Falar Televisão

Já cheira a Eurovisão!

Será na próxima terça-feira, dia 22, que irá decorrer a primeira semifinal do Festival Eurovisão da Canção, em Baku (no Azerbaijão), mas os ensaios já começaram. Portugal só atua na segunda semifinal (na 6ª posição), na quinta-feira, dia 23, mas o primeiro ensaio da Filipa Sousa (juntamente com o coro) aconteceu hoje.

Os ensaios para o ESC 2012 (Eurovision Song Contest) iniciaram-se no domingo e hoje foi o terceiro dia de ensaios (onde ensaiaram os primeiros 8 países que atuam na 2ª semifinal). Como Portugal atua na 6ª posição, então foi um dos 8 países a subir hoje ao palco da Baku Crystal Hall. E no primeiro ensaio já dá para ter uma opinião formada do que promete ser a prestação portuguesa na Eurovisão.

Sim, ainda foi só o primeiro ensaio e há alterações que podem (e, se calhar, devem!) ser feitas, portanto uma análise, por agora, vale o que vale… Mas também, tendo em conta o que já se conhece, pode-se dizer «gosto» ou «não gosto»! E, para isso, basta visualizar o ensaio que, após ter acontecido no Azerbaijão, começou a circular pela net e a despertar as mais diversas opiniões.

Eram 11:40, hora de Portugal, quando os representantes portugueses subiram ao palco para o primeiro ensaio. «Vida Minha» (a canção que, este ano, é a bandeira nacional neste certame) fez-se ecoar para mostrar o seu potencial e se é, ou não, uma forte candidata à final. Segundo os rumores, a Filipa vai estar vestida de dourado e o coro de vermelho: cores quentes e vistosas que, sinceramente, não contava que fossem opção. Tendo em conta que a música é muito direcionada para o fado e tradição portuguesa, pensei que seguissem mais a linha de «Senhora do Mar» (representação portuguesa em 2008), mas com um visual não tão dramático e carregado. As roupas ainda não se viram e, portanto, o seu conjunto não pode ser discutido…

Em relação à prestação vocal, a Filipa esteve irrepreensível; o coro, por seu lado, mal se fez notar (em suma, a cantora é mesmo o centro das atenções!). A música é a mesma que se ouviu no «Festival da Canção»; obviamente que outra coisa não era de esperar, mas o que se contava é que tivessem feito uns arranjos, tivessem aprimorado alguns detalhes da música, dar-lhe mais força… mas isso não aconteceu! Desilusão? Não… só contava que tivessem trabalhado mais!

O palco parece querer ser preenchido: o coro e a Filipa passeiam pelo espaço, talvez para fazer um jogo entre o fundo e as câmaras. O fundo, esse, é bastante bonito; a cidade, a fazer lembrar Lisboa, é quanto a mim um dos melhores cenários vistos até agora no ESC deste ano, fugindo aos habituais abstratos. Confesso que esperava que o fundo tivesse mais movimento e não ficasse tão estático, sujeitando-se apenas a uma mudança de cor; espero que o trabalho de câmaras acabe por jogar com o fundo e o vá revelando aos poucos, durante a atuação.

E é esse trabalho de câmaras que se espera que faça um milagre! A coreografia é muito pobre; claro que a música não exige grandes coreografias, mas poderia ser mais elaborada (voltando a 2008, «Senhora do Mar», uma música mais ou menos como esta, tinha uma coreografia bem mais elaborada). Dá para perceber que há ali uns jogos de luzes que podem ser enquadrados com a coreografia e com o coro e, sinceramente, espero que isso seja levado em conta na realização da atuação. Em suma, espero que na televisão a prestação resulte melhor que o que dá a entender nos vídeos que circulam na net. De lembrar a nossa prestação em 2010 (Filipa Azevedo com «Há Dias Assim») que ninguém acreditava na nossa passagem à final (olhando para os ensaios onde se via uma Filipa estática no palco) e, depois, a realização fez milagres, criando uma grande empatia entre a cantora e a câmara. E, sinceramente, é isso que espero que aconteça este ano.

Não quero estar para aqui com negativismos e vou torcer pela nossa passagem à final (10 países passam e 8 ficam pelo caminho). Os comentários que são feitos pela Europa não são negativos e isso dá-nos uma esperança. A Filipa, pelo que se viu no ensaio, defende bem a nossa canção e canta-a irrepreensivelmente bem; acredito que, até pelo estilo da canção, convença o júri e aí ganhe muitos pontos. O problema que se levanta é que Portugal vai atuar numa semifinal muito forte: para além de boas canções, estão também, maioritariamente, os países de Leste (que votam sempre entre si). A Filipa tem uma tarefa difícil, mas tem mais de uma semana para se preparar… e para aproveitar o que esta experiência tem de melhor. Se vamos ganhar o ESC 2012? Acredito que, mais uma vez, não será este ano. Mas acredito, pelo menos, numa passagem à final!

Veja agora o vídeo do primeiro ensaio da canção portuguesa, «Vida Minha»:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=Yk_3West-E4&feature=plcp ]

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close