida por Ti eu não gosto da historia…Acho que é das menos boas escritoras é a Maria Joao Mira

  • lolipop

    Concordo com tudo , Por exemplo Remédio Santo teve 390 e tal episódios quase 400 é um exagero……

    • candy

      Pois realmente acho que foram muitos episódios quanto mais pequena é a telenovela mais acção ou drama depende do tema pode haver em cada episodio mas mesmo assim ”Remedio Santo” foi muito bem sucedido

      • lolipop

        Concordo,Candy olha que eu gosto muito da TVI mas sejamos realistas não achas que 400 episódios é muito? A novela esteve mais de um ano no ar……

        • candy

          Concordo Plenamente 🙂

  • sfd

    Porra, no falar televisao so sabem falar de sic e tvi…que fazem tudo menos televisão de jeito.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close