Falar Televisão

E como será depois?

Foi no passado sábado que Guimarães se apresentou como Capital Europeia da Cultura. A RTP1, como estação pública obrigada a fazer serviço público, dedicou grande parte da sua programação ao acontecimento que marcou aquela cidade e o dia, em Portugal. Mas, a dúvida que se impõe, é se a RTP1 continuará a manter esta linha depois da privatização.

O dia de sábado, na RTP1, foi focado em Guimarães, com maior presença na grelha da estação na parte da tarde. Vários especiais, com rostos do entretenimento e da informação, conduziram diferentes blocos da grelha: Sónia Araújo e Mário Augusto conduziram, a partir das 15:00, «Guimarães 2012 – Tu Fazes Parte», bem como o jornalista Carlos Daniel conduziu um especial de informação a partir do meio da tarde. O «Jornal da Tarde» e o «Telejornal» foram conduzidos, a partir de Guimarães, por Carlos Daniel e José Rodrigues dos Santos, respectivamente.

Se olharmos para a concorrência, as estações privadas esqueceram-se deste dia marcante a nível nacional. Salvou a “honra do convento” o facto tanto a SIC como a TVI terem um canal de informação por Cabo e, aí, terem mostrado a abertura oficial de Guimarães Capital Europeia da Cultura. Mas… e se não houvesse esses canais?! Será que fariam alguma emissão especial, a par da RTP1? E se a RTP1 não tivesse dedicado o dia a Guimarães, será que as pessoas tinham que migrar para os canais por Cabo para ver as comemorações? E será que as pessoas são obrigadas a ter TV Cabo?! Começa a faltar algum patriotismo na televisão nacional, nomeadamente nas televisões privadas… E, falta de identidade por falta de identidade, não é de admirar que o Cabo consiga, diariamente, conquistar mais telespectadores com produtos estrangeiros (legendados, até!), mas onde a qualidade e a diversidade sobressai!

Na RTP1, apesar do esforço, nem tudo foi um “mar de rosas”! A emissão «Guimarães 2012 – Tu Fazes Parte» foi o habitual que a RTP1 nos acostumou com as suas romarias, que praticamente todos os fins-de-semana aparecem na estação pública; nisso, a RTP1 é perita em se aproximar das pessoas, em ir até ao terreno e dar voz aos portugueses. O que se seguiu, por volta das 17:30/18:00, o especial informação conduzido por Carlos Daniel, é que teve algumas falhas: o jornalista já estava no ar e falava com a equipa técnica como se “nada fosse”; os jornalistas, em directo do Pavilhão onde se realizou a cerimónia, entravam no ar e logo a seguir davam a vez a outro, atropelando-se, não chegando a falar, gaguejando, numa grande falta de coordenação; em suma, houve muita desorganização, como se a RTP1 fosse um jovem canal! Já o “Telejornal”, após as comemorações, teve demasiado «enche chouriços», com directos longos e que pouco ou nada acrescentavam, deixando para depois as notícias do dia, dadas aos telespectadores depois da concorrência já se ter pronunciado acerca desses temas; no fim, o bloco informativo da noite acabou por ter um dos piores share’s (18,8%) dos últimos tempos.

Falhas à parte, foi de louvar os especiais de domingo, a transmissão de toda a Cerimónia Oficial de Abertura, a importância que deram a Guimarães e à cidade que vai marcar Portugal, em 2012, pela positiva. A concorrência, apesar de ter ficado à frente da estação pública no que a audiências diz respeito, pecou pela falta de identidade (ou não, se calhar já era de esperar!). E, vendo bem a postura das TVs privadas, será que depois da RTP1 ser privatizada, veremos, por parte desta estação, uma atitude semelhante? Será que este patriotismo se irá perder, em cerimónias e comemorações como esta, para ceder à pressão das audiências? Pode faltar algum tempo para estas perguntas terem resposta, mas o tempo é de reflexão e de levantar questões, porque amanhã pode ser tarde de mais… E será de lamentar se virmos uma estação a portar-se como as privadas, a deixar perder a essência e o orgulho de se ser português.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close