Falar Televisão Rubricas

De cabeça para baixo

Falar_Televisao 2012

Resgatando o anúncio do hipermercado, no meu tempo, as novelas da TVI era um produto suficientemente forte para vencer todas as apostas da SIC e da RTP. A estação  de Carnaxide bem tentou ombrear e apostar das mais diversas formas para vencer a ficção da plural e finalmente conseguiu. Com mais ou menos qualidade lá iam vencendo, mas agora, a página virou, e a título de exemplo, Mundo ao Contrário já perdeu um terço da audiência que conquistou no episódio de estreia. De resto, a novela de João Matos vai perdendo para a reposição de Páginas da Vida. Nem tudo é culpa desse diabo germânico de seu nome GfK, o mesmo que deu a Mundo ao Contrário a vitória no dia de estreia com números que bateram inclusive esse colosso da audimetria que é Dancin’ Days. As estratégias devem ser repensadas ou o mercado vai de tal forma ficar fidelizado à ficção da concorrência que os resultados podem ainda piorar para a estação da Media Capital.

Assistem-se por estes dias a fenómenos de audiências que certamente deixam os responsáveis boquiabertos, a verdade é que ver a trama protagonizada por Margarida Marinho e Sara Barradas aproximar-se do meio milhão só pode de facto indicar que o mundo está mesmo ao contrário.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close