Falar Televisão Rubricas

Fábrica de ensinamentos

Falar_Televisao 2012

Falar_Televisao 2012

Foi esta terça feira que Nuno Markl, em parceria com a Globo, apresentou no Teatro Villaret um projeto ambicioso em que irá visitar o Projac e recordar as suas memórias das novelas da Globo – Tudo O Que Sei Aprendi Com as Novelas da Globo. Esta epopeia representa, de certa forma, um sonho para tantas pessoas que nas últimas décadas têm acompanhado as novelas da emissora brasileira. Eu incluo-me aqui.

Muitos são os comentários que mostram uma rivalidade entre as produções portuguesas, com as duas generalistas a aprimorarem-se a nível técnico, e as produções desta fábrica de histórias que é o Projac. Mas será que podemos mesmo comparar ambas? É certo que a nível de histórico, são absolutamente incomparáveis, já que a Globo tem décadas de produção em série e de elevada qualidade. De facto, foi naquele espaço que nasceu o género novelesco, assim como tantas lições de vida.

À semelhança daquela que foi a experiência de Nuno Markl, também eu cresci a ver novelas da Globo, onde muitas foram as coisas que aprendi… sobre a vida. Sempre me fascinou aquela vida em que o trabalho é de apenas uma horita por dia… Hoje queria viver nesse mundo.

De facto, como é possível ter um leque de tão bons atores, que vão rodando entre as produções mas que não cansam, são mais do que caras bonitas (também os há, naturalmente). Por outro lado, argumentos bem escritos (também haverá uns mais fracos, claro) e uma banda sonora que sempre foi uma das minhas predileções, porque aqui as músicas são realmente parte das personagens. São elas que também ajudam a construir uma personalidade, uma história de vida e o cuidado na sua seleção é minucioso.

Em Portugal, estamos melhores em alguns aspetos do que estavamos há uns anos, mas também noutros está mais repetitivo. Não é por acaso que as generalistas portuguesas procuram com frequência «inspiração» e a «cooperação» da emissora brasileira, porque realmente é lá que se aprende. Ou por outra, se não se aprende por lá, não se aprende em mais lado nenhum.

  • Márcio

    ‘As generalistas portuguesas procuram inspiração e coperação da emissora brasileira?!” Quais são essas generalistas?!? Só conheço uma – SIC.

  • anon

    e la andam estes gajos a venerar os brasileiros.
    eu ao contrario do que li,sempre que ligo a tv e vejo a brasileirada,mudo logo de canal.
    só o assassinar da língua portuguesa na voz dos supostos grandes atores..manda me logo mudar de canal.
    alias,atores em qualquer parte do mundo os há bons,que mania de venerarem essa raça.
    mais .só mesmo neste pais..
    já viajei muito e só em portugal è que sabem quem é o tony ramos,a vera fisher…em portugal e claro no Brasil!

    triste povo este que continua a achar que o que è brasileiro è que é bom!
    nos somos tão maus a fazer novelas que ate já ganhamos 2 emmys!
    e não temos o dinheiro da globo…
    a diferença esta ai…nada mais!
    dizer que eles tem sempre bons argumentos?
    cheias de charme tem cá um enredo..primeira linha!
    aquilo não è mau..´è péssimo!
    passione,guerra dos sexos,tantas..
    mas nos è que não prestamos..
    entendo a expiração do nuno..
    agora è que entendo porque è que ele não tem piadinha nenhuma!
    esta explicado!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close