Falar Televisão

O fenómeno Maya

Decorreu durante a tarde de ontem a primeira sessão de autógrafos do livro Cartas da Maya – O Dilema. A Televisão esteve lá e, mais uma vez, percebi o sucesso que o programa da sic com o mesmo nome tem. Não são só as audiências que mostrarm a aceptividade de Cartas da Maya – O Dilema tem junto do público português. Quem esteve presente no auditório da Fnac do Centro Comercial Colombo percebe bem do que falo.

É certo que eram quase todas pessoas de mais idade, mas até isso é curioso. Maya conseguiu levar aquelas que são, de facto, as suas telespectadoras, até um centro comercial, até uma loja frequentada maioritariamente pelos mais jovens.

Por muito cético que possa ser, só quem não percebe nada disto questiona o sucesso do programa das manhãs da SIC. Ver as pessoas dirigirem-se a ela com toda a alegria de falar com uma familiar acaba por tocar. Ver a simpatia de muitas senhoras ao oferecerem presentes, a pedirem um simples beijinho.

É isto que se pede a quem faz day-time, mas sobretudo a quem faz televisão. Que chegue ao coração do telespectador. E, por muito que exista quem não goste de Cartas da Maya – O Dilema, posso garantir que vale a pena ver a forma como não tem deixado de ser um sucesso.

E a prova está na curta paragem que terá no verão. A SIC conta com Maya. Disso não há dúvidas. E os portugueses querem continuar a vê-la. Todos os dias.

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close