Falar Televisão

Estado de Urgência

Falar_Televisao 2012

Terminou há minutos, mais um edição do «Natal dos Hospitais» da RTP, este ano numa emissão, repartida entre Lisboa e Porto. Além da indubitável atração que é ver Catarina Furtado pela primeira vez na condução do veterano formato, ao lado do enérgico João Baião, iniciativas como esta são de louvar.

Numa altura em que o cenário que paira sobre a RTP coloca todos em cheque e que se acabaram com programas que ainda que apresentassem números baixos recolhiam a simpatia de muitos telespetadores, a manutenção da esta iniciativa com mais de 50 anos constitui um verdadeiro milagre de Natal.

Que bonito é ver que numa parceria conjunta entre Diário de Notícias e Philips a RTP, consiga para além das suas funções inerentes ao serviço público que lhe compete, conseguir aliar-se a esta causa a de trazer e levar a todos os que nesta quadra em que a celebração em família é quem mais ordena, e que vão passar a consoada numa quarto de hospital.

Provavelmente embutido do espírito natalício, enche-me o coração perceber que a televisão de todos nós,ainda se permita, levar a cabo o Natal dos Hospitais, mais que uma tradição, uma memória. Memórias que devem ser respeitadas, é que quem não cresceu com o coro de Santo Amaro de Oeiras a cantar «A Todos um Bom Natal» não sabe nem vive o Natal como deve ser.

Na RTP que se aproveite a passagem pelo serviço nacional de saúde e se tragam todos os calmantes que acalmem todas as ideias laxantes que deixam qualquer cidadão que goste de televisão e da estação à beira de uma depressão crónica. Portugal merece sempre mais e melhor televisão, mas vendo o copo meio vazio, o que não tem remédio, remediado está.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close