Falar Televisão

Até quando morangos?

Morangos com Açúcar é um fenómeno televisivo que surge pela primeira vez em Portugal no ano de 2003. Um projeto baseado na bem sucedida série brasileira Malhação que foi também transmitida em Portugal, pela SIC. Esta série está destinada a um público jovem, tentando sensibilizar a sua atenção para os problemas típicos da adolescência na escola e vida em geral.

Muitos foram os atores que passaram pela já mais do que conhecida série da autoria da Casa da Criação, sendo que grande parte dos bons atores que atualmente vemos nasceram nessa grande escola que se chama Morangos com Açúcar. Gostando ou não, ninguém pode negar o sucesso deste produto idealizado pelo brilhante José Eduardo Moniz, e a verdade é que se tornou um ícone da representação em Portugal, diria até, uma grande oportunidade para todos os jovens (e não só) e uma aproximação do mundo da representação à realidade de alguns talentos que por outro meio passariam despercebidos.

Mas até quando vamos ter sucessivas temporadas deste que é um dos pontos fortes da Televisão Independente? Na minha opinião, este é um dos produtos mais bem conseguidos alguma vez feitos em Portugal e como diz o povo: “o que é bom é para se manter”. Mas mais do que manter, é necessário atualizar e renovar. E se nos últimos tempos este fenómeno televisivo tem perdido audiência e, arriscaria a dizer, qualidade, o futuro parece ser diferente, dado que já a partir de setembro serão muitos os rostos com enorme talento e reconhecimento que farão os papéis das personagens adultas. Diria que é a melhor maneira de aprender. Aprender com os bons!

Não sei se o objetivo principal da TVI neste momento é continuar a preparar e encontrar mais e mais talentos da representação, até porque o mercado abunda de grandes talentos que se veêm sem nada para fazer, mas estou em crer que a série juvenil portuguesa vem com novos fins para o futuro, querendo encontrar poucos mas ótimos atores, ensinando-os e preparando-os com os bons!

  • Talvez outros motivos sejam económicos já que os produtos ”morangos” são bem vendidos… Por mais que a série caia vai continuar na liderança (?) e isso associado aos negócios…

    Exemplo disso é a série Malhação (New Wave / Malhação em Portugal) que não vai terminar nem em 2015, pois por mais que a audiência tenha caido (19 pontos – Lá cada ponto equivale a 60 mil) tem o dobro da audiência da concorrência.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close