Falar Televisão

Minutos ganhos

Estreou a inícios de Janeiro o programa adaptado de «Minute to Win It», formato americano de grande sucesso internacional. Desafiado a completar dez jogos apresentados cada um dentro do tempo limite de um minuto, o concorrente que se queira render ao desafio, tem a hipótese de recomeçar as provas até esgotar as três vidas que lhe são dadas no início do jogo.

A mecânica do jogo é simples, a ideia interessante e o programa acaba por se tornar apelativo aos olhos do espectador. A música ritmada que presenteia o concorrente após concluir as provas, o cenário atrativo, funcional e esteticamente bem apresentado rendem maioritariamente as pessoas ao ecrã. Os jogos foram criados a partir de objetos que se usam no dia-a-dia e que exigem firmeza, destreza e velocidade. Só aqui se vê a simplicidade dos desafios mas que testam e convocam o nervosismo não só do concorrente como do público que assiste e torce na plateia.

O papel do apresentador neste tipo de formato é um fator de extrema importância. E Marco Horácio apesar do receio e da crítica que inicialmente se fazia face ao seu desempenhado num concurso desta natureza supreendeu e destacou-se pela positiva. O humorista que já conduzira anteriormente um concurso ao lado de Diana Chaves no «Salve-se quem puder», imprimiu um ritmo e uma energia própria que se pretendia e assim se exigia.

Após o sucesso da 1ª temporada de «Ganha Num Minuto», a SIC apostou na re-estreia do programa no mês de Agosto. Aposta ganha? Sim, sem sombra de dúvidas. Um programa de puro entretenimento, divertido e acima de tudo pouco dispendioso face à necessidade que a estação generalista tem na redução das suas despesas. A estreia da 2ª temporada pisou terreno nos resultados audiométricos como o terceiro programa mais visto do dia. Uma emissão especial, refrescante, com sabor a verão e que nos levou à descoberta do lado mais descontraído das dez personalidades públicas que deram as honras do estúdio a mais de um milhão de espectadores.

Uma semana depois, apesar de ter descido de posição (quarto lugar no top 5), continuou a obter bons resultados e comprovou que os Domingos do canal de Carnaxide, apesar de não serem Domingos ganhos face à programação da concorrência, são uma boa aposta ao nível do entretenimento.

  • Pedro Ponte

    «Após o sucesso da 1ª temporada» LOL?
    Só ganhou 2 episódios e depois foi esmagado pela «A tua Cara não me é Estranha»!

  • Get a real life, please!!

    O programa é uma verdadeira porcaria… e o apresentador, então! JESUS

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close