Falar Televisão

Heróis, novelas, danças e desilusões

FalarTelevisãodestaque

FalarTelevisãodestaque

Hoje, há vários assuntos a abordar. À partida, «Heróis, Novelas, Danças e Desilusões» pode parecer o título de um conto infantil, mas não é. Aquilo que escrevo na crónica desta segunda-feira é um nadinha mais sério: o destaque vai para os últimos acontecimentos da televisão portuguesa. Vamos a isso…

(1) Heróis. Ontem, foi feito um bom (excelente) trabalho na RTP. A emissão Heróis de Portugal, que teve a finalidade de homenagear os bombeiros da nossa sociedade, foi uma aposta muito feliz por parte do canal um. Estes profissionais, que salvam vidas diariamente, mereceram toda a atenção que lhes foi dada. Mas, mais uma vez, é preciso lembrar e relembrar: eles não existem só na altura do verão… Não mesmo.

(2) Novelas. É a loucura das novelas. Nunca se viu tanto frenesim como este que está a marcar a rentrée televisiva. Cada ator puxa a brasa à sua sardinha. Todos afirmam convictos: «O público vai ficar agarrado» ou «Esta novela é de uma qualidade extrema e tem tudo para resultar». A verdade verdadinha é que Portugal nunca assistiu a tão grande chuva de estrelas na ficção nacional. Os Nossos Dias é forte, Sol de Inverno é forte, Belmonte é forte. Qual delas escolher? Olha, venha o diabo…

(3) Danças. Alexandra Lencastre é a diva dos programas de domingo à noite da TVI. Se não fosse a atriz (que já em A Tua Cara Não Me É Estranha dava que falar), poucos seriam os comentários sobre Dança com as Estrelas no dia seguinte. Uma vez mais, Alexandra protagonizou um momento totalmente hilariante, colocando todas as atenções viradas para si. Uns acham ridículo, outros acham engraçado. Eu cá acho que não devemos levar as coisas tão a sério. Deu para rir? Ótimo!

(4) Desilusões. I Love It desiludiu assim um bocadinho. O que parecia ser uma história inovadora no início, acabou por quebrar um pouco as expectativas. Aquela loucura toda dos sotaques não sei se leva a lado algum, o enredo transpira a Morangos com Açúcar, os diálogos são fracos e enfadonhos. E depois também não se percebe bem as constantes experiências da TVI em colocar a série depois do Jornal das 8. Ou fica, ou não fica. Agora um roda-viva de horário não beneficia ninguém, isso é certo.

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close