Falar Televisão

«Fazedores de Opinião»

Falar_Televisao 2012

Falar_Televisao 2012

O fenómeno da multiplicação dos comentadores políticos nas televisões portuguesas parece ter atingido o auge do bizarro com a chegada do antigo primeiro ministro que todos queriam ver pelas costas mas que cada português queria ouvir. O aparecimento de outros canais mexeu no mercado e as estações puxaram dos galões e deram o seu melhor para trazer os mais experientes e mediáticos comentadores políticos mesmo que nem sempre signifique os mais competentes para comentar politiquice.

Não é certamente o caso de Manuela Ferreira Leite, a dama de ferro portuguesa. A antiga líder social democrata estreou-se ontem no programa Política Mesmo com uma opinião que conta e que se repercute na imprensa, cumprido o seu verdadeiro papel. É exatamente neste papel de fazedora de opinião pública que a ex ministra da Finanças se destaca dos demais comentadores que povoam as antenas dos canais de televisão. No meio de tanto papagaios e araras ainda existe quem cante musica para os meus ouvidos.

E além dos efeitos nos que a escutam, é certamente naqueles a quem quer atingir, que os seus comentários mais mossa devem fazer. É que ouvir as críticas a virem dos seus pares não é certamente agradável mas no final de contas, em casa de ferreiro, espeto de pau. Tamanha massificação dos comentadores pode afastar e aumentar a desconfiança sobre os mesmos. Os portugueses já não são os burros de outrora e não caem na propaganda de antigamente. No entanto, o comentário político não precisa de servir só a política e pode, se bem feita, ser igualmente televisão e para a televisão mais do que uma galinha de ovos de ouro.

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close