Falar Televisão Rubricas

Já fomos muito felizes

Falar_Televisao 2012

Falar_Televisao 2012

Se há coisa que tenho mesmo saudades de ver em programas de televisão é um bom público. Um público eufórico, completamente «tresloucado», a bater palmas como se não houvesse amanhã. Pessoas felizes, que estão ali sentadas (ou de pé) a apreciar o momento televisivo. Gente que não tem vergonha de gritar ou de cometer as «loucuras» mais impensáveis em direto. Em tempos, isto aconteceu e o mundo parecia mais cor-de-rosa…

Hoje, enquanto assisto a um Feitos ao Bife, a um Querida Júlia ou a um Big Brother VIP, não sinto aquela energia, aquela emoção que existia. É certo e sabido: os tempos mudaram, as pessoas também mudaram e a realidade que vivemos agora é bem diferente. No entanto, gradualmente, parece que vamos perdendo as coisas boas. A genuidade, a autenticidade, o carisma. Aqueles detalhes que ninguém pensa, mas que fazem toda a diferença.

Ao fazer uma «viagem» pelo Youtube, encontrei diversas situações que permitem reviver esta saudade. Já não há jovens histéricas a gritarem pelos Anjos (quem diz Anjos, diz outra banda ou outros cantores). Ultimamente, não têm aparecido «cromos» como aquele que dizia «Só me apetece é ganir!». O público já não é tão sorridente, tão descomplexado. De facto, já fomos muito (muuuito) felizes, pelo menos como público na televisão…

Um bom exemplo do tema tratado nesta crónica é a atuação dos Anjos no Big Show SIC:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=cMRpYwJgT7M]

  • fraco

    muy fraquito

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close