Falar Televisão

Entrevistas assim fazem falta…

Gosto de entrevistas de vida. É uma verdade. Tenho muito prazer em vê-las, ouvi-las, ou simplesmente, lê-las. É por isso que tenho um prazer especial em ler a Notícias TV, que todas as semanas trás uma grande entrevista a uma figura da nossa televisão. Foi por isso que comprei a Playboy deste mês, com uma brilhante conversa com José Eduardo Moniz. E é também por isso que sigo todas as semanas o Alta Definição. Apesar de por vezes não me ser possível vê-lo nos ecrãs, tenho sempre que acompanhar as excelentes conversas de Daniel Oliveira.

Não, não escolhi hoje escrever directamente sobre o Alta Definição. Mas indirectamente sim. Foi na passada terça-feira que aqui publiquei a notícia da entrevista de Marília Gabriela a Reynalo Gianeccini. Não pude acompanhar, pois não tenho TV Globo Internacional, mas a vontade era muita. E foi perante esta barreira que pensei em outros casos. Em particular de celebridades portuguesas que, por um ou outro motivo, viveram situações conturbadas das suas vidas.

O Alta Definição em Portugal, acaba por ser como que o Marília Gabriela Entrevista no Brasil. Com as devidas diferenças, claro está. E é por isso que me questionei sobre o porquê de não termos visto ainda, por exemplo, um Alta Definição com Sónia Brazão. Ou até mesmo com Fernanda Serrano, que já se curou há algum tempo. Quem diz no Alta Definição, diz em outro formato que fuja aos típicos talk-shows nacionais de day-time. Aí há espaço para isso, mas acaba por ter pouca intensidade. Por ter pouco significado.

É pena que no nosso país ainda não exista um espaço em televisão onde qualquer celebridade aceite falar sobre si. Em terras de Vera Cruz, Marília Gabriela vai conseguindo tal proeza, mas por cá, e apesar de o programa das tardes de sábado da SIC está ainda um caminho longo por percorrer. Seja por contratos com outra estação. Por falta de vontade dos próprios entrevistados.

A verdade é que a televisão, assim, fica mais pobre. É é com tristeza que o escrevo. Pois, apesar de sérum consumidor compulsivo de imprensa escrita, tenho um prazer imenso em ver grandes entrevistas em televisão.

  • Rr48

    talvez ja tenham sido feitos convites a sónia brazão e fernanda serrano. ja pensaste q elas podem é nao ter aceite? ha por aí muita gente a recusar ser entrevistada para o alta definiçao!”

  • Balanca_Zon

    o AD não passa de um programa carregado de efeitos, montagens sem silencios , puro entretenimento , eu nem o apelidava de programa de entrevistas…. para quando um AD em direto… pois … sem maquilagem mas muita edição…

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close