Falar Televisão

Afinal, quanto se ganha em TV?

Boa noite! Seja bem-vindo ao Falar Televisão desta quinta-feira. Muito se falou ao longo de toda a semana sobre os valores auferidos pelos ex-concorrentes da Casa dos Segredos 2 aquando das suas presenças em diversos espaços de diversão noturna. Assim sendo, debruço-me hoje sobre os valores auferidos em TV, quer seja de forma direta ou indireta.

Em tempos de crise, são muitas as notícias, principalmente na imprensa dita cor-de-rosa, que dão conta  dos ordenados exorbitantes de algumas das mais famosas personalidades da televisão portuguesa.

Segundo se noticia, Manuel Luís Goucha é o apresentador mais bem pago do panorama audiovisual português, com um salário mensal que ultrapassa os 40 mil euros. Fátima Lopes viu o seu salário quase triplicar com a transferência para a TVI, no decorrer do ano de 2010. Atualmente tem um salário mensal que ronda os 35 mil euros.

Foi uma das mais mediatizadas transferências do ano de 2011 na televisão, Júlia Pinheiro mudou-se para o canal de Carnaxide há um ano e foi nessa altura que surgiram rumores de que passaria a ganhar nada mais nada menos do que 50 mil euros por mês. Esta informação foi, no entanto, desmentida pela própria que, em entrevista à revista Caras referiu que «ganhar 50 mil euros por mês é uma fantasia».

Pensa-se que Cristina Ferreira, Cláudia Vieira e Catarina Furtado aufiram cerca de 25 mil euros/mês. Segue-se Fernando Mendes com 21 mil euros (sem contar com os cortes salariais entretanto aprovados para a função pública), José Carlos Malato, Jorge Gabriel e Diana Chaves com 20 mil euros mensais e João Manzarra que, atualmente, tem um salário que ultrapassa os 10 mil euros.

Estes são valores extremamente elevados, tendo em conta o nível de vida do nosso país, bem como o salário mínimo que aqui se pratica. Com um cenário de crise profunda, são polémicos estes números, ainda mais quando nos referimos à RTP, canal público que paga os salários dos seus profissionais com dinheiro público.

É bem conhecido o poder da televisão na sociedade, estes são aqueles que trabalham  nela diretamente e que nos entram por diversas vezes em casa, com vários formatos de programas. Contudo, existe quem ganhe valores elevados devido ao contributo indireto na televisão nacional. É o caso dos ex-concorrentes do reality-show Casa dos Segredos 2 que, segundo a imprensa, ganham entre os 400 e os 1200 euros por presença. Este é dinheiro fácil proporcionado pela magia do audiovisual que alucina cada vez mais pessoas. A fama, o trabalho na televisão, as capas de revista, o dinheiro fácil, são fatores que aliciam, principalmente os mais jovens, a envergar por uma carreira na área. Na maior parte das vezes esta não passa de uma ilusão.

A televisão não é, de todo, um meio fácil. É competitiva e exaustiva e, tal como se pode comprovar, só nela fica quem realmente tem valor. Os salários podem ser exagerados, mas de facto os profissionais valem essa mesma quantia. Para além de darem audiência, dão lucro aos canais que os possuem.

  • Jéssica

    INFELIZMENTE NÃO FICA LÁ APENAS QUEM TEM VALOR VEJO MELHORES E COM MAIS VALOR NO DESEMPREGO E PESSOAS SEM VALOR QUASE OU NENHUM MESMO LÁ METIDAS

  • Andre Jorge89

    Quanto ganham as estrelas das 2 estações privadas, pouco ou nada nos interessa, não é dinheiro vindo dos nossos impostos, portanto se querem pagar essas quantias é com eles. Agora quanto ao salários da estrelas da RTP isso sim é vergonhoso. São funcionários publicos não deviam ter ordenados tão elevados quer estejamos em crise ou não.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close