Falar Televisão

Ai, Futre!

 É o assunto do momento que lançou a polémica. Paulo Futre vai, ou não, comentar o Campeonato da Europa de 2012 na televisão pública? É uma pergunta para a qual, aparentemente, existe uma resposta negativa, mas parece que não está assim tão preto no branco como se possa imaginar.

A RTP apresentou hoje à imprensa uma nova marca de solidariedade e para o feito convocou todas as suas caras. Contudo, o assunto que mais destaque teve, após a conferência, foi mesmo a chegada ou o veto de Miguel Relvas a Paulo Futre. Houve declarações de Guilherme Costa, de Luís Marinho ou Nuno Santos. E o desmentido veio para ficar, apesar de ter ficado no ar a hipótese de Paulo Futre acabar mesmo por mudar-se para a RTP.

É curioso ver a força que uma informação deste calibre conquistou. E perceber a força que tem. É claro que Futre podia ir ganhar 30 mil euros para a televisão do estado. Mas também acaba por ser bastante intragável que tal acontecesse.

No meio tudo isto, a RTP acaba por ganhar, pela forma como desmente a informação e Paulo Futre recebe mais algum destaque. Quanto ao desfecho final, não se sabe ainda. Mas, aqui entre nós que ninguém nos ouve e, pensando no destaque que a informação já teve, o ex-futebolista não vai mesmo comentar “a bola” na televisão do estado…

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close